coluna BARTPAPO 25-06-2022

Coluna BARTPAPO com Geraldo Câmara -Tribuna Independente–2506-2022

OUSADIA DA VERDADE

Ser verdadeiro faz um cidadão ousado ou será o contrário em que o cidadão ousado normalmente é verdadeiro? Não sei. Mas sei que os dias de hoje plantaram uma regra absurda onde para se ter ou se falar a verdade é preciso ousadia. Quando na realidade a verdade deveria fazer parte de todos nós, da sociedade como um todo, ela é inibida pela falta de coragem, pelas consequências que ela pode trazer para o cidadão.

Vemos isto acontecer todos os dias e sentimos como é difícil encarar a verdade no dia a dia, nas coisas que nos cercam. Como é difícil acreditar que as pessoas à sua volta, com exceções, claro, estão falando a verdade ou se, dissimuladamente, estão agindo de maneira tosca e mentirosa.

O governo dissimula, o povo finge que acredita, as coisas ao seu redor são muito mais mentirosas do que verdadeiras. O mundo é mentiroso. Dirão os mais conscienciosos que estamos exagerando e que nem tudo é assim. Claro que não. Mas até as pessoas que nutrem a verdade, até elas, podem ser enredadas em fatos do dia a dia onde a mentira atua como a mais verdadeira das verdades.

Se formos analisar todas as notícias que nos saem pelos meios de comunicação vamos ver que os chamados “fake news”, mentira mesmo, estão fazendo um enorme mal à sociedade, mas acabam por serem incorporadas ao dia a dia das pessoas como a maior das normalidades. Isto é péssimo. Isto é aceitar que viver na mentira faz parte de nossas vidas. Como se estivéssemos aceitando o mundo como ele é sem que reajamos ou façamos alguma coisa para mudá-lo. É exatamente aí que as coisas podem começar a acontecer se enfrentarmos a realidade da ousadia, o tema deste artigo.

Ser ousado é uma necessidade neste mundo cheio de concorrência, de estratégias, de gente “sabida” demais. Ser ousado é pular aos caminhos do sucesso, mas não com a ousadia tradicional da malandragem, mas com a da verdade. Ser ousado é saber que “ou tudo ou nada” é lema do agora, mas que será preciso ser mais malandro ainda usando a verdade e não a mentira, como arma. Seguir por esses caminhos difíceis pode ser o início da mutação da vida. Da própria e de outros. Pode ser o primeiro passo para a mudança geral de uma sociedade que se quiser enfrentar o problema exigindo a verdade de tudo e de todos até pode conseguir uma mutação mas, sem dúvida terá que ser com a força da ousadia.

Infelizmente não serão atitudes da noite para o dia que irão mudar conceitos e atuações.

Não serão discursos em momentos e hora errados que farão o milagre da reconstrução, mas a pílula da ousadia, essa sim, colocada no diuturno de cada um, funcionando como homeopatia, mexendo diariamente em cada ego, distribuindo vontade de ressurgimento, de ressarcimento da própria honra, de luta mesmo por um Brasil e por um mundo melhor.

Talvez esses sejam princípios de liderança. Liderança real. Não as que temos por aqui espalhadas e falsificadas por todo o território nacional. As falácias substituindo as verdadeiras falas e substituindo o poder da verdade, da fala verdadeira, das vias corretas.

Acho que talvez seja chegada a hora da primeira semente. Da primeira semente de ousadia a ser plantada entre nós todos. Talvez seja chegada a hora de reagir, sair da inércia e colocar a boca no trombone.

Talvez tenha chegado o momento de nos mostrarmos todos com uma nova carapuça: a da verdade solidária, a do não à mentira. Talvez seja essa a hora de se mostrar de corpo inteiro com a ousadia da verdade.

FOTONOTAS

Luciana Caetano – Sou fã de carteirinha e sem carteirinha dessa jovem economista que tem tudo certinho na cabeça, que tem os pés no chão e faz política com decência e também com ousadia. Tudo dentro dos limites que talvez tenha aprendido com sua profissão. Além do mais, Luciana é uma figura humana ímpar que sabe lidar com seus pares e sobretudo com seus amigos. Conquista a cada conversa, principalmente se for entremeada com uma discreta bebidinha, o que talvez a tenha feito gostar tanto do Bartpapo que, aliás, frequenta há uns pares de anos. É com muito orgulho que sempre estou colocando Luciana no meu programa e nas minhas colunas.

Salete Tavares –Acho e sempre achei que Salete é gente boa até debaixo d’água. Muitos anos de Assembleia Legislativa, muito conhecimento na praça, filha que é do ex-governador José Tavares, mas nada disso importa além do que sua imensa vontade de ser amiga todos é o que conta. Coordenadora do cerimonial do Tribunal de Contas de Alagoas leva sua missão com verve e simpatia e com jeitinho todo especial consegue tudo o que quer. Não é, Salete? Amada por todos, firme quando precisa, sabe que o serviço público tem fórmulas de convivência e nisso Salete Tavares é mestra. Minha pequena homenagem a você, amiga.

