Ir para conteúdo

coluna BARTPAPO

Coluna BARTPAPO com Geraldo Câmara -Tribuna Independente-16-10-2020

                                 SEGURANÇA CONTRA A SEGURANÇA

                  É lamentável, não é um problema local, nem mesmo nacional porque já o vimos por diversas vezes em outras fronteiras. Mas é inegável que a segurança no Brasil está precisando de segurança para contê-la. Não podemos mais continuar vendo fatos e mais fatos violentos acontecendo contra pessoas de bem e até contra pessoas do mal, profundamente inacreditáveis quando a polícia ao invés de proteger a população, mata. Nos embates entre polícia e traficantes, tudo bem que poderão acontecer acidentes, mas em situações nem tanto anormais, todos os dias vemos notícias de violência praticada pela polícia pelos mais diversos motivos. Seja por queima de arquivo, seja por acidente, por perseguição a bandidos ou por matar por matar; até mesmo por queima de arquivo, o fato é que verificamos que as polícias ainda não estão totalmente preparadas para praticar a situação de defesa incondicional da população em todos os sentidos.

                  De longe parecer que sou contra a polícia. De longe. Sou contra os elementos infiltrados ou até mesmo os que têm conluio com o tráfico. Sou contra os que não sabem diferenciar um bandido de um ser do bem. Sou contra os que saem atirando ao léu atingindo até crianças com as chamadas balas perdidas. Porque elas, as balas perdidas vêm de todos os lados. Elas são a grande desculpa para a incompetência policial ou contra a falta de planejamento estratégico nos atos que lhe cabe.

                 De longe também estamos da verdadeira polícia cidadã. Da polícia londrina que, bem posicionada e restrita geograficamente se coloca e o é de fato e de direito a polícia amiga do cidadão. De longe também estamos da polícia que transformou as cidades de Bogotá e de Medelin e que permitiu que o cidadão, seja colombiano ou estrangeiro possa transitar pelas ruas com dignidade e sem medo. Tive a oportunidade de conhecer duas Colômbias. Uma há mais de quarenta anos atrás quando o cidadão visitante em serviço sentia-se e era ameaçado. A outra há doze anos, quando voltei a visitar Bogotá, pacificada, tranqüila, hospitalar e fantasticamente crescente.

                Por tudo isto lhes digo que é chegada a hora da educação, da civilidade, da segurança que preserve a segurança, não como corregedora, mas como educadora visando o respeito às instituições policiais e o respeito aos cidadãos que dela necessitam. Com as maravilhosas exceções em nossas polícias.

ALERTAS DO DIA

  • Não é um alerta. É uma constatação. O Tribunal de Contas de Alagoas sediou o X Encontro de Gestão de Pessoas dos Tribunais de Contas do Brasil. E o fez virtualmente de uma maneira exemplar o que prova que os encontros virtuais vieram pra ficar. Mundo novo!
  • Provando que nem só de Covid19 vive o Sistema de Saúde, mais de 130 mil brasileiros já se recuperaram da hepatite C com os novos Antivirais de Ação Direta (DAA), desde a incorporação dos medicamentos no Sistema Único de Saúde (SUS), em 2015. Entre janeiro 2019 e setembro de 2020, o Ministério da Saúde já distribuiu 61.439 tratamentos para a doença. Viva!

PARE PRA PENSAR (do meu livro com o mesmo nome)

A palmada não doía. Corrigia. Saudades das palmadas que levei um dia.       

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s