Categoria: OUVIDOR GERAL

COLUNA DO JORNAL IMPRESSO PRIMEIRA EDIÇÃO

Ouvidor Geral 19-11-2018

Designer/Fotógrafa

A QUESTÃO DO “MAIS MÉDICOS”

Um problemão e tanto ainda que apresentem defeitos e até dúvidas quanto à competência dos médicos cubanos, o difícil vai ser substituí-los por médicos brasileiros que desde muitos anos nem querem ouvir falar em irem para o interior do país. Com as devidas restrições, com as dúvidas suscitadas, ainda assim o contingente de 8.500 médicos cubanos não será substituído com facilidade. O que de fato interessa é que a população não fique totalmente desassistida mesmo que digam que eles, os médicos, não são totalmente confiáveis. Acho que a substituição deveria ser negociada diplomaticamente com Cuba para que à medida em que as vagas fossem sendo preenchidas os estrangeiros pudessem voltar para sua base naquele país. O que acho que não pode é o choque de deixar muitas e muitas cidades totalmente ao “Deus dará” sem nenhum tipo de assistência médica. Outra hipótese seria uma forma de negociação para que os cubanos passassem por uma avaliação no Brasil, rigorosa de fato, para revalidação de suas atividades, ainda que específicas. E, então ficariam com visto de residência e recebendo o compatível com suas funções. No mais, a saúde no Brasil já anda muito capenga para prescindir de 8.500 profissionais deste setor do dia para a noite.

DESTACÔMETRO

carla pacheco 1

O destaque da semana vai para uma excepcional mulher que consegue juntar duas profissões radicalmente opostas com maestria. Carla Pacheco, médica intensivista e escritora de mancheia dedicando-se muito bem aos dois lados.

PÍLULAS DO OUVIDOR

Moacyr Albuquerque, meu amigo e Comodoro do Iate Clube Pajussara, já saiu na frente divulgando o famoso Baile Verde e Branco que em fevereiro vai acontecer no dia 09 com a famosa Orquestra Expresso Latino.

No próximo dia 23, o Sebrae-Al promove o SEBRAE SUMMIT, a conexão entre as empresas e a inovação. Vários e importantes palestrantes estarão presentes neste evento que vai ser tocado com tanto diferencial que cheira a uma bela inovação.

Nessa última sexta estivemos no casamento dos jovens Pedro Duarte e Thaise, ele filho de meu grande amigo Leonardo Pinto Jr. A cerimônia realizada em Ipioca no Sítio Florianópolis foi prestigiada por grandes e bons amigos do novo casal.

O departamento alagoano do Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB) lançou na última terça-feira (13), Dia Mundial da Gentileza, a quarta edição do Gentileza Urbana.

O prêmio integra a programação da 20ª Mostra de Arquitetura Alagoana e reconhecerá iniciativas que contribuam com a melhoria da qualidade de vida dos maceioenses.

Estão abertas, até 26 de novembro, as inscrições no edital de chamada pública para o credenciamento de atrações artísticas e culturais para eventos realizados pelo Governo de Alagoas, por meio da Secretaria de Estado da Cultura (Secult).

A Secretaria de Estado de Planejamento apresentou o Orçamento da Criança e do Adolescente (OCA) a ser executado no próximo ano, em Alagoas, durante audiência pública proposta pela deputada estadual Jó Pereira.

Fruto de uma emenda da parlamentar, O OCA é um anexo do LOA para 2019, com recursos em torno de 1,5 bilhão, 15% do Orçamento total – destinados aos investimentos em ações e programas voltados à criança e ao adolescente.

Está enchendo a paciência o número de mensagens que entram no seu celular e no seu notebook oferecendo cursos os mais variados, ofertas de investimentos e todos religiosamente repetidos com uma frequência absoluta. Assim realmente não dá!

BRAGA NETO

Braga Neto (foto), o Juiz das Execuções Penais, não tem “papas na língua” e diz o que pensa. Ao falar sobre o Núcleo de Ressocialização, um sucesso por sinal, não exitou em afirmar que custa muito menos do que os sistemas tradicionais. E? 

ABRAÇOS IMPRESSOS

DOUGLAS APRATTO 2

Nossos abraços impressos da semana vão para o vice-reitor do CESMAC, Douglas Apratto que além de exímio administrador educacional é também um conceituado historiador  e escritor.   

  

Anúncios

Ouvidor Geral 05-11-2018

QUEM SERÁ O PRESIDENTE DO BRASIL?

Agora esta é a grande pergunta. Quem será o presidente do Brasil? Como será ele com tantas responsabilidades agora assumidas perante um eleitorado imenso e, obviamente, perante todo o resto da sociedade ainda que não o tenha apoiado? Esta é inquirição que fica, a interrogação que permanecerá durante algum tempo até que Jair Bolsonaro diga realmente para o que veio. Os principais atos de escolha de seus colaboradores mais diretos nos mostram uma vontade de acertar e até um equilíbrio compatível com o que dizia em campanha. A escolha de nomes como Paulo Guedes, Sérgio Moro, Marcos Pontes nos mostram a vontade de se cercar bem com notáveis que possuem características positivas para cada função. Não pelo fato de serem notáveis, mas pela competência que possuem e pela personalidade definida de desejarem fazer o melhor para o povo brasileiro. Fico à vontade para escrever este artigo porque o teria escrito se o vencedor tivesse sido o Haddad. No caso dele ainda foi prefeito de São Paulo, mas no de Bolsonaro os exemplos administrativos estão zerados. No entanto, a vontade de acertar, o desejo de mudar as mazelas do país, só isto já o credencia a receber o necessário crédito de confiança do povo brasileiro. Vamos esperar para no futuro podermos dizer quem é de fato e de direito o presidente do Brasil.

