Ir para conteúdo

Ouvidor Geral 11-01-2021

“Ouvidor Geral” para o jornal Primeira Edição de 11-01-2021 – Geraldo Câmara

UMA GESTÃO QUE COMEÇA

              Tirem por suas próprias realizações e experiências e vejam que o tempo é amigo da perfeição e é preciso que, com inteligência os usem com parcimônia, com planejamento e com vontade de acertar. Digo isto, sem procuração alguma que a nova gestão municipal está nascendo, apenas nascendo sem sequer abrir os olhos para uma máquina complexa e nem sempre revelada aos olhos de todos. É preciso observar, sentir, receber instruções, aprender a ter vontade autônoma e a andar com os próprios pés para só então caminhar pelos tortuosos caminhos da administração pública, pelos meandros e atalhos que deixam gestores enlouquecidos, sobretudo com a famigerada “burrocracia” ainda existente que emperra ações de dois tipos: as boas e necessárias e as ruins que aí sim são impedidas pelo excesso de zelo, sobretudo na lei das licitações. Mas o fato é que, agora, neste início, arrumar a casa, colocar a gosto dos novos habitantes é um trabalho hercúleo e que demanda muito esforço e compreensão. A razão dessas nossas palavras é tão somente a de, como jornalista independente, ter a paciência de aguardar reformas, planejamentos e muitas ações cada uma a seu tempo como nós mesmos fazemos com nossas atividades. Afinal, a gestão ainda nem colocou a primeira fralda!

DESTACÔMETRO

              O destaque vai para o novo secretário de turismo de Maceió, Ricardinho Santa Rita com quem tive o prazer de dialogar e perceber toda a sua disposição e abertura para a ocupação de tão importante função. Maceió vai ganhar.  

PÍLULAS DO OUVIDOR

O artigo de cima tem razão de ser pela imensa cobrança que é feita ao prefeito JHC que acabou de entrar e realmente por melhor que tenha sido a transição, mas foi extremamente curta, há muito que saber e aprender.

Os secretários está afoitos buscando idéias, buscando soluções para problemas, alguns de décadas, outros de agora, mas todos problemas que cairão rapidamente em suas costas sabendo que o eleitor não perdoa e tem memória longa.

E essa questão de memória do cidadão em relação aos governantes chega a ser cruel. Normalmente ele não se lembra das coisas boas feitas, mas não se esquecem das marcantes.

Este caso se adapta bem ao famoso banho de mar da ex-prefeita Kátia Born que o fez em frente ao Salgadinho prometendo a solução do problema. A solução não foi conseguida e o seu banho jamais foi esquecido. Uma pena, porque de resto foi uma boa prefeita de Maceió.

Os que estão saindo também já sabem e têm a consciência de que seus esforços dificilmente serão lembrados, mas as “gafes”, as deixadas de lado, essas sempre serão lembradas nas rodas de qualquer lugar.

No entanto, também é bom lembrar aos jovens que estão aí assumindo que os cabelos brancos, a experiência de muita gente boa que está parada por aí, conta. E conta muito não devendo ser abandonada ou colocada como zero à esquerda.

A febre pelos exames para constatação da Covid 19 também está aí nas ruas e as pessoas querem fazer esses exames às vezes até indiscriminadamente. Os preços então subiram assustadoramente. Será que um PCR precisar custar 330 reais?

E às vezes o dobro porque na maioria o teste tem que ser repetido em função de dúvidas como a de resultado falso negativo e outros. A gente entende que os preços seguem a regra da oferta e da procura. Mas em doença é de lascar!

Falar nisso, a Covid 19 está pegando em mais gente, o número de casos está aumentando, as mortes também, assim como a falta de educação de um povo que está fazendo da aglomeração a sua razão de viver. Mas é de morrer, gente!

Esse cara, Clayton Moura (foto) hiper conhecido em Maceió como Mourinha, já deu o que falar há uns vinte anos atrás com um trabalho estudantil de alto nível. Agora, à frente do Gabinete de Combate a Covid 19 vai dar trabalho ao vírus.

ABRAÇOS IMPRESSOS

               Abraços para o Zezeco que sai da Barra de São Miguel, com toda a sua juventude e para o que entra, Biu de Lyra com toda a sua experiência. Acho que a boa convivência fará bem aos dois gestores.

Categorias

OUVIDOR GERAL

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s