Ir para conteúdo

coluna BARTPAPO

Coluna BARTPAPO com Geraldo Câmara -Tribuna Independente–29-10-2021

    O QUE É SERVIR?

                  Ora, ora, o que é servir! Servir é ter a nítida noção do pluralismo, do coletivo, do cooperativismo, do fazer por e para todos e não por e para si. Servir é saber que as múltiplas maneiras de educação devem estar devidamente adequadas ao corpo e ao espírito. Servir é buscar a dignidade no dia a dia de que é composta a nossa vida.

                  Tenho ojeriza aos que criticam os servidores públicos e os intitulam como párias da sociedade, Isto, porque na generalização, deixam de lado muitos e muitos desses servidores de lado por conta de uma minoria que não se encontrou, não encontrou o que desejava da vida ou simplesmente se acomodou e não quis encontrar. O fato é que essa atitude é uma determinação humana que pode ser posicionada na vida, na iniciativa privada e também no serviço público. A diferença é que os que agem dessa maneira nas empresas o fazem com mais cuidado porque encontrarão demissões e desestabilização de suas vidas. Já os efetivos do serviço público – me refiro aquela minoria – sabem que estão amparados pela lei que os sustenta e os garante.

                  Essas situações são certas? Claro que não. Nem de uns e nem de outros. No entanto, exatamente agora que vemos passar o Dia do Servidor não posso deixar de elevar a categoria, muitas vezes sacrificada e que tem uma grande parcela que sabe sim, o que é servir. E o faz com fidelidade, com amor pelo que faz, com dedicação e com busca pela probidade em suas ações. Em muitos anos de minha vida tenho tido a oportunidade de trabalhar pari passu com o jornalismo em cargos comissionados que dizem os incautos: são os que trabalham. Não é verdade. Em todas as minhas passagens e hoje estou em uma delas, tenho visto muita, mas muita gente efetiva em suas posições efetivando com grandeza e com competência as funções para as quais foram indicadas. Seja dos menores servidores até os maiores, muitos, mas muitos mesmos os classifico como grandes servidores deste Brasil.

                  A luta do servidor público por melhores salários, por mais estímulos é absolutamente justa. O que não é justo é a caracterização geral de que já ganham muito, que não merecem aumentos, nem gratificações, nada. Isso causa repulsa, principalmente aos que conhecem o serviço público. Conheço gente altamente empenhada, dedicada e verdadeiros para os que estão de passagem. Esses, os comissionados, precisam e muito dos efetivos. São eles que sabem das coisas, dos caminhos, da burocracia. São eles que ficam e constroem lado a lado o sucesso ou não daquele planejamento.

                  Vi esta semana uma verdadeira irmandade no auditório do Tribunal de Contas de Alagoas, com todos os tipos de servidores daquela casa reunidos para homenagearem e serem homenageados, para receberem palestras de vulto lado a lado com a diversão, show de humor e presentes distribuídos a eles, os servidores destacados e efetivos. Fiquei emocionado e naquele exemplo estendo o meu sincero abraço a todo o servidor público pelo seu Dia que deveria ser hoje, amanhã, sempre.

Ednaldo Maiorano, advogado de carreira, conhecido no meio, já foi vice-presidente da OAB e hoje concorre à eleição para presidente na Chapa 1. Dedicado à profissão vê a oportunidade aí de mudar destinos dos advogados no que diz respeito à atenção e a serviços que a OAB possa prestar para que sua atuação principalmente junto aos juízes seja cada vez melhor. Estará no Bartpapo deste sábado.

Foto 2 – Vagner Paes Filho, este o nome do jovem candidato à presidência da OAB pela Chapa 2. Atual vice-presidente da entidade coloca toda a sua juventude a favor de sua candidatura e dos advogados que queiram uma OAB fortalecida, sobretudo no que concerne ao respeito que a profissão deve ter no mercado e junto a todos os tribunais. Também estará amanhã no Bartpapo onde os leitores podem conferir.  

PARE PRA PENSAR ( do meu livro do mesmo nome)

Nossos mortos nunca morrem em nossos corações. Mas um dia também estaremos em corações que nos amam.