DESTACÔMETRO

RUTH FREITAS 2

O destaque vai para a educadora e escritora, Ruth Freitas que na próxima quarta-feira, dia 7 de novembro estará lançando seu tratado (mais que um livro) Solidariedade Educacional. 19:30h na Casa da Indústria. Imperdível.

 PÍLULAS DO OUVIDOR

Estou em João Pessoa curtindo mais uma vez os netinhos gêmeos e me colocando a par dos acontecimentos naquela cidade que na aparência verticalizou e já tem prédios com mais de sessenta andares.

Esta semana faleceu em Teresina e seu corpo foi levado para João Pessoa, o velho amigo Solon Lucena, o patriarca dentre os irmãos nos quais se incluía o ex-governador e senador Cícero Lucena. Solon era o grande artífice das vitórias da família.

A Paraíba ainda está sem entender algumas derrotas na política local incluindo-se aí o atual vice-presidente do Senado, Cassio Cunha Lima. Essa foi mais uma das surpresas ocorridas nas eleições de outubro deste ano.

Há quem não entenda mas era de se esperar que o juíz Sérgio Moro aceitasse o convite do presidente Bolsonaro para assumir o Ministério da Justiça. Há de se entender que no Ministério ele vai fortalecer mais ainda o combate à corrupção.

Os candidatos que perderam as eleições nas Alagoas estão em polvorosa para ver como serão as constituições dos novos mandatos, que acordos podem ser celebrados e se restam oportunidades no executivo para eles. Ou como suplentes.

Encerrando as comemorações do Outubro Rosa em Maceió, a Casa Rosa lançou o projeto “Banco de Lenços”, visando perpetuar a campanha pelos próximos meses. Os lenços são uma alternativa às perucas, que muitas mulheres não se adaptam.

A proposta é que os lenços, vindos de doações da sociedade, sejam dados para pacientes com câncer de mama assistidos pela instituição e que perderam os cabelos devido ao tratamento.

Agora, em matéria de eleições as atenções estão voltadas para a OAB e para ver se a chapa situacionista comandada por Nivaldo Barbosa se mantém à frente da instituição ou se a de Fernando Falcão pega as chaves para o próximo triênio.

Esta semana estaremos entrevistando ambos os candidatos à OAB para o nosso Bartpapo. Entrevistas separadas garantindo o mesmo espaço para ambos e com as mesmas oportunidades de mostrarem para o que vieram.

HARON CAVALCANTE

Em domingo de descontração no Caio Mar estivemos com este jovem Capitão dos Portos, Haron Cavalcante (foto). Carioca, cheio de idéias, sem dúvida irá cumprir seus dois anos à frente da Capitania com galhardia.

ABRAÇOS IMPRESSOS

EMANUEL COSTA

Os abraços impressos da semana deveriam ir toda semana para o Tenente Emanuel Costa que tão bem conduz a Operação Lei Seca. A sucessão de operações que vêm acontecendo já estão mais para educativas do que para punitivas.

   

Ouvidor Geral 29-10-2018

CÂMERAS DE RUA

ENTRE A MULTA E A CULTURA

Após passar mais de vinte dias na Europa em especial em cidades alemãs volto ao Brasil, mais especialmente à nossa querida Maceió e vejo logo a notícia de que iradamente o prefeito resolve abrir mão da ação para reaver a utilização de pardais já que não conseguiu se livrar da pecha de uma licitação errada ou de uma falta de licitação. Que bom, penso eu. o prefeito naturalmente vai partir para uma ação cultural, educacional com motoristas e pedestres. Mas, nada disso. O prefeito resolveu investir pesadamente na compra de câmeras de alto nível e alcance para iniciar até final de dezembro um monitoramento em toda a cidade que até poderia servir para iniciar uma nova etapa cultural. Mas, não! O que ele e a SMTT querem é o estabelecimento custe o que custar de uma nova indústria de multas que possa ajudar a engordar os cofres da prefeitura, já que inexiste a capacidade de gerar mais impostos com o desenvolvimento  comercial e de serviços. Gerar mais empregos, prefeito, buscando soluções para este caso seria uma das metas a serem alcançadas pela prefeitura. Agora, multar por multar, perseguir desesperadamente não tem nenhum mérito administrativo. A não ser, prefeito, que o resultado de multas honestas, decentes e bem julgadas fosse carreado para obras sociais de alcance incluindo a cultura a que nos referimos lá em cima. Mas não é esse o objetivo. Então, avise prefeito quando será a inauguração dessa nova indústria festiva para um lado e triste para o outro. Ah…me referi à minha viagem à Alemanha porque nunca vi nada tão organizado e tão perfeito sobretudo em termos de cidadania e de obediência sem pressões às regras e leis daquele país. Ajude, prefeito, com melhores educação, saúde e segurança. E com menos multas.

DESTACÔMETRO

CANETINHA

Pense em um cara que sempre haverá de merecer destaque, seja nesta coluna ou em qualquer lugar. Meu amigo Canetinha, agora revelado por dentro e por fora deixou a carequinha de fora e ficou muito mais simpático e bonito. Bem vindo ao mundo.

 PÍLULAS DO OUVIDOR

Quando escrevo essa coluna o domingo ainda não havia chegado, as eleições ainda não haviam ocorrido e muito menos, óbvio, o resultado final para presidente. Não sei portanto de nada. Mas sei que um novo presidente precisa ser apoiado pelos brasileiros.

Digo isso porque me revoltei muito com a verdadeira guerra estabelecida no país entre as duas facções políticas mostrando que o povo não está democraticamente preparado para lutar por suas ideias. E quem entrou precisa do apoio do povo.

E não me venham com a velha história de que o povo não sabe votar. O que ele não soube nesta eleição foi participar com ideias para os candidatos, com projetos, com sabedoria e deixou que a manipulação e a radicalização falasse mais alto.

