Ir para conteúdo

Ouvidor Geral 13-09-2021

“Ouvidor Geral” para o jornal Primeira Edição de 13-09-2021 – Geraldo Câmara

 AS PESSOAS DEVEM SER CANDIDATAS?

          A primeira questão é se devem. E aí a resposta é tranqüila quando se tratar de poder e dever exercer a cidadania em toda sua plenitude. Então, se o preparo democrático estiver presente naquela pessoa, ela deve sim, aproveitá-lo para colocar o  direito de defesa da sua comunidade num lugar de destaque e que o permita levar suas idéias para a realidade da discussão e da realização. A segunda questão deve-se ao fato de que a democracia permite a alternância no poder e que cabe ao povo usá-la, sobretudo se este “poder” não estiver sendo bem exercido por quem já está lá. A pessoa que sentir-se preparada para defender o povo, para mostrar a este mesmo povo que tem capacidade para exercer o cargo, deve sim, candidatar-se e brigar por uma eleição saudável e promissora. E aí, as questões sucedem-se. Uma delas é a do exercício do cargo, se for eleito. É preciso brigar com e pela instituição, para mudar princípios e ações que já se tornaram comuns e em outros que moralizem o cargo e as funções inerentes a ele, em e sob todos os aspectos. A coragem de se fazer confiar será o grande trunfo para uma vitória. Mas, na verdade, a coisificação das eleições foi tão grande nos últimos tempos que o verdadeiro homem – ou mulher, claro – de bem não quer expor seu nome a uma possível lama. E é exatamente aí que o buraco aumenta, os sujos tomam para si a missão de governar e legislar em terreno fértil para que o antidesenvolvimento se faça presente e para que a democracia dê lugar a uma ditadura de métodos e de princípios. Melhor que o povo se mexa e ouça melhor os possíveis candidatos de 2022. Mas, já? Quanto mais cedo, melhor! 

DESTACÔMETRO

             O destaque de hoje vai para o meu amigo, advogado e procurador geral da Assembléia Legislativa de Alagoas, Diógenes Tenório Jr. Não só pela sua capacidade profissional, mas, sobretudo, pela integração verdadeira com seus amigos.

PÍLULAS DO OUVIDOR

Incêndio por sobrecarga: números disparam e já são os maiores dos últimos três anos, informa a Equatorial. Dados relativos ao primeiro semestre de 2021 são um alerta e reforçam importância de efetuar a revisão constante das instalações elétricas.

Excesso de equipamentos plugados em uma mesma tomada, gambiarras, falta de manutenção e instalações elétricas antigas. Essas são as causas mais comuns dos incêndios gerados por eletricidade.

O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom, parabenizou o Ministério da Saúde pelos bons resultados do programa de vacinação contra a Covid-19 no Brasil. Eu, ainda acho muito atrasado.

Um grupo de influenciadores digitais do Mato Grosso está conhecendo e divulgando os principais pontos turísticos do estado através da parceria da Sedetur Alagoas com a CVC. Trabalho de Rafael Brito e equipe da SEDETUR.

Entre os destinos visitados em Alagoas e divulgados no Mato Grosso estão Maragogi, São Miguel dos Milagres, Maceió, Marechal Deodoro e Barra de São Miguel. Quanto mais visitas desse quilate tivermos, tanto melhor.

Bolsonaro, depois de dois meses de seguidas convocações para mega manifestações no 7 de Setembro contra o STF, dois dias depois, dá uma guinada de 180 graus,  e dá o dito pelo não dito na ‘Nota à Nação’. 

Logo após a divulgação dessa carta à nação em que o presidente tentou recuar de sua postura beligerante em relação ao STF, o ex-presidente Michel Temer confirmou que participou ativamente da produção do documento. Eu, hein! Durma-se com um barulho desses!

Esse é um Brasil, no momento, muito confuso. Ressuscitar o Michel Temer será a solução encontrada pelo senhor Bolsonaro para dar-lhe calmantes e fazê-lo ficar mais consciente em relação ao seu papel democrático? Será?

George Santoro (foto), atual secretário da Fazenda de Alagoas, natural do Rio de Janeiro, claro que ainda não sabe dos seus rumos a partir do próximo ano, quando o governador muda de lugar. Mas Alagoas sabe que você deve ficar.

ABRAÇOS IMPRESSOS

             Os abraços impressos vão para esta mulher guerreira que mostrou ser bailarina nos palcos, na escola e na vida.  Tem passado por momentos angustiantes, mas tem saído deles com altivez e denodo. Seu nome é Eliana Cavalcante.

Categorias

OUVIDOR GERAL

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s