PARE PRA PENSAR (do meu livro do mesmo nome)

Caminhar ou correr pouco importa. O que vale é pisarmos firmes, equilibrados e conscientes do caminho a trilhar.

ALERTAS DO DIA

  • Época junina, estamos por aí nas estradas buscando o interior com sua magia, suas fogueiras e fogos de artifício e alguns balões nos céus do nordeste. O alerta está exatamente nesses balões que não podem ser soltos ao leu. São responsáveis por incêndios em casas isoladas, em matas causando danos, alguns irreparáveis. Temos muita brincadeira inofensiva que não deixa perigo, bem melhor do que arriscar com balões. É bonito? É. Mas nem sempre o bonito é bom. Que me perdoe Luiz Gonzaga, mas “olha pro céu, meu amor, veja como ele está lindo…” sem balões, ok?
  • É exatamente em relação às estradas porque estamos tendo um inverno antecipado que só agora chegou mas as chuvas estão fazendo muitos estragos, principalmente nelas, as estradas. Rios que transbordam, asfaltos que se lascam, crateras que aparecem quando menos se espera e aí os motoristas precisam ter cuidado em dobro. Outro grande perigo são os animais de grande porte, principalmente à noite. Eles sempre são responsáveis por acidentes muito sérios nas estradas em zonas rurais. Cuidado em dobro não faz mal a ninguém.
  • Considero-me um cara que está sabendo envelhecer, acompanhando as coisas da vida, do progresso, da tecnologia. Trabalhando ativamente e fazendo os neurônios funcionarem. Mas existem algumas coisas que mexem comigo. Uma delas é o palavrão pesado dito abertamente em uma mensagem política na televisão, como está acontecendo atualmente, quando o locutor, diz: “fulano, você é f…”. Haverão de dizer que a expressão está no dicionário com um significado simplório. Mas também com outro que todo o mundo conhece e que se refere ao ato sexual. Só que dito de maneira vulgar. Quem quiser que concorde ou discorde, mas…
  • Não sou fã de Anitta. Não gosto do trabalho dela como cantora, como artista. Mas reconheço que como empresária ela é o maior sucesso mundo afora fazendo com que mil projetos sejam realizados. O outro lado que eu gosto é a sua atenção em vários aspectos da cultura brasileira. Agora, ela, arguta como é, pede que os filmes brasileiros tenham legenda em inglês para que lá fora possam ser assistidos com compreensão pelos espectadores. Ela está certíssima e é aí que gosto. Algo tão simples mas que nunca foi imaginado por alguém. Agora é ver quem vai levar adiante. Será que é a própria Anitta? Não duvidem.

POR AÍ AFORA

# Dmitry Muratov, editor russo do jornal investigativo independente Novaya Gazeta, leiloou sua medalha do Prêmio Nobel da Paz por US$ 103,5 milhões na segunda-feira, 21 de junho, para beneficiar crianças deslocadas pelo conflito na Ucrânia. Os lucros da venda, ganhos por um licitante por telefone não identificado, serão doados ao programa do Unicef para crianças ucranianas deslocadas pela guerra, de acordo com a Heritage Auctions, responsável pela venda. Dmitry Muratov ganhou o prestigioso prêmio em 2021, ao lado da jornalista filipina Maria Ressa, com o comitê homenageando-os por seus esforços para preservar a liberdade de expressão.

#A Rússia está utilizando a fome em outras partes do mundo como forma de aumentar a sua pressão; é um instrumento de guerra contra a Ucrânia. E está também tentando desenvolver uma narrativa que associa, erroneamente, sanções ocidentais ao impacto sobre a segurança alimentar mundial. Existem várias linhas de ação que estão atualmente sendo desenvolvidas, sendo que as negociações para o desbloqueio marítimo estão sendo lideradas pelas Nações Unidas, que em diálogo com a Rússia e com a Turquia tentam ver se é possível retirar cereais através do porto de Odessa. (Fonte: Diário de Notícias. De Portugal).

# Gustavo Petro convenceu metade dos colombianos com suas promessas de mudança. Mas agora o primeiro presidente de esquerda eleito do país terá que formar maiorias e vencer a resistência de militares e empresários para governar um país dividido sobre seu mandato. Para vencer o outsider milionário Rodolfo Hernández (47,3%), o ex-guerrilheiro e senador de 62 anos moderou muitas de suas antigas posições radicais. Depois de vencer o segundo turno com 50,4% dos votos, ele tem a responsabilidade de governar um país marcado pela polarização após uma campanha agressiva. Vamos ver noque vai dar.

ATÉ A PRÓXIMA

Amanhã, sábado é dia de “BARTPAPO com Geraldo Câmara”, de volta ao modelo presencial. Na BAND, canal 38.1 aberto e NET, canais 18 e 518, das 9 às 10h da manhã. Assista também pelo Youtube no canal “Programas do Geraldo Câmara”. Fale conosco pelo geraldocamara@gmail.com ou pelo Whats’App 82 99977-4399

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s