Longe de alguém pensar que estou defendendo este ou aquele candidato e ainda nem sei quem ganhou como expliquei acima, mas detestei a polarização guerreira, desordenada e violenta que tomou conta do nosso Brasil. De ambos os lados.

Como ao mesmo tempo está havendo a chegada de muitos parlamentares e governadores novos espero sinceramente que pela ação desses novos políticos o país possa começar a entrar numa nova era de entendimento sem beligerância.

Gostaria muito de ainda ver uma nova geração de políticos envolvida realmente em projetos de desenvolvimento para o país e para os estados da federação sem pensar em projetos pessoais de enriquecimento ilícito e alta corrupção.

E estamos vendo que a sociedade começa também a entender isto e os que não estavam muito entretidos com os atos da eleição presidencial puderam escolher melhor seus representantes no Senado e na Câmara do Deputados. Renovação!

O que precisa mudar é o já conhecido “prometo isso ou prometo aquilo”. É necessário que todos passem a ter a consciência de que o país muito acima de ser discutido precisa ser realizado. Um trabalho e um desafio para os novos.

De minha parte assim como espero que haja um compromisso de todos os colegas e em todos os níveis estarei vigilante, acordado, atento às “mudanças fugazes” e torcendo pelas mudanças concretas. 

ESQUINA DA ALEMANHA

Um dos lugares mais bonitos do mundo (foto) e que recebe o apelido de “Esquina da Alemanha”. Exatamente a confluência dos rios Reno e Mosel na belíssima cidade de Koblenz. Vale a pena conhecer. De preferência no navio River Voyager.

 ABRAÇOS IMPRESSOS

VALENTIM

Os abraços agradecidos vão para o empresário português, Valentim Ribeiro, que, em noite luso-brasileira no Hotel Premier, outorgou-me o cobiçado Troféu Amália Rodrigues em função do apoio dado à cultura daquele país irmão.

 

  

Ouvidor Geral 08-10-2018

analfabeto

                                DA TRISTEZA DE SER ANALFABETO…

…na Alemanha. Até me orgulho de viajar por aí e falar, escrever e ler muito bem em inglês, francês, espanhol e no nosso querido português, claro! Mas estou na Alemanha onde para me expressar fica fácil porque quase todos falam o inglês. Porém na hora de ler, de estar num estabelecimento comercial, num supermercado, na rua com as placas e cartazes, com os jornais, revistas, etc, etc, bate a imensa tristeza de não conseguir ler nada na dificílima língua alemã. E você fica absolutamente desnorteado pedindo sempre que alguém diga a você o que é aquilo, o que está escrito, óbvio se você tiver alguém com quem conversar em outro idioma. Essa reflexão nos leva aos inúmeros analfabetos de nosso Brasil que ainda não lêem a língua pátria e que não são entendidos pelas autoridades incompetentes que deixam que isso aconteça já que os índices de analfabetismo, não só entre crianças, mas entre inúmeros adultos assustam. No nordeste principalmente as coisas são para lá de feias nesse sentido e, ainda que um novo presidente assuma que educação tem que ser fundamental nesse país vamos continuar a vivenciar o atraso e a infelicidade dos que não conseguem traduzir o que está escrito por todos os cantos de suas vidas. Claro que um dia já fomos analfabetos mas, crianças, seguindo o ritmo natural da vida e, no passo a passo chegando lá. Penso nos que não conseguiram chegar lá e que devem estar, como eu agora, nas Alemanhas da vida precisando de apoio para ler o que nos cerca por todos os lados. Detalhe: aqui não existe tradução de nada do que está escrito publicamente. Nem para o inglês. Daí…tomara que os eleitos entendam este recado.

DESTACÔMETRO

BANDEIJA

O destaque vai para uma curiosidade e serve para que os meus amigos de bares e restaurantes copiem. As bandejas para servirem cerveja na Alemanha são assim e, portanto, os copos não têm o perigo de cair. Nem as bandejas, claro.

PÍLULAS DO OUVIDOR

Ainda temos muito chão para caminhar nessa nossa viagem por uma parte da Europa. Viagem que está nos deixando encantados até porque temos a companhia de gente boa estabelecida por aqui há muitos anos e que a tudo nos facilitam.

Desde entender o que está escrito até nos recomendarem e nos acompanharem aos melhores lugares e que nem sempre o turista comum tem acesso. Diga-se de passagem essa é uma das melhores coisas de uma viagem

Estamos tendo a oportunidade de vivenciar o dia a dia do alemão, de conviver com seus hábitos, de frequentar os lugares que eles frequentam e aí a visão é outra porque é também de profundo aprendizado do dia a dia.

Verificar o respeito que as pessoas têm umas pelas outras, pelos seus espaços, pelas próprias cidades com uma limpeza extraordinária, com um trânsito absolutamente civilizado com lugar para tudo e para todos.

E a propósito estamos vendo cidades menores e verificando a limpeza, o trato pelo piso das vias e rodovias, as calçadas por onde se anda sem empecilhos. tudo dentro da melhor administração que as cidades devem ter.

Ah…para quem gosta de um uisquinho como eu é melhor tomar em casa porque normalmente os estabelecimentos não servem uísque a não ser um ou outro. Também pudera, na terra da cerveja quem quer saber de outra coisa, não é?

É muito comum os estabelecimentos que são cervejarias e que fabricam a sua própria cerveja servida lá. Marcas sempre diferenciadas no sabor, na textura e até na maneira como são fabricadas. A Dieta vai pro alto…kkkk

E a partir daí, como se come bem na Alemanha. As carnes apetitosas e muito bem feitas, a paixão pela carne de porco, principalmente o famoso joelho de porco que é servido tanto assado como cozido. Uma delícia!

Na próxima edição vou falar do Museu do Pós-Guerra na cidade de Bonn que me deixou entusiasmado e de nossa fantástica cicerone, a amiga Lia, brasileira, também conquistada aqui nessa nossa maravilhosa viagem.

