Ir para conteúdo

Ouvidor Geral 28-02-2022

Ouvidor Geral” para o jornal Primeira Edição de 28-02-2022 – Geraldo Câmara

SÓ SEI QUE NADA SEI”

Esta coluna precisou ser escrita na última sexta-feira por motivos de fechamento do jornal no carnaval. Então, ela é fria. O que aconteceu de sexta-feira para cá não sei. Mas mesmo assim, continuamos preocupados com a guerra da Rússia com a Ucrânia, país este que já estava sendo invadido, as tropas se aproximando de Kiev e possivelmente já tenham até ocupado a capital e tomado o poder. Não sei. Na verdade, a grande preocupação está na volta a cenários de guerra na Europa, quase oitenta anos após o término da Segunda Mundial. O desastre da época que destruiu o continente não pode ser repetido, até porque seria realmente uma tragédia sem proporções e com consequências impressionantes. O que precisamos agora é analisar os fatos da atual movimentação e ver por onde anda a culpa. Se para a Ucrânia que busca aliar-se cada vez mais ao ocidente, incluindo uma possível entrada na OTAN ou se para a Rússia que se diz defensora de suas fronteiras que, com a mudança de posição da Ucrânia ficaria profundamente vulnerável. O fato é que, de um lado está um homem poderoso que já está no poder há vinte anos, de maneira forçada e do outro todo ou quase todo um mundo que não quer permitir que esse mesmo homem possa causar medo a quem quer que seja. Enquanto isso ficamos no impasse de esperar e ver para que lado caminha a humanidade em meio a tão tristes acontecimentos.

DESTACÔMETRO

O destaque da semana vai para o Conselheiro do Tribunal de Contas do Rio Grande do Sul, César Miola que acaba de assumir a presidência da ATRICON, a Associação dos Membros do Tribunais de Contas. Miola é um homem voltado para a educação e sua ascensão, sem dúvida será de grande valia para o sistema.

PÍLULAS DO OUVIDOR

O presidente brasileiro que, coincidentemente, esteve na Rússia pouco antes da guerra, também não se pronunciou a respeito, o que não é de se estranhar. Até porque tem demonstrado que determinadas ações são de seu inteiro gosto.

A imprensa brasileira tem colocado essa postura de Bolsonaro que claramente mostra uma disposição de ser solidário ao movimento russo. E isso coloca o Brasil numa posição pouco invejável no cenário internacional.

O problema da guerra, além da perda de vidas é a bagunça quye acaba provocando nos aspectos econômicos praticamente em todo o mundo. As bolsas caem, as moedas fortes sobem, as exportações ficam a mercê desses problemas e o PIB vai pra cucuias.

Se a Rússia fechar o fornecimento de gás para a Europa como um todo e a partir da Alemanha, graves problemas vão acontecer nesses países que mantém a sua industrialização com base no gás. Cuja maior quantidade é fornecida por canis russos.

Brasileiros na Ucrânia que estão tentando deixar o país, procuram a embaixada do Brasil, mas estão tendo dificuldades no seu intento. O Itamaraty disse, na sexta-feira, que está sem condições de ajudar os brasileiros a saírem de lá.

Se formos analisar com um pouco mais de profundidade a posição de Putin vamos verificar que o seu grande desejo é o de restabelecer o seu território como o era na época da União Soviética. Só que esses tempos já passaram e não voltam mais.

A 2ª edição do Castramóvel Rosa chegou ao fim com mais 150 castrações. “Mais uma vez percorremos a cidade para levar saúde e dignidade para os nossos animais e seus tutores. Mais de 350 animais castrados nas duas edições com a perspectiva de uma 3ª edição para atender ainda mais animais”, anunciou a vereadora Teca Nelma.

O empresário José Carlos Lyra de Andrade foi reeleito para a presidência da Federação das Indústrias do Estado de Alagoas (Fiea) no quadriênio 2022/2026. A eleição de Lyra se deu pela unanimidade de votos dos presidentes dos 19 sindicatos que formam a entidade.

Meu amigo de todos os dias, no TCE-AL, Franklin Cardoso de Barros (foto), diretor de gabinete da presidência daquela instituição, sempre amável com todos os que o procuram tem sido também um excelente braço direito do presidente do órgão.

ABRAÇOS IMPRESSOS

Sempre que coloco alguém da família aqui na coluna peço licença a meus leitores, mas todas as vezes que me emociono o faço com tranquilidade. Um de meus 21 netos, meu querido João Pedro, 18 anos, acaba de passar em 9o lugar para Direito na Federal de Pernambuco. Os abraços e beijos do vô e da vó, carequinha!

Categorias

OUVIDOR GERAL

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s