ALERTAS DO DIA

  • Alguns irão dizer que o assunto em questão é fato corriqueiro, o que não quer dizer que não tenha uma enorme importância para a sociedade sempre. Falo da chuva de diplomas falsos que está acontecendo em todo o Brasil, cada um mais perfeito do que o outro. As denúncias acontecem Brasil afora, vemos que as autoridades continuam em busca, mas é preciso um grande alerta para os incautos.
  •  Esta semana tive o prazer de participar de uma experiência fantástica comandada pelo Instituto Hoffman e levada a cabo pelo Tribunal de Contas. Uma imersão que faz com que o eu surja de maneira bem singular envolvendo a todos os participantes que saem de lá absolutamente integrados e pedindo mais, muito mais, já que aquela sessão foi só um início. O meu alerta é para os gestores que deveriam buscar essa fantástica e original ajuda.
  • O querido amigo Marcos Assunção, mais conhecido como Marcão, à frente de importantes eventos em Alagoas, vem aí com mais uma edição do “Prêmio Selma Bandeira” que sempre premia mulheres extraordinárias como a própria Selma o foi. Tive a oportunidade de entrevistar uma delas, a secretária especial do Tesouro do Estado, Renata Santos e fiquei extasiado com sua sapiência e competência. O alerta é para que fiquem ligados nesse evento.
  • Esta semana estamos em pleno “Haloween”, a festa das bruxas tão conhecida nos Estados Unidos e tão difundida em todo o mundo. Aliás dizem que a festa das bruxas neste último biênio anda solta por todos os cantos do mundo e no Brasil tem bruxa para todos os lados. Cuidado, porque quando elas se soltam saem por aí provocando para que muita gente fique dizendo besteiras anticonstitucionais.   
  • As aulas que estão voltando e precisavam, depois de tanto tempo que haviam feito com que o trânsito em Maceió se tornasse calmo e tranquilo o que deixou muita gente desacostumada daquele caos constante. Agora ele voltou e voltou com força total. Engarrafamentos e muita confusão nos horários de pique. Muito cuidado ainda é pouco e a SMTT precisa estar mais alerta do que nunca. Senão, a coisa vai pegar.

POR AÍ AFORA

#  A partir desta semana, as vítimas de violência doméstica, na França podem apresentar queixa ” em casa de outrem “, em Sarthe, Vaucluse, Pas-de-Calais e Haute-Corse. As reclamações podem ser recolhidas no hospital, em associação ou mesmo com um familiar ou vizinho. Ou seja, a situação da violência doméstica ficou tão braba na França que não mais há a necessidade de domicílio próprio para a denúncia. Vale em qualquer lugar.

# Bidden anuncia plano de 1,85 trilhão de dólares para clima, crianças e segurança. O plano gastaria pesadamente em mudanças climáticas, creches e uma ampla variedade de outros programas, pagos por aumentos de impostos para corporações e pessoas de alta renda. E aí vem a pergunta: Sobretudo no que diz respeito a impostos maiores para os de alta renda porque o Brasil não transforma logo em realidade o que até agora tem sido apenas uma ameaça? Não será uma maneira de encontrar fórmulas como a dos americanos?

# Esqueci de dizer que, em determinados países da Europa, como por exemplo, a Suécia, as pessoas que dirigem o país estão sempre preocupadas com o bem-estar do povo e não do próprio. O Primeiro-Ministro daquele país sai de sua modesta casa, aliás um pequeno apartamento, todos os dias de bicicleta e vai trabalhar em prol do povo. A isso, caro ministro se dá o nome de civilidade e patriotismo.

#  Continuando a tese de Paulo Guedes, o ministro da economia do Brasil de que os preços estão subindo em todo o mundo verifiquei que na Europa os preços da gasolina estão em mais ou menos 1euro e 10 cents. Cambiado para o real daria cerca de 6,10 reais. Está vendo? diria o Guedes. Só que meu caro ministro, quem converte não se diverte. E por lá a “tchurma” ganha em euro, sabe? Muito, mas muito mais do que nossos assalariados.

# Esqueci de dizer que, em determinados países da Europa, como por exemplo, a Suécia, as pessoas que dirigem o país estão sempre preocupadas com o bem-estar do povo e não do próprio. O Primeiro-Ministro daquele país sai de sua modesta casa, aliás um pequeno apartamento, todos os dias de bicicleta e vai trabalhar em prol do povo. A isso, caro ministro se dá o nome de civilidade e patriotismo.

# O que falta, na verdade é respeito, tradição, amor à pátria, respeito pelas instituições, pelos símbolos pátrios, pelos que tentaram construir história e se viram personagens de simples estórias. O que falta é a busca de bons exemplos, não importa onde, mas buscá-los sem medo de ser um imitador. Copiar bons exemplos é sinal de bom caráter, de amor pelo país e por sua gente. Então, em frente porque atrás vem gente!

 

ATÉ A PRÓXIMA

Amanhã, sábado é dia de “BARTPAPO com Geraldo Câmara”, de volta ao modelo presencial. Na BAND, canal 38.1 aberto e NET, canais 18 e 518, das 9 às 10h da manhã. Assista também pelo Youtube no canal “Programas do Geraldo Câmara. Fale conosco pelo geraldocamara@gmail.com ou pelo Whats’App 82 99977-4399

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s