Ir para conteúdo

coluna BARTPAPO

Coluna BARTPAPO com Geraldo Câmara – Tribuna Independente de 08-01-2020
A MATEMÁTICA DA VACINA
Vamos e venhamos que as notícias que são veiculadas baseadas em informações verdadeiras dos diversos órgãos competentes em relação à vacinação em massa do povo brasileiro estão completamente divergentes das necessidades de uma população que está em torno de 210 milhões de pessoas e que corresponde à soma de 3 grandes países da Europa que são o Reino Unido, a França e a Itália com 200 milhões em conjunto. Some-se a isto o poder de logística e o diminuto tamanho de cada país em relação às nossas dificultosas dimensões continentais.
Ora, os noticiários apresentam números que consideramos ridículos quando anunciam, por exemplo, a compra ou a futura chegada de 2 milhões de doses de determinada vacina. e o fazem com ênfase para o número como se fosse grandioso. Ora, façamos as contas em cima da população brasileira que precisaria de 420 milhões de doses para ser vacinada considerando o fato de que os cientistas estão afirmando que são necessárias duas doses para cada pessoa. Se os passos de caranguejo continuarem com as previsões ridículas de compras nem sei quantos anos serão necessários para imunizar toda a sociedade.
Façamos então um parâmetro com os anúncios de compras de 2 milhões de doses e façamos mais ainda multiplicando este número por 20 e então teremos 40 milhões de doses o que vacinaria apenas 10 por cento da população. Ah, dirão alguns, isso é utópico porque o Brasil pode fabricar e aumentar este potencial. Muito bem. Concordamos. Mas quando? Com que poder de produção e distribuição? Com que planejamento de logística até agora obscuro para o povo brasileiro? Quando fizemos a comparação com os países da Europa o fizemos para reafirmar que a situação por lá é caótica, mas mesmo assim diferente porque podem lidar com os números com muito mais eficácia que o Brasil. E com demografias muito mais favoráveis a tudo no que diz respeito à distribuição.
O Brasil continua enfrentando a desinformação por parte dos poderes públicos responsáveis pela saúde. Ninguém se entende, a política toma conta das negociações que deveriam estar longe dela e os números, continuo a afirmar são díspares em função das necessidades de uma população que está vendo gente a morrer todos os dias. Quando os estados ameaçam comprar suas vacinas o governo federal incompetente em suas ações quer barrar. Mas eles, os estados, estão certos. Pelo menos tentar dividir para somar. O Estado de Alagoas, por exemplo, necessitaria de 6 milhões e duzentas mil doses para vacinar toda a população de 3 milhões e cem mil pessoas. Cerca de um e meio por cento do país. Talvez seja o caminho. Um caminho competitivo, ainda político, mas talvez com a mira certa para o que se quer.
O fato é que é preciso voltar para os bancos escolares e praticar matemática. Uma matemática salvadora que soma solução e multiplica salvação. Sem ela estaremos sem rumo contando nos dedos ao invés de nos computadores os fios de nossas esperanças.
ALERTAS DO DIA

  • Acresça-se ao artigo acima o fato de que também a matemática dos insumos e aí estou falando em seringas e em agulhas também não foi devidamente utilizada já que elas estão em número bem inferior às necessidades. Parece que estou vendo a paralização da vacinação por falta desse material.
  • O prefeito JHC começou a sua administração baixando um decreto que diminue o valor das passagens de ônibus na capital. Que bom, mas que vai causar polêmica, lá isso vai. E,possivelmente algumas greves possam acontecer. Afinal ninguém mexe no bolso do empresário impunemente.Acho.
    PARE PRA PENSAR (do meu livro do mesmo nome)
    Quem busca a perfeição precisa saber que errar faz parte do processo.

Categorias

OUVIDOR GERAL

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s