Ir para conteúdo

coluna BARTPAPO

Coluna BARTPAPO – 26-11-2021

                                    O BIG BROTHER DOS POLÍTICOS

          Imaginem um “reality show” onde os escolhidos para o confinamento seriam políticos escolhidos a dedo. E empresários de alto porte, finamente posicionados. Melhor ainda, não haveriam escolhidos e os lugares seriam todos os frequentados por eles. Um “reality Show” sem casa fixa para que as câmeras os acompanhassem onde estivessem Imaginem essas câmeras funcionando e o Brasil inteiro ligado nas conversas, nos acordos, nas tramas, nos projetos – dentre eles até os bons – que ajudam este país a crescer ou a diminuir dependendo dos interesses.

           Imaginem, bastando ligar as TVs, sabermos imediatamente que estaria havendo um plano para um grande mensalão ou que este ou aquele projeto, para ser aprovado, prometia mundos e fundos a altos e baixos cleros.

           Imaginem as conversas de bastidores nos restaurantes mais “chiques” ou nos botecos mais simples dos interiores, onde certos prefeitos negociam emendas e outras coisas mais, dentre elas os superfaturamentos e as mutretas licitatórias.

           Imaginem as conversas de alto nível em que estivessem falando de política internacional, em interesses os mais diversos com importações, exportações, subidas e descidas das moeda devidamente manipuladas.

           Imaginem um “reality” em que pudéssemos ver com clareza as boas notas de real ou de dólar passando de mãos em mãos e os fiéis portadores treinados por circenses especializados em fazerem as ditas cujas sumirem pelas cuecas. Ou pelas milionárias malas.

           Mas o país perderia a graça se fosse ao ar tal programa. O que iria fazer a Polícia Federal? O que iriam fazer as Lava Jatos se ainda existissem? O que aconteceria de fato e de direito quando os resultados da CPI da Covid 19 revelasse tudo, incluindo o que a TV não mostrou? Nessa altura do campeonato o que estarão arquitetando os que vão dar continuidade àquela ação de meses?

          O que iriam fazer os “experts” em inteligência, os que, quando querem, chegam ao fundo do poço? O fato é que esse “reality” deixaria tudo muito às claras e talvez parte do país fosse passado a limpo. Claro que tudo o que estamos falando aqui é uma utopia. Um desejo incontido da sociedade brasileira de ver a verdade exposta claramente com todas as letras. E me lembra um livro inacabado que um dia comecei a escrever e que se intitularia “As aventuras da Mosca Azul”. Uma mosca privilegiada que estaria em muitos lugares ouvindo as conversas dos melhores bastidores. Hoje, a ideia é ultrapassada, mas teria sido um bom show na época. 

            O fato é que, “reality” feito, aí sim, restaria ao país promover uma enorme reforma política, uma revolução de métodos e sistemas e uma enorme confiança numa nova geração que vem aí. Mas, não se preocupem os atores ou os pseudoautores em questão porque, certamente, não há perigo nas redondezas, o inimigo não mora ao lado e não haverá nenhum “Big Brother dos Políticos”.

Foto 1 – Carlito Lima é uma mistura de oficial do exército que um dia cumpriu sua missão como tal e de homem da cultura que não perde a imaginação, não só por ter escrito dezenas de livros como por continuar a escrevê-los para gáudio de seus leitores, onde me incluo. Aliás, em determinado momento já fui até seu prefaciador em “Manguaba”. Carlito é o homem das feiras de livros, dos bons eventos que são desdobrados município a município e que sevem de incentivo para que jovens e adultos o sigam com sua magnífica obra. E, tem mais: Carlito é meu amigo.

Foto 2 – Danielle Novis, superintendente do Maceió Convention, lidando sempre com o avanço do turismo no estado, desde os antigos tempos do SEBRAE, desde que exerceu a função de Secretária de Turismo do Estado, desde sempre dedicando-se a essa força imensa que é o turismo de Alagoas. Com altos e baixos, com crises e sem crises, Danielle é uma daquelas pessoas que não deixam o barco e muito menos à deriva. Nessa época de pandemia mostrou toda a sua força incentivando a todos os do “trade” a continuarem e não desanimarem. Os frutos estão chegando.

PARE PRA PENSAR ( do meu livro do mesmo nome)

Normalmente o que é justo para uns não o é para outros. É onde entra o difícil fiel da balança.

