Ir para conteúdo

COLUNA BARTPAPO

Coluna BARTPAPO com Geraldo Câmara– Tribuna Independente -17-07-2020

ATÉ A ALEGRIA TEM MEDIDA

                          A entrada de Maceió na faixa amarela, aliás o nome diz, amarela é sinal também de atenção, precisa ser muito bem chegada e melhor ainda recebida já que o povo está trancado sem diversão e praticamente sem comércio desde março deste ano. A pandemia provocou uma situação inusitada fazendo com que brasileiros e falando de nós maceioenses, vivêssemos uma experiência inédita como eu gosto de brincar: “trancados em prisão domiciliar sem tornozeleira”. O sem tornozeleira demonstra a necessidade que todos temos em exercer a responsabilidade total sabendo como sair porque ao fazê-lo sem todas as precauções estaremos dando margem a que esse terrível intruso meta-se onde não é chamado.

            A introdução foi para nos referirmos ao fato de que, com tantas coisas já abertas e funcionando ainda que com protocolos os mais exigentes, os bares e restaurantes também abrirão nesta segunda-feira próxima e aí pode residir o maior perigo uma vez que eles, meninas dos olhos de tantos, sobretudo dos jovens, devem ter suas novas regras e protocolos sanitários absolutamente respeitados. As pequenas ou grandes aglomerações podem começar por aí e neste caso os proprietários dos estabelecimentos devem estar bastante instruídos para não permitirem que seus clientes rompam a barreira do que pode e do que não pode. Se isto não acontecer e os resultados começarem a se mostrar negativos, sem dúvida o governo retroagirá em sua decisão prejudicando gregos e troianos.

           Aqui fica como exemplo a chamada de atenção para esta fase amarela dos bares e restaurantes porque eles estavam ansiosos por voltarem a uma vida quase normal como irá acontecer. Claro que seus espaços serão diminuídos, que seus clientes deverão ser em número menor, que seus faturamentos não serão os mesmos, mas tudo fará parte de um recomeço profundamente importante para a economia local e para a subsistência de um grande número de trabalhadores que não pediram para parar.

           E então aqui fica nossa mensagem de estímulo e de alerta. Aos empresários do setor para que cumpram a lei e agradeçam por estarem reabrindo. Aos consumidores que freqüentem dentro das novas regras e ajudem a salvar vidas e ao mesmo tempo a permitir que todos trabalhem dentro da maior segurança e tranqüilidade. Lembrando sempre que, sobretudo nesta época, até a alegria tem regras e medidas.    

ALERTAS DO DIA

  • Assisti a uma “webinar” com Otávio Lessa, presidente do TCE-AL, Rafael Brito, Secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo e outros.   A reunião entusiasmou pela visão holística dos debatedores.
  • E por falar no neologismo “webinar” que nada mais é do que uma reunião “on line” em cima de vários temas de interesse há que se tomar cuidado também com os arremedos que infestam a internet com essa fantasia.
  • Muito feliz em estar escrevendo neste jornal quando ele completa 13 anos de sua retomada pelos jornalistas em formato de cooperativa. Eu sou um aficionado.

PARE PRA PENSAR

Saber ceder com justiça nas questões pessoais é mostrar altruísmo na relação.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s