Atenção, brasileiros. o governo alemão incentiva filhos e dá aos casais 500 euros por filho e ainda estimula para que tenham mais já que o país está envelhecendo e não é isso o que se quer. Ah! os asilos de velhinhos são fabulosos!

MULHERES EM PROTESTO

Tive a oportunidade de assistir (foto) a um protesto na cidade de Bonn onde muitas mulheres se reuniram debaixo de um enorme frio e esquentaram o canto e os gritos de “Ele Não”. Claro que aconteceu em várias cidades da Europa.

ABRAÇOS IMPRESSOS

BRASILEIRAS.jpg

Os abraços impressos da semana vão para um grupo fantástico de mulheres brasileiras que vivem na cidade de Koln (Colônia) e, por intermédio de nossa anfitriã, Vanúzia Rocha,  Vanessa e eu fomos convidados para o aniversário de Dila, sua irmã e uma nova e fantástica amiga.

Ouvidor Geral 01-10-2018

BANHO DE EUROPA NÃO FAZ MAL A NINGUÉM

É o que estamos fazendo no momento em que os meus amigos estão lendo esta coluna. Ficar longe de vocês não é bom, mas poder passar algumas coisas boas do que estaremos vivendo nos próximos vinte dias também é uma alegria para nós. Reciclar é preciso e conversar longe da nossa rotina com pessoas inteligentes e que nos somam, sem dúvida faz parte do melhor da vida. A partir de Colônia na Alemanha começamos nossa viagem  e quando escrevo essa matéria mal começamos. Até porque a viagem cansativa de 10 horas de avião até Frankfurt e depois mais duas de trem até Colônia nos deixou bastante cansados. No entanto, prontos para começarmos logo a desfrutarmos de uma deliciosa viagem que passará por alguns países e suas cidades  interessantes com papos que irão das natureza, da tecnologia e desenvolvimento à política também. E é claro que aí neste ponto teremos também que responder sobre o nosso país e sobre todos os males que nos afligem. Por onde andarmos encontraremos também problemas e soluções e se essas forem maiores que os problemas, maravilha! Vamos analisar e levar nossa contribuição para o que pudermos, sobretudo no nosso querido estado de Alagoas. Vir à Europa sempre é gratificante e quando podemos mesclar ensinamentos com diversão aí o banho de cultura não faz mal a ninguém.

DESTACÔMETRO

Relicario 3 reis magos

O destaque da semana não vai para alguém mas para o “relicário dos reis magos” todo em ouro, exposto na DOM – a catedral de Colônia, na Alemanha.

PÍLULAS DO OUVIDOR

Temos conversado muito com gente que mora na Alemanha e trocado idéias sobre todos os assuntos de cá. Um deles é a questão da imigração forçada pelos cidadãos da Síria mostrando os braços abertos do povo alemão.

No entanto ficou claro também que muitos outros povos principalmente do continente africano entraram pela oportunidade mas não trabalham como o povo sírio que é composto de bons profissionais que podem ser úteis no novo país.

Primeiro dia de passeio em Colônia, além de conhecermos a Catedral estivemos provando as delícias da comida alemã em um restaurante que leva o nome da cerveja que eles próprios fabricam, FRUH, com trema no u. valeu a pena.

Aliás, o famoso “joelho de porco”, cozido e assado é notável e de um sabor inigualável. Regado com um molho totalmente diferente é de dar água na boca. Ao mesmo tempo as formidáveis salsichas com uma mostrada pra ninguém  botar defeito.

Nos 22 dias que vamos ficar rodando pela Europa vou tentar manda algumas informações interessantes para os meus leitores. E o bom de estarmos por aqui também privando de famílias que aqui residem é bom demais!

Durante a próxima semana estaremos em Munique, no formidável OctoberFest e conhecendo as belezas daquela cidade, além de um imperdível giro por Amsterdam, Brussels e Paris.     

Na casa onde ficamos hospedados em Colônia tivemos a oportunidade de no frio de 9 graus nos sentirmos aquecidos e por um sistema de calefação que não mostra nenhum aparelho e apenas esquenta o piso da casa. Com isso o frio vai embora.

Vou tentar também gravar algumas curiosidades em vídeo e mandar para a nossa querida TV Mar para inserção nos seus jornais e programas, sem prejuízo dos nossos, claro.

Quem fala tanto em VLT devia conhecer o sistema de trens urbanos e interurbanos da Alemanha, tomar seus exemplos de transporte coletivo e procurar imitar. Copiar é sempre bom se for do melhor.

GE VAN NA CATEDRAL

Vanessa e eu (foto), em frente à espetacular DOM – a catedral da fantástica Colônia, a quarta maior cidade da Alemanha. Algo de fantástico com seus 157 degraus até a torre principal. O princípio de nossa viagem à Europa.

 TURMA EM COLONIAABRAÇOS

Nossos abraços vão para o casal que nos acompanha na viagem, o médico Paulo Rocha e a enfermeira esposa, Ivani. pais de Ádija namorada do meu João Marcelo, além da nossa anfitriã em sua bela casa na Alemanha, Vanúzia Rocha, esposa do amigo alemão Hohst a quem muito agradecemos pela hospitalidade.