ALERTAS DO DIA

  •  Essa minha convivência com o Tribunal de Contas de Alagoas tem me mostrado o quanto a insistência é importante para que se consiga alcançar os objetivos. Liderados pelo presidente Otávio Lessa, os técnicos, diretores, todos enfim estão conseguindo cooptar os prefeitos para que se capacitem e capacitem seus secretários no que diz respeito aos métodos novos de prestação de contas, fundamental para que uma administração municipal esteja em dia com suas obrigações e tenham a tranquilidade do dever cumprido. Isto serve de alerta para os que não aderem.
  •  Na questão, por exemplo dos Índices da Gestão Municipal que devem ser enviados e que em outros tempos se constituíam em problema, hoje são remetidos com absoluto respeito aos prazos, à maneira com que são expostos e para que o leitor tenha uma ideia, há três dias do final do prazo, apenas um município não havia enviado. E, tenho certeza de que por algum lapso e não por erro fundamental. O alerta mostra que, se quisermos e com persistência poderemos gradativamente ir mudando este país.
  • Estava escrevendo essa coluna e vi uma notícia sendo transmitida pela televisão que mostrava um atentado praticado por um jovem em uma escola de São Paulo. Nenhuma novidade porque já vimos muitos desses casos acontecendo. No entanto, isso nos deixa de orelhas em pé no sentido de que as pessoas responsáveis por essas escolas deveriam ter o apoio de psicólogos e até mesmo psiquiatras para que saibam com quem estão lidando. Pelo menos, um conhecimento ainda que não completo, mas alertador.
  • O presidente Bolsonaro declarou a apoiador, segundo segmentos da imprensa que era muito difícil implantar métodos de ensino baseados na filosofia de Hitler. O nazista oferecia aos alunos da sua rede escolar, o ensino tradicional aliado a disciplinas que ensinassem às crianças sua maneira de enxergar o mundo e de educar as crianças para um mundo mais militarizado. Não apoiou o que disse o cidadão, mas mostrou a necessidade de um ensino mais militar.
  • Até aproveito para dizer que nada contra os militares, de um modo geral, porque as forças armadas de hoje são compostas de cidadãos de bem que apoiam um trabalho democrático na condução do Brasil. Se durante o período revolucionário houve condenáveis atos temos a certeza de que hoje fazem parte de um passado distante, até porque o Brasil mostra de ponta a ponta seu apego à democracia plena. Portanto, deixemos de lado certas atitudes porque são absolutamente isoladas. E, claro, irresponsáveis.   

POR AÍ AFORA

# O Chefe de Estado francês, o conhecido Macron está presidindo um Conselho de Defesa da Saúde dedicado à Covid-19. Diante da quinta onda, ele quer a todo custo conter a recuperação e evitar fechamentos. Vejam bem, tomei o caso da França apenas como exemplo, mas nos deixa muito preocupados sabermos que está havendo uma quinta onda na França, aliás se espalhando por toda a Europa, como é o caso da Áustria. O exemplo de lá nos lembra e tem que lembrar que vamos ter festejos intensos de Natal e uma enorme previsão para o carnaval.

# Para proteger a humanidade, a NASA irá desviar a trajetória de um asteroide. Embora não represente uma ameaça para a Terra, a NASA leva esse teste muito a sério. A agência espacial estaria na origem da primeira mudança de movimento de um corpo celeste natural no espaço. Mas o que nos leva a pensar sobre essa notícia é a quantidade de lixo espacial que existe girando em torno da Terra e que nos faz imaginar o que nem devemos. Com essa questão de mudanças de clima, de buracos na estratosfera, estaríamos errados em querer tomar cuidado com todo esse lixo?

# É um cenário digno de Hollywood e ainda assim real. A NASA está se preparando para decolar uma missão sem precedentes: projetando uma nave espacial a 24.000 km/h contra o tal asteroide, espera mudar sua trajetória e, assim, ajudar a humanidade a se proteger de uma possível colisão no futuro. Este teste será histórico, disse Tom Statler, cientista da NASA envolvido na missão, em uma coletiva de imprensa. Vejam que nosso comentário encontra eco nas providências que estão sendo tomadas pela Nasa.

# Uma enorme pesquisa foi realizada em países desenvolvidos da Europa e foi detectado que as pessoas estão criando uma espécie de nova mania buscando novos lugares para morarem. Não se sabe ainda se o problema foi provocado pela pandemia ou por problemas de desajuste social em seus países, mas o fato é que está acontecendo e em um número crescente. O mesmo instituto que fez a pesquisa está interessado em estender a outros continentes para verificar se a síndrome é europeia em função da nova onda da Covid ou se problemas de ordem psicológica começam a influenciar a “fuga”. 

ATÉ A PRÓXIMA

Amanhã, sábado é dia de “BARTPAPO com Geraldo Câmara”, de volta ao modelo presencial. Na BAND, canal 38.1 aberto e NET, canais 18 e 518, das 9 às 10h da manhã. Assista também pelo Youtube no canal “Programas do Geraldo Câmara”. Fale conosco pelo geraldocamara@gmail.com ou pelo Whats’App 82 99977-4399

Categorias

OUVIDOR GERAL

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s