Ir para conteúdo

coluna BARTPAPO 13-03-2020

Tribuna Independente 

PANDEMIA PSICOLÓGICA E PERIGOSA

                      Sem dúvida, o mundo está vivendo sim, uma pandemia. A tradução é o nome que se dá a uma epidemia quando ultrapassa as fronteiras do seu país de origem e se espalha por outros países ou regiões. Até aí é entendível e muitas providências precisam e estão sendo tomadas para controlá-la.

O que nos leva, no entanto a este escrito é o outro tipo de pandemia que paralelamente se instala junto e com a original. A pandemia do pânico, a pandemia psicológica e de mudanças de hábitos sociais além da pandemia econômica que, verdadeira ou não, espalha-se como rastro de pólvora, contamina da pequena à macro-economia e provoca instabilidade de diversas modalidades no equilíbrio econômico mundial. É este equilíbrio que permite com que economias de países os mais diversos, dos maiores aos menores controlem suas performances e se mantenham na balança comercial mundial com a dignidade que lhe permite.

Com o excesso de informações negativas e no caso a pandemia verdadeira, os mercados perdem o fiel da balança e desajeitam todo o mundo refletindo-se na atividade das bolsas de valores, na flutuação do câmbio que, principalmente com o dólar mostra reações que beneficiam, no caso do Brasil, as exportações e desequilibram as participações dos investidores internacionais.

Nem sou “expert” nem pretendo dar aulas de economia por aqui, mas posso com certeza deixar claro que o “psiqué” das pessoas acaba por influenciar  decisões que vão das pessoais até às corporativas diminuindo obviamente as ações do PIB e com isso colocando países inteiros em disponibilidade para “craks” indesejáveis.

E aí perguntam os leitores: Tudo isso por causa de um vírus? Claro! Um vírus que cria o medo, o pânico,  o impedimento ao trabalho; diminui a produtividade, concede espaço à recessão.

Agora imaginem que o Brasil com cerca de cinquenta casos já começa a viver todos esses problemas. E o que diremos da China, hoje a maior fornecedora de materiais, principalmente os eletrônicos, do mundo? O que diremos dos países que têm o turismo como mola propulsora e são obrigados a fechar fronteiras, fechar o próprio país, como está sendo o caso da Itália?

Infelizmente a pandemia existe e está aí. Precisamos encará-la, não ignorá-la, mas enfrentá-la, sim. Com coragem, com determinação, deixando de lado os problemas que sejam puramente psicológicos e encarando com realidade os que sejam visíveis e vulneráveis. Caso contrário, não teremos  nenhuma perspectiva no que pode se transformar o mundo, pandêmico de vírus e pandêmico de pânico.

ALERTAS DO DIA

Só um alerta mesmo: o ministro da Saúde informou sobre a negociação com o Legislativo para liberação de até R$ 5 bilhões para ações de enfrentamento ao coronavírus.

PARE PRA PENSAR

O amor oscila a cada minuto e como relógio antigo precisa sempre dar corda.

Categorias

OUVIDOR GERAL

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s