Ouvidor Geral 10-10-2022

Ouvidor Geral” para o jornal Primeira Edição de 10-10-2022 – Geraldo Câmara

O CRESCIMENTO DA CIDADE

Impressionante como as cidades vão crescendo a olhos vistos e não nos damos conta do desordenamento que geralmente acontece. Não sei se por falta de um acompanhamento maior, não sei se os governantes fecham os olhos mesmo e talvez o façam mantendo a idiota tese de que obra de saneamento não era feita porque ficava enterrada e ninguém via. Hoje são vistas e cobradas, sim, por sua necessidade total. Outra, são obras de ampliação que são executadas, como por exemplo, alargamento de ruas, apenas em alguns trechos, esquecendo a famosa teoria do gargalo: o que vai estreitando e acaba por atravancar e impedir o fluxo do trânsito. A Durval de Goes Monteiro poderá ser um exemplo futuro já que sua obra de alargamento já começou. Na verdade, a solução do corredor Fernandes Lima passa por um projeto que pode ir contra as teses ambientalistas, mas que seria definitiva. A implantação do “aerotrem” no canteiro central saindo de uma estação na Jatiuca e indo até o aeroporto com várias estações. Dinheiro é fácil. Conversem com a China. Tenham a capacidade de admitir a cobrança de passagens e administração pela empresa implantadora e tudo ficaria bem resolvido. Quanto às árvores, replante-se em outro lugar. Enfim, as cidades crescem, mas é preciso coragem de seus governantes para que elas sigam também o crescimento demográfico. Só assim, o progresso realmente comparece.

DESTACÔMETRO

O destaque da semana vai para a juíza titular da Vara da Infância e da Juventude, Fátima Pirauá, sempre profundamente envolvida no assunto prestando sua imensa colaboração à sociedade, na medida em que se aprofunda cada vez mais na causa da criança e do jovem.

PÍLULAS DO OUVIDOR

E o segundo turno das eleições promete muita falação, muita discussão, muita polarização. No entanto é preciso tomar cuidado para impedir a paixão do momento que acaba gerando conflitos indesejáveis. E aí a democracia fica prejudicada.

Em termos nacionais a coisa ainda parece indefinida com os candidatos recebendo apoios indispensáveis dos ex-candidatos de primeiro turno e, obviamente, de entidades e pessoas que agora vão polarizar neste ou naquele concorrente.

Muito importante que, neste momento as pesquisas sejam acompanhadas, mas que se dê valor aos institutos mais conhecidos e que já mostraram competência em resultados no primeiro turno. O andamento agora é muito decisivo.

O leitor ou o telespectador mais avisado e mais observador vai verificar pelos discursos, entrevistas e declarações dos dois candidatos a presidente que há uma mudança de estilo, em alguns momentos bem mais aparentemente tranquilo do que no 1o turno.

Aqui em casa, no estado de Alagoas, a disputa entre o governista Paulo Dantas, atual governador e o senador Rodrigo Cunha me parece que será tranquila com alguns arroubos do senador baseado em informações de suas bases.

Já o candidato Paulo Dantas parece seguir com inteligência a tese de que o estado não pode e não vai parar fazendo sempre uma menção ao trabalho realizado pelo antecessor, Renan Filho e de sua administração vitoriosa.

Importante a ser seguido, e agora mais facilmente será o Guia Eleitoral que já começou e que com a inclusão de apenas dois personagens faz com que a absorção de suas mensagens pela sociedade seja muito mais fácil e digerível.

Mas o mais sério de tudo é o exercício correto da democracia e com a consciência de que votar é fundamental. Ficar atrás de desculpas para não fazê-lo, como a idade limite, por exemplo, é chover no molhado e não ajudar o país.

A promotora de justiça, Marluce Falcão é outra figura dedicada ao seu ofício e também visando a criança e o idoso. Com projetos significativos na área, Marluce coloca todo o seu esforço e prestígio no Ministério Público em favor dessa incrível causa. Na foto quando recebeu a Comenda Pontes de Miranda, da Câmara de Maceió.

ABRAÇOS IMPRESSOS

Os abraços impressos vão para a jovem advogada Nathalia Peixoto, já envolvida em projetos maravilhosos e atuando junto à própria OAB e ao Tribunal de Contas, mostrando que o Brasil precisa e muito dessa força jovem e atuante.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s