 

Ouvidor Geral 24-09-2018

máscara

E QUANDO CAIU A MÁSCARA…

…eles, meus filhos todos foram surgindo  e na maior festa aos gritos de Gegê, Gegê, para comemorarem comigo ao vivo e a cores os meus 80 anos. O aniversário, na verdade em 17 de setembro mas eles vieram antes de vários pontos do país para estarem comigo nesse dia. Uma enorme surpresa, algo absolutamente inesquecível, a maior emoção de minha vida. Fizeram questão que fosse no Recife para facilitar o grande segredo. Conseguiram. E lá estavam 10 entre os 13. Uma não pode vir de Orlando porque está em processo de “green card”. E dois, tenho certeza, assistiram do céu a festa do papai. Todos estavam mascarados com a minha própria foto e à medida que me cercavam deixavam cair as máscaras. Lindo. Inesquecível. Obrigado, meus filhos. Obrigado minha mulher e companheira de  tantos anos. Obrigado Deus por ter permitido tanta emoção no coração do velho. Que continua ereto, brigando pela vida, lutando pelos espaços, mostrando que enquanto houver vida e DEUS quiser tudo é possível. E, como ELE mandou dizer que quer, vamos em frente que atrás vem gente.

DESTACÔMETRO

BOLO

O destaque vai para o bolo do meu aniversário surpresa no Recife onde as setas indicativas já mostram de onde vieram os filhos queridos que me fizeram super-feliz naquele dia.

PÍLULAS DO OUVIDOR

A festa foi uma surpresa e não foi em Maceió, por isso não convidei ninguém. Afinal, não sabia de nada e estava fora do meu quartel general. Mas amigos e parentes que moram lá foram me cumprimentar e alegrar ainda mais o meu dia.

A única filha que não pode estar presente foi Mônica que mora em Orlando, na Flórida e que, como estava em pleno processo de concessão do seu “green card” não poderia se ausentar dos Estados Unidos. Mas entrou na hora pela internet.

A propósito disto, fizeram uma espécie de “Arquivo Confidencial” do Faustão e colocaram vários vídeos de pessoas, parentas e amigas, me homenageando e mandando recados o que me emocionou bastante.

Em meio a tantos recados gravados em vídeo lá estava um que me fez voltar no tempo e no espaço para aniversários meus comemorados na Paraíba. O querido amigo Senador Cássio Cunha Lima também enviou sua mensagem.

Minha querida mulher Vanessa deveria se candidatar a uma vaga de atriz de novela porque sabia de tudo, tudo me ocultou e ainda me deixou pensar que não deveríamos ir para o Recife e que os filhos é que teriam que vir a Maceió.

Eu estava na casa de minha filha Alessandra e de meu genro Emerson onde sempre me hospedo. Cheguei na sexta e estranhei quando ele saiu à noite, me deixou e só voltou às três da manhã. Estava farreando com os filhos de Rio e SP. Tudo para que eu não soubesse que eles estavam no Recife.

Muito importante verificar que mães diferentes fazem parte dessa filharada tão bonita. Mais importante ainda saber que eles se amam muito entre si, se frequentam e são muito irmãos o que dá a mim e a Vanessa uma enorme alegria.

Aquela famosa frase cinematográfica do “os meus, os seus, os nossos” é absolutamente aplicável em nosso caso numa cabal demonstração de que nada é mais construtivo do que o amor. Quem o semeia o colhe.

Pois é!. Vamos em frente que atrás vem gente. Peço a Deus que me dê saúde, paz e conforto para que eu ainda possa viver mais e mais emoções deste tipo. peço desculpas aos leitores por esta coluna tão particular. Transformo-a em desejos para vocês.

MASCARADOS

Na foto acima, os filhos todos com a criativa máscara ilustrada com o meu rosto e que serviu para que aparecessem sem que eu soubesse quem eram e quais deles haviam chegado para me abraçar. Uma senhora emoção!

ABRAÇOS IMPRESSOS

GERALDO & FILHOS

E os abraços impressos vão para todos eles, agora sem máscara e carregando o velho pai numa demonstração afetiva que a gente nunca esquece e que nos dá a certeza da missão cumprida. Com erros, mas cumprida. Christianne, Valéria, Carlos Eduardo, Ricardo, Carla, Fred, Alessandra, Dinho, Junior e João Marcelo.  E Mônica, lá de Orlando.

Ouvidor Geral 17-09-2018

A  NOSSA FÓRMULA DA EMPREGABILIDADE

Num país de grandes extensões territoriais como o Brasil e com uma demografia absolutamente variada dependendo da região, a empregabilidade torna-se cada vez mais difícil de ser administrada se os parâmetros atuais forem mantidos. Até porque nos mais de cinco mil municípios a grande maioria deles não tem atividade econômica suficiente para manter as famílias sem que haja a migração para centros maiores e mais produtivos. O que, sem dúvida alguma gera uma concentração que incha as cidades receptivas. Quem assiste aos debates verifica que nenhum dos candidatos presidenciáveis apresenta fórmulas capazes de resolver o problema de desemprego, hoje chegando à casa dos 14 milhões, sem contar que existem pessoas totalmente inativas e que poderiam estar ativas contribuindo para uma mudança na economia do país. Nossa fórmula assusta pela simplicidade porque busca no povo, de um modo geral, a produtividade que o Brasil precisa para mudar totalmente sua situação atual sem depender de investimentos externos ou de implantação de grandes indústrias que, diga-se de passagem, empregam muito pouco diante da necessidade da população brasileira. Vamos à ela. Primeiro, o governo federal com a participação dos estados e dos municípios traçará um mapa vocacional de todo o país para que fiquem definidas as áreas mais factíveis de implantação. Após é criado um grande organismo nacional que será o responsável pelo estímulo, orientação, fiscalização e impulso do sistema cooperativista e associativista em todos os rincões do país proporcionando capacitação e qualificação para produção, aperfeiçoamento de produtos e serviços, além de em determinados casos toda a questão de distribuição e logística. Este organismo a que nos referimos será assessorado pelos estados e municípios que estarão também envolvidos na maximização do projeto. Para que se tenha uma noção da grandiosidade e da rapidez de sua implantação o trabalho será feito com base no mapa vocacional que definirá para cada local que tipo ou tipos de negócios poderão ser desenvolvidos em coletividade. Com isso cria-se um imenso sistema que obviamente só poderia ser detalhado na elaboração de um também grande e objetivo plano de trabalho. Na certeza de que todos os municípios do país poderão ser envolvidos e para os quais o projeto ganha um sonho, sem utopia, que é o da fixação das famílias aos seus lugares de origem. Como observação final, independente de ser um plano nacional, o projeto pode também ser considerado para cada uma das administrações estaduais. Coragem e vontade política é o que falta.

