Categoria: BAÚ DO GERALDO

Entrevista concedida à Claudia de Bulhões​ no programa, da TV Assembléia AL​, Gente da Gente

Geraldo fala sobre diversos assuntos, livros lançados e projetos em andamento. Uma retrospectiva dos, atuais, 79 anos de vida e da experiência como comunicador. Assista!

Anúncios

Lembro-me…

catedral do México..que a CATEDRAL DO MÉXICO, inclui meus sentimentos.

Mamãe faleceu no Rio de Janeiro, sepultada ao meio dia. E eu, por compromissos profissionais viajei à meia noite para a Cidade do México. No sétimo dia, providenciei para que eu pudesse assistir à sua missa e fui a Catedral para acertar. Aquela igreja tem mais quatro capelas menores no seu sub solo e em uma delas foi realizada a missa de mamãe. Só para mim e mais ninguém. Um drama terrível sentido por um dos padres que veio se ajoelhar ao meu lado e lá ficou até o término, me abraçando e consolando a minha enorme tristeza. Por isso, a imagem da Catedral do México nunca saiu de minhas lembranças.

Lembro-me…

…de que, em 1976 fui jurado do Festival da Canção Ibero-Americana, no México, quando com uma canção composta por Sílvio César, o grande Agnaldo Rayol representou o Brasil. A música era muito bonita, 28 países estavam ali com suas obras e aí chegou o frustrante resultado final quando o Brasil ficou em último lugar. Foi ruim, mas acabamos os três fazendo uma grande farra e levando na brincadeira a grande derrota.

Lembro-me…

…da maravilhosa entrevista que fiz com o genial Jessié Quirino, um dos mais importantes artistas do nordeste brasileiro, hoje conhecido em palcos de todo o Brasil. Jessié é uma figura ímpar, poeta, arquiteto e dono de um humor profundamente sadio.

 

Lembro-me…

…de ter participado como compositor de um Festival de Frevo, na cidade do Recife, no Clube Português, em 1969, por insistência e desafio de um primo que morava lá. Entrei, de brincadeira, nunca tinha feito um frevo, fiz e dei o nome de “O amor existe”. No resultado final, fiquei em segundo lugar. Acho que ganhei o Festival porque o primeiro lugar foi conferido ao glorioso Capiba.

DUAS HONRARIAS RECEBIDAS NAS ALAGOAS

TÍTULO DE CIDADÃO MACEIOENSE PROPOSTO PELA ENTÃO VEREADORA, ROSINHA DA ADEFAL E DE CIDADÃO ALAGOANO PROPOSTO PELO DEPUTADO RONALDO MEDEIROS.

CIDADÃO MACEIOENSE

 

Os livros que Geraldo publicou em Alagoas

Em Alagoas, Geraldo Câmara publicou quatro livros, até agora, tendo dois em vias de ir ao prelo.

Bartpapo em Alagoas

Ouvidor Geral

Turismo é para quem sabe. Quem sabe?

O mundo real das Satiricrônicas

O primeiro livro – Folhas ao Vento

Primeiro livro publicado por Geraldo em 1959 e totalmente esgotado.

 

Foto rara de Geraldo como jurado do programa Flávio Cavalcante

Último ano da TV Tupi. Neste ano, Geraldo Câmara foi jurado do grande Flávio Cavalcante até a lacração dos transmissores da TV Tupi, no Rio de Janeiro. Infelizmente temos quase nada de imagens da época.