Ir para conteúdo

coluna BARTPAPO

A PORRADA ESTÁ SOLTA

             Quem diria que os tempos políticos modernos iam nos mostrar coisas que décadas de presidências nunca nos mostraram. Tivemos alguns presidentes que eram irreverentes e até excêntricos como Jânio Quadros que se utilizava de “bilhetinhos” para chamar a atenção de seus subordinados. Que proibia o uso de biquinis nas praias e que, enfim era um tanto diferente. Tivemos um General, o João Figueiredo que chegava a ser meio grosso, mas ainda educadamente grosso. Por gostar de cavalos o povo ainda brincava dizendo que ele gostava de dar coices. Mas tudo isso ainda dentro do respeito que a dignidade do cargo impunha e eles respeitavam.

             Agora estamos diante de um presidente que não respeita limites, que age como se fosse um imperador, dos mais inaccessíveis romanos que usavam da força dos gestos e das palavras para ameaçar seus súditos. Como não estamos na Roma antiga e não somos mais obrigados a abaixar as cabeças para os pseudo-líderes, constatamos e contestamos as atitudes do nosso atual presidente que, ao invés de buscar para si as aprovações da sociedade consegue afastá-la criando problemas de governo e de estado.

              O senhor Jair contabiliza ameaças, as mais grosseiras, a gente do povo, a políticos e sobretudo a jornalistas e emissoras das mais diferentes áreas. Na última investida o fez contra um jornalista que simplesmente perguntou a ele sobre depósitos não explicados na conta da primeira-dama nos idos anos de 2011 quando ele era deputado federal e seu filho um estadual suspeito de plantar o esquema conhecido como “rachadinhas”. Isto foi o suficiente para que o referido presidente ameaçasse o profissional de imprensa que estava no cumprimento de seus deveres profissionais com um “encho sua cara de porradas”. E, similares têm sido tantas as grosserias que não daria para relatá-las aqui.

             Enfim, senhor Jair, um dia o senhor será um homem comum. E tantos outros homens comuns estarão cruzando no seu caminho. E apesar do nome, nenhum outro “Messias” fará o milagre de o defender.

ALERTAS DO DIA

  • O excesso de pré-candidatos à prefeitura de Maceió acaba por prejudicar as possibilidades da escolha sensata por parte dos eleitores e até por atrapalhar a “performance” dos que tenham reais possibilidades de vencer.
  • As televisões estão mostrando que o trânsito em Maceió está cada vez mais intenso e complicado, ainda que estejamos com meia quarentena. Imaginem os senhores quando as aulas voltarem ao normal.
  • Uma das maiores fontes de renda de pessoas que estavam em situação de risco e de baixa produtividade foi a de confecção de máscaras. Uma espécie de supercooperativa espontânea e informal foi sendo montada em todo o país.
  • Um novo risco do “coronavírus” e que vem sendo apontado em alguns lugares do mundo é a possibilidade da re-infecção, o que era descartado. Para que se tome mais cuidado. Principalmente os que já passaram pelo susto.

PARE PRA PENSAR

Com o dever cumprido durma em paz. E acorde logo para continuar cumprindo.              

Categorias

ARTIGOS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s