DESTACÔMETRO

DIÓGENES TENÓRIO 2

O destaque vai para o advogado e procurador geral da Assembléia Legislativa, Diógenes Tenório por sua decência e dignidade no trato da coisa pública. Uma figura ímpar.

 PÍLULAS DO OUVIDOR

Meus sinceros sentimentos à família do vereador Sivanio Barbosa, vilmente assassinado há quinze dias atrás. Ele era uma figura cativante, um bom amigo e um vereador profundamente atuante buscando o melhor para o seu Benedito Bentes.

Minha amiga Gigi Acioly, colunista deste jornal, foi agraciada através do também jornalista André Fon com o Prêmio Top Alagoas. Muito merecido porque Gigi é uma das mais atuantes da nossa Alagoas.

Hoje, 17 de setembro, completo com muitos agradecimentos a Deus, meus oitenta anos. O fim de semana foi no Recife onde meus filhos me homenagearam, quase todos reunidos em almoço num sábado de muita emoção.

Ainda comemorando a data, no próximo dia 24 estarei viajando com Vanessa, meu filho João Marcelo, sua namorada e os pais dela para a Europa a partir da Alemanha e correndo pelos países vizinhos. Muita notícia para o Ouvidor Geral.

Pelo motivo acima não vou votar no primeiro turno das eleições e, apesar de a idade me permitir que não o faça não fico satisfeito. No segundo turno estarei democraticamente fazendo uso do meu voto.

Esperando e torcendo também para que o clima eleitoral na prática e nas ruas siga um sistema de respeito entre candidatos e sobretudo entre eleitores já que alguns são bastante acirrados nas suas opiniões e ações.

A propósito de eleições, com a desistência do Senador Collor, a continuação do governo de Renan Filho é absolutamente garantida salvo surpresa inimaginável. O que já estava configurado como um passeio passa a ser uma simples caminhada.

No âmbito nacional a coisa é bem diferente já que os candidatos além de Bolsonaro estão totalmente embolados para a definição de um segundo turno. Nunca houve uma indefinição tão grande nesse aspecto. Sem previsão.

Na Campanha Nacional de Vacinação 25 municípios de Alagoas não atingiram a meta de vacinar pelo menos 95% das crianças de um a menos de cinco anos contra o sarampo e a poliomielite. Faltou trabalho ou foi displicência mesmo?

VALENTIM

O português Valentim Ribeiro (foto) mais uma vez demonstra seu amor pelas Alagoas realizando mais uma edição de noite Luso-Brasileira, desta feita com a entrega do  Troféu Amália Rodrigues. Dia 11 de outubro no Hotel Premier, antigo Radisson. Orgulho-me de ser um dos premiados.

 ABRAÇOS IMPRESSOS

mulheres jorn 2

Realizei um “Almoçando com a Notícia” só com mulheres jornalistas e foi um enorme sucesso. Um beijo para cada uma delas: Sílvia Falcão, Elisana Tenório, Adelaide Nogueira, Naara Normande e Porllane Santos. O cara do meio é o designer gráfico Marcelo Câmara, produtor do programa e meu filho caçula. Aniversariante de ontem, 16-09.

Ouvidor Geral 03-09-2018

voto

SOU CANDIDATO

Nessa época em que o país está comprometido com a eleição de um novo presidente, de 27 governadores, de mais de 500 deputados federais. de aproximadamente 600 deputados estaduais e de 40 senadores a escolha fica cada vez mais difícil para o povo de um modo geral, decepcionado com todos os males que assolam o país e, agora, mais ainda, por não encontrar propostas condizentes para os cargos eletivos, para o ressurgimento de um país mergulhado na lama, na improbidade e na insegurança. Faltam educação e saúde para os nossos filhos, para os idosos, para todos nós apesar de a constituição garantir esse direito. Vimos e ainda estamos vendo desmioladas ações que a nada levam e que ainda perturbam mais ainda o dia a dia do cidadão. Esperar por um candidato milagroso ou candidatos que possam fazer uma revolução, não de armas, mas de métodos e sistemas é por demais utópico. É chegada a hora de um protesto generalizado, talvez sufragando nas urnas os menos conhecidos, os que não têm ficha suja nem em andamento, os que podem dizer ao sistema que tudo está errado e que ninguém pode prometer consertar nem em médio prazo. É preciso um choque de princípios contra os desajustes sociais, profissionais, econômicos e políticos e uma enorme discussão pública sobre cada item necessariamente passivo de reforma. O Brasil tem jeito e sou candidato. Sou candidato a ver ainda grande parte disso acontecer. Sou candidato a ver de volta a credibilidade do brasileiro. Sou candidato a aplaudir os verdadeiros propósitos quando existirem. E finalmente sou candidato a ver a consciência, a minúcia, a vontade de saber escolher do povo brasileiro. Se tudo isto acontecer estarei eleito para um Brasil melhor.

DESTACÔMETRO

ANA HORA 2

O destaque vai para a vereadora de Maceió e empresária Ana Hora que, por conhecer bem através de suas empresas os problemas sociais e também através da ONG da HORA tem tido um comportamento enquanto vereadora comprometido com as classes menos privilegiadas.

 PÍLULAS DO OUVIDOR

Estou escrevendo esta coluna com a televisão ligada num programa de gastronomia que dá vontade de levantar, jogar tudo pro alto, ir para a cozinha e, claro, não acertar nada…porque eu sei comer! Cozinhar é com dona Vanessa.

