Ir para conteúdo

Ouvidor Geral 07-06-2021

“Ouvidor Geral” para o jornal Primeira Edição de 07-06-2021 – Geraldo Câmara

NÃO SE OUVE MAIS FALAR DE FLORES

                 Claro que entendemos, mas é terrível vermos que não temos mais assuntos leves, assuntos que nos levem a nostalgia, até a rir um pouco em meio a essas agruras da vida. Não abrimos mais o Jornal Nacional e outros tantos para ouvir falarem de amenidades, de novos rumos de projetos em andamento. Na verdade, a pandemia nos trouxe para um incrível mundo novo que mudou totalmente nossas vidas e nossa maneira de pensar, de assistir notícias, de nos prender a mortes em profusão que não escolhem cor, sexo, patrimônio ou o que quer que seja. E a partir daí as estatísticas de crescimento do país foram substituídas pelas mórbidas que nos atualizam com o número de casos em crescimento e o número de mortes em andamento. Queremos crer e precisamos crer que essa é uma grande e enorme fase de penúrias, mas que vai passar. Queremos crer com todas as forças que o nosso Deus nos criou para também vivermos bem e felizes e que, em breve, graças a Ele e também aos nossos cientistas haveremos de superar o período seco, árido que nos assolou para entrarmos finalmente numa redenção que virá acompanhada de novos métodos e sistemas implantados à força por essa crise sanitária e então nos mostrando que com fé, ciência, trabalho e denodo haveremos sim, novamente ouvir falar de flores.

DESTACÔMETRO

                 O destaque vai para a grande cantora da música popular brasileira, Amelinha, que no próximo sábado estará se apresentando para os telespectadores do “Bartpapo com Geraldo Câmara”. Às 9 horas da manhã na BAND canal 38.1 aberto, NET 18 e 518 e VIVO 519.

PÍLULAS DO OUVIDOR

A famosa e perigosa Ladeira da Moenda que vai do Feitosa à Pitanguinha cortando caminho para os interessados vai fechar por 15 dias a partir de hoje, segunda 07 de junho. Obras necessárias para melhoria da segurança naquele local.

Os golpes na internet sucedem uns aos outros deixando todos de orelhas atentas. Agora mesmo estão usando o famoso e utilizado What’sApp para dar o golpe do roubo de dados através de uma pesquisa do Ministério da Saúde. Pode, Arnaldo?

Parece que tem gente que só vive pensando em golpes, pensando em se dar bem às custas da desgraça alheia. É impressionante também como têm outros que caem nesses golpes com uma extrema facilidade.

Gostaria de saber até que ponto os prejudicados pela Brasken vão agüentar essa morosidade da empresa em acertar os ponteiros com quem já perdeu suas casas e está dependendo do pagamento indenizatório para reconstruir a vida.

O nome é esse: “reconstruir a vida”. Porque os que deixaram suas casas estão com as vidas em polvorosa. As pessoas que não esperavam por tal desastre não podem esperar por mais tempo para que a empresa se decida.

Conheço várias pessoas, incluindo um filho meu que receberam propostas irrisórias e cretinas pelos seus imóveis. Propostas que não dão para serem repassadas a nenhum outro que chegue perto de suas perdas. Como fica?

Na verdade trata-se de um abuso considerável e absolutamente inaceitável e com o detalhe de que as propostas só chegam – quando chegam – depois que está tudo desfeito e que nada mais há a fazer diante da perda. Desumano!

No caso do Pinheiro, somado aos problemas criados com a pandemia imaginem como estão as cabeças das famílias jogadas ao tempo. E dos donos da empresas que por lá estavam também. Com lucros cessantes e outras coisas mais.

Voltei a este assunto porque ele não pode cair no esquecimento. Há uma tendência de se deixar de lado determinados problemas com o tempo. Mas isso não pode acontecer. Nem a pandemia pode substituir. 

 

 Pense numa jornalista inteligente, culta e sabedora do seu ofício e você dirá Juliana dos Anjos (foto). Emprestando sua competência à TV Cidadã e de vez em quando no Bartpapo, Ju nos regozija com seu talento.

ABRAÇOS IMPRESSOS

Uma das mais inteligentes entrevistas sobre a matemática no nosso cotidiano nos foi ofertada sábado passado, no Bartpapo pelo professor Marcello Agrelli. Liderando o EAD Academia da Matemática, Marcello nos enche de vontade de saber cada vez mais a matéria. Meus abraços.  

Categorias

OUVIDOR GERAL

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s