Ir para conteúdo

Ouvidor Geral 14-12- 2020

“Ouvidor Geral” para o jornal Primeira Edição de 14-12-2020 – Geraldo Câmara

GATOS EMBAIXO DOS TELHADOS
         Claro que procuramos entender determinadas ações do governo no que diz respeito à administração de serviços públicos, ainda que realizados por concessionárias, como é o caso da distribuição de energia. No entanto, por mais motivos que se nos apresentem, fica difícil entender um aumento abrupto nas nossas contas domésticas ou de baixa tensão com a aplicação inesperada da bandeira vermelha e sem previsão de revogação. Posto que o governo estabelece metas para a inflação e a deste ano está na faixa dos 6,5%, o que já é bastante alto, como admitir que o aumento de energia venha corresponder a 5 e 6 vezes mais. Se a infra-estrutura do país não cuidou de uma mudança ou de uma progressiva mudança na matriz energética, que o faça vagarosamente, mas que o faça, mas não às custas de um aumento que, na maioria dos casos vai representar mais de 10% do valor do salário mínimo.  Em outros casos muito mais. O fato é que, Alagoas, por exemplo, que tem uma matriz energética razoavelmente boa, não pode ser penalizada com este aumento excessivo da noite para o dia. O que vai acontecer - e pode escrever - é que os famosos gatos vão miar por baixo de muitos telhados, cujas famílias não vão suportar a extorsão e, vão encontrar no velho hábito a solução, ainda que criminosa, como luz no final do túnel. Quem viver verá.
                                        

DESTACÔMETRO


O destaque da semana vai para Alfredo Gazzaneo, “expert” em matéria de carnaval. Compositor e cantor nas horas vagas, Alfredo está amargando a possibilidade de não termos prévias no próximo ano.

PÍLULAS DO OUVIDOR

Achei o fim da picada, no bom sentido o manifesto de 11 ex-ministros da saúde contra a falta de planejamento do governo federal em relação a uma possível logística para que a população brasileira possa ser vacinada. Ao manifesto deram o nome de “Vacina para Todos”.

E toda a população já está entendendo que as falhas do governo federal, até abusivas, são gritantes. Enquanto o Reino Unido e a Rússia já estão vacinando a população, o Brasil ainda está nas brigas internas e políticas.

E aí vem a grande pergunta: O governador de São Paulo que está tomando à frente para vacinar toda a população do estado e até quem não for de lá não está absolutamente certo? E ainda vem o Ministro dizer que só quem vacina aqui é o governo federal.

Também com os exemplos dados pelo chefe, ou aceita a diretriz ou cai no fosso da demissão. Vide o ministro do turismo que achou que podia dar uma opinião e acabou sem trono, sem vez e sem voz demitido sumariamente.

Chato com essa do turismo foi que o prefeito eleito de Maceió foi à Brasília e teve uma reunião com o então ministro e, no dia seguinte à audiência, ainda em Brasília viu o dito cujo cair. /que perda de tempo sem querer.

Mas tudo tem seu lado bom porque o presidente da Embratur, Gilson Machado, foi elevado à condição de ministro e ele, além de alagoano é empresário do setor por aqui tendo empreendimentos na área de Maragogi.

A promotora Marluce Falcão que durante esse ano dedicou-se a defender os direitos dos idosos de todas as maneiras possíveis está profundamente preocupada com o aumento de casos de Covid 19 em Alagoas e que atinge sobretudo osmais velhos.

Mas se depender dessa promotora lutadora e decidida tudo será visto e revisto em todos os âmbitos oficiais e nos da assistência social. Mrluce é do tipo que não sossega enquanto não resolve o problema. Ela, que também ja foi atacada pelo vírus.

Otávio Lessa, presidente do Tribunal de Contas de Alagoas concorre à reeleição e deverá ganhar, até porque sua gestão foi altamente frutífera, enfrentando um período de pandemia, mas fazendo visivelmente o TCE AL crescer em todos os setores.

Esta terça-feira é o dia da eleição para o corpo diretivo do Tribunal de Contas do Estado de Alagoas e os preparativos para sessão especial presencial estão todos tomados como mostra a foto acima, principalmente visando a segurança sanitária dos participantes.

ABRAÇOS IMPRESSOS


Os abraços impressos vão para este fantástico artista, cantor e compositor, Igbonan Rocha. Baiano de nascimento, “alabaiano” como ele se intitula, descobriu Maceió e daqui nunca mais saiu.

Categorias

OUVIDOR GERAL

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s