Mas por falar nisso, Alagoas emplacou quatro chefs no Master Chef, mas só ficaram dois. Um deles, muito amigo da família, Paulo Quintela agradou em cheio com seu ar displicente e calmo. E assim vai galgando posições. Parabéns, Paulo.

Ninguém esperava que o sisudo ministro Fachin votasse a favor da permanência de Lula na disputa eleitoral para presidente. Num placar de 6×1 o voto de dele era aguardado para uma unanimidade. Não aconteceu. Coisas do jurídico.

E a propósito de disputa, parece que no Jornal Nacional a disputa não é entre candidatos mas entre os apresentadores e os presidenciáveis. Bonner e Renata  parecem estar num ringue e atacam furiosamente sem pena nem piedade.

Eles estão sem “desconfiômetro” já que ainda não entenderam que o povo brasileiro quer ouvir quem tem propostas concretas e que propostas serão essas. Elas não aparecem, o tempo se esgota e a baboseira toma conta de tudo e de todos.

Em compensação, as Redes Sociais também estão esbanjando “fakes” para todos os lados criando também a idéia de uma contra propaganda, já que não se sabe no que se pode confiar em termos de informação eleitoral.

Enfim, na verdade, não se sabe o que vem por aí. O internauta e o telespectador estão sendo totalmente bombardeados sem que possam formar uma opinião sobre esse ou aquele candidato. E a tal história famosa do tiro saindo pela culatra.

Está se falando muito em cultura da paz. Muito interessante, o discurso é ótimo mas a prática tem que ser para todos. A vontade pela paz tem que crescer no coração das pessoas porque este mundo está absolutamente carente dela.

Espero sinceramente que o Brasil caminhe por novos rumos, mas que novos dirigentes saibam que não somos um povo belicoso, que não amamos as guerras apesar de estarmos vivendo em alguns estados verdadeiras guerras civis.

raymundo palmeira

O advogado criminalista Raymundo Palmeira (foto) quando passa pelo nosso Bartpapo dá um show enquanto entrevistado. Vale a pena conferir hoje, segunda, 03, o que disse o nosso amigo naquela entrevista na TV Mar. 13:30h e 19:30h.

ABRAÇOS IMPRESSOS

Karine e Patrícia

Os abraços vão para as abnegadas advogadas, Karine Brandão e Patrícia Nobre que defendem com unhas e dentes os direitos da mulher, empunham a bandeira e atacam tudo e todos que pratiquem violência contra mulheres. Certíssimas.

       

Ouvidor Geral 27-08-2018

dinheiro no lixo

BILHÕES EM DÓLARES E REAIS NO LIXO

Um lixo que fez a fortuna de muita gente que é o próprio lixo. Um lixo que deixou de acudir a muitos que poderiam ter saído de outro lixo, o da humildade, o da carência, o da pobreza para não dizer miséria. Os milhões em dólares e em reais que escoaram-se dos cofres públicos pelas mãos e pelos planos inescrupulosos dos Ali Babás do regime poderiam ter salvo vidas, poderiam ter tirado homens e mulheres da ruas, poderiam ter sido aplicados na educação de nossos meninos, poderiam ter colaborado para a construção de um Brasil melhor, mas não! Foram jogados em mãos erradas que se locupletaram do que não lhes pertencia e ajudaram este país a se afogar também na incompetência dos ladrões que nem souberam administrá-lo. Sempre fácil ver-se o que está acontecendo com eles, muito pouco aliás, quando na verdade o que não deve ser fácil é a avaliação do que não foi feito. Contabilizar os bilhões é matéria exata, mas contabilizar os prejuízos sociais é humanística e da mesma maneira que vimos os nazistas serem condenados pela eliminação de incontáveis vidas também precisamos avaliar quantas vidas foram relegadas a um segundo plano pela desonestidade, pela ineficácia, pela indecência e pela desumanidade dos traidores da pátria e de seus semelhantes. Vamos dormir hoje com esse pensamento e vamos buscar pessoas de bem que nos ajudem a todos a renovar princípios e convenções para que esse país consiga ressurgir das cinzas colocando nelas os nefastos ladrões dos bilhões de dólares e reais do povo brasileiro. Que absolutamente não é e não será lixo.

DESTACÔMETRO

MARCELLO AGRELLI

O destaque vai para o professor de matemática, Marcello Agrelli, que criativamente está transformando o ensino da matéria e vem por aí com projeto sensacional envolvendo ensino à distância. Aguardemos.

 PÍLULAS DO OUVIDOR

Sinceramente, não dá para entender o povo que se faz de desentendido para avaliar esse ou aquele candidato quando na verdade ainda não apareceu quem pudesse apresentar propostas concretas para a presidência.

O vazio, os fatos e “fakes” continuam sendo a grande atração dessa mísera campanha que usa o combate verbal e de montagens sucessivas para fazer com que o candidato apareça, mais uma vez enganando o cidadão.

Essa outra enganação que é o Guia Eleitoral que não permite a isonomia entre candidatos dando a uns um tempo bom e à maioria um tempo degradante de segundos deveria ser reformulado ou extinto.

Na verdade esta será a campanha das redes sociais que cada um faz o que quer e passa ao eleitor de verdades a mentiras de todas as espécies aproveitando a assustadora mania do celular eternamente ligado.

Os presidentes das Federações da Indústria, José Carlos Lyra, do Comércio, Wilton Malta, e da Agricultura, Álvaro Almeida, definiram as regras do diálogo que o setor produtivo terá com Fernando Collor (PTC), e Renan Filho (MDB.

No dia 3 os candidatos serão recepcionados no hall da Casa da Indústria com um café da manhã, às 8h, para, às 9h, iniciarem o diálogo com os empresários, no auditório principal.

