Ouvidor Geral 03-09-2018

voto

SOU CANDIDATO

Nessa época em que o país está comprometido com a eleição de um novo presidente, de 27 governadores, de mais de 500 deputados federais. de aproximadamente 600 deputados estaduais e de 40 senadores a escolha fica cada vez mais difícil para o povo de um modo geral, decepcionado com todos os males que assolam o país e, agora, mais ainda, por não encontrar propostas condizentes para os cargos eletivos, para o ressurgimento de um país mergulhado na lama, na improbidade e na insegurança. Faltam educação e saúde para os nossos filhos, para os idosos, para todos nós apesar de a constituição garantir esse direito. Vimos e ainda estamos vendo desmioladas ações que a nada levam e que ainda perturbam mais ainda o dia a dia do cidadão. Esperar por um candidato milagroso ou candidatos que possam fazer uma revolução, não de armas, mas de métodos e sistemas é por demais utópico. É chegada a hora de um protesto generalizado, talvez sufragando nas urnas os menos conhecidos, os que não têm ficha suja nem em andamento, os que podem dizer ao sistema que tudo está errado e que ninguém pode prometer consertar nem em médio prazo. É preciso um choque de princípios contra os desajustes sociais, profissionais, econômicos e políticos e uma enorme discussão pública sobre cada item necessariamente passivo de reforma. O Brasil tem jeito e sou candidato. Sou candidato a ver ainda grande parte disso acontecer. Sou candidato a ver de volta a credibilidade do brasileiro. Sou candidato a aplaudir os verdadeiros propósitos quando existirem. E finalmente sou candidato a ver a consciência, a minúcia, a vontade de saber escolher do povo brasileiro. Se tudo isto acontecer estarei eleito para um Brasil melhor.

DESTACÔMETRO

ANA HORA 2

O destaque vai para a vereadora de Maceió e empresária Ana Hora que, por conhecer bem através de suas empresas os problemas sociais e também através da ONG da HORA tem tido um comportamento enquanto vereadora comprometido com as classes menos privilegiadas.

 PÍLULAS DO OUVIDOR

Estou escrevendo esta coluna com a televisão ligada num programa de gastronomia que dá vontade de levantar, jogar tudo pro alto, ir para a cozinha e, claro, não acertar nada…porque eu sei comer! Cozinhar é com dona Vanessa.

Mas por falar nisso, Alagoas emplacou quatro chefs no Master Chef, mas só ficaram dois. Um deles, muito amigo da família, Paulo Quintela agradou em cheio com seu ar displicente e calmo. E assim vai galgando posições. Parabéns, Paulo.

Ninguém esperava que o sisudo ministro Fachin votasse a favor da permanência de Lula na disputa eleitoral para presidente. Num placar de 6×1 o voto de dele era aguardado para uma unanimidade. Não aconteceu. Coisas do jurídico.

E a propósito de disputa, parece que no Jornal Nacional a disputa não é entre candidatos mas entre os apresentadores e os presidenciáveis. Bonner e Renata  parecem estar num ringue e atacam furiosamente sem pena nem piedade.

Eles estão sem “desconfiômetro” já que ainda não entenderam que o povo brasileiro quer ouvir quem tem propostas concretas e que propostas serão essas. Elas não aparecem, o tempo se esgota e a baboseira toma conta de tudo e de todos.

Em compensação, as Redes Sociais também estão esbanjando “fakes” para todos os lados criando também a idéia de uma contra propaganda, já que não se sabe no que se pode confiar em termos de informação eleitoral.

Enfim, na verdade, não se sabe o que vem por aí. O internauta e o telespectador estão sendo totalmente bombardeados sem que possam formar uma opinião sobre esse ou aquele candidato. E a tal história famosa do tiro saindo pela culatra.

Está se falando muito em cultura da paz. Muito interessante, o discurso é ótimo mas a prática tem que ser para todos. A vontade pela paz tem que crescer no coração das pessoas porque este mundo está absolutamente carente dela.

Espero sinceramente que o Brasil caminhe por novos rumos, mas que novos dirigentes saibam que não somos um povo belicoso, que não amamos as guerras apesar de estarmos vivendo em alguns estados verdadeiras guerras civis.

raymundo palmeira

O advogado criminalista Raymundo Palmeira (foto) quando passa pelo nosso Bartpapo dá um show enquanto entrevistado. Vale a pena conferir hoje, segunda, 03, o que disse o nosso amigo naquela entrevista na TV Mar. 13:30h e 19:30h.

ABRAÇOS IMPRESSOS

Karine e Patrícia

Os abraços vão para as abnegadas advogadas, Karine Brandão e Patrícia Nobre que defendem com unhas e dentes os direitos da mulher, empunham a bandeira e atacam tudo e todos que pratiquem violência contra mulheres. Certíssimas.

       

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s