Com a proposta de abranger o contexto de duas diferentes exposições em um mesmo ‘espaço’, rearrumação chega aos salões da Pinacoteca Universitária no dia 28 de agosto, a partir das 19h.

Ramificada em ato 3: corpo aberto, de Gilbef, e desterro, de Matheus Arruda, a mostra narra a poética das vivências de ambos os artistas.A inspiração para o nome da exposição foi o poema Rearrumação, de Karina Rabinovitz,

O INSS está pagando a partir de hoje o benefício dos aposentados acrescidos da primeira parte do 13o salário deste ano. Sem dúvida uma injeção no mercado bastante favorável para os dias de crise.

RONALDO MORAES 3

O diretor técnico do SEBRAE, Ronaldo Moraes (foto) depois de um período para cuidar da saúde voltou com toda a garra às suas funções e mostrando-se cada vez mais dedicado ao que tanto gosta de fazer.

 ABRAÇOS IMPRESSOS

CELIA TEIXEIRA

Os abraços impressos da semana vão para a Célia Teixeira que é a coordenadora do CESMAC Integrado, uma maneira fantástica que a instituição adotou para que matérias outras busquem uma união, um elo visando melhores aplicações.

Ouvidor Geral 20-08-2018

caminhante

A UM PASSO DE UM NOVO DESTINO

Diga-se de passagem, um enorme passo de absoluta responsabilidade do povo brasileiro. Mas ora vejam que estou colocando um enorme peso nos ombros do povo sofrido deste país só porque os que deveriam ser apontados como culpados nos fizeram chegar a essa situação de verdadeira emergência. Uma mentira deslavada corre pelos porões e pelos salões da república tentando mostrar à sociedade que tudo está bem, que os políticos se entendem, que o país cresce, que a inflação é real, que crises não existem, nem políticas nem econômicas. Que blasfêmia! Que atentado contra a inteligência de tanta gente que vem sofrendo com os desmandos palacianos assessorados de perto por grande parte dos que deveriam ser legisladores de causas boas, mas que se mantêm reféns de promessas escusas dos que têm a manobra do dinheiro em suas mãos. Está provado, lavando a jato ou com pingos de torneira que os manobristas a que nos referimos precisam urgentemente serem mudados. e somos nós, povo brasileiro que podemos tentar minorar a situação sabendo de verdade em quem votarmos, tentando conhecer candidatos, suas posturas e seus passados. Podemos errar mais uma vez, mas pelo menos tentemos ser conscientes do que estamos fazendo a nossa parte com a poderosa arma do voto. A campanha eleitoral já começou. As Redes Sociais aí estão permitindo que os bons apareçam e que os maus continuem mentindo povoando nossas cabeças com seus tecnológicos  “fakes”. Transformemo-nos em fatos e mostremos que somos capazes de combatê-los com a nossa verdade. A verdade do voto consciente.

DESTACÔMETRO

FAILDE MENDONÇA

O destaque da semana vai para a promotora de justiça do Terceiro Setor, Failde Mendonça e que estará à frente, nos dias 28 e 29, do V Congresso deste setor importantíssimo e de um Seminário que vai discutir o direito neste assunto. No Centro de Convenções.

PÍLULAS DO OUVIDOR

Eleição é sinônimo de muita confusão também. De muitas brigas e agressões que vão das verbais às carnais tornando o ato cívico feio quando precisa patrioticamente ser bonito e grande importância para os brasileiros.

Quem acompanha as Redes Sociais, esse grande veículo de propaganda correta ou enganosa já vê e sente que a clandestinidade favorece agressões as mais variadas e alguns que se mostram abertamente. Precisa ser visto com mais autoridade.

Meu amigo Carlito Lima um ícone da cultura em Alagoas, grande escritor e um pioneiro em feiras literárias no estado passou semana passada trabalhando para o sucesso – que aconteceu – da I FLIJAÇA – a literária do Jacintinho.

Carlito escolheu um bairro mais carente e de grande demografia para provar que a cultura e a leitura podem ser consumidas com grandiosidade por pessoas que não estão sempre com as oportunidades de eventos como esse. Conseguiu.

O dinâmico Daniel Bernardes hoje à frente da Diretoria Técnica da Escola de Contas do TCE-AL nos concedeu uma entrevista que mostra o sacrifício de sua equipe par levar capacitação e qualificação aos gestores.

Menina dos olhos de seu diretor geral, Conselheiro Otávio Lessa, a Escola de Contas precisa ser melhor destilada pelos prefeitos e gestores, principalmente os que precisam entender o que pode e o que não pode no serviço público.

O Festival do Turismo de João Pessoa  vai mudar de nome e reposicionar sua marca. Após a 8ª edição, que acontecerá em outubro deste ano, o evento passará a se chamar JPA Travel Market. E vale a pena conferir.

Nesta segunda-feira (20), acontece no Museu da Imagem e do Som de Alagoas (Misa), a partir das 8h, o II Encontro Alagoano de Museus. A palestra inaugural será proferida por Paulo Knauss, presidente do Instituto Brasileiro de Museus.

Com muita honra os nossos programas de televisão que já têm o patrocínio do SEBRAE recebem agora também a marca da importante instituição de ensino CESMAC. Obrigado pela confiança, através do seu vice-reitor, Douglas Apratto.

ÁGUIDA FEITOSA

E para uma excelente geral sobre o CESMAC, esteve conosco no Bartpapo na última quinta a sua competente coordenadora de marketing, Águida Feitosa (foto). Um show de conhecimento e de simpatia, além do cativante entusiasmo.

ABRAÇOS IMPRESSOS

MARCELO CÂMARA

Os abraços impressos da semana vão para o meu querido filho, Marcelo Câmara que resolveu assumir a produção dos nossos programas de televisão. Competentíssimo, modéstia à parte, cumpre a missão com galhardia. Bem assessorado por Ádija Rocha.