OUVIDOR GERAL: Como vencer na vida fazendo uma baita força

Esse é o grande problema do sucesso. O que vem de mão beijada, o que vem por pura sorte, o que cai do céu ou o que vem de meios duvidáveis, esse não vale nada e vale muito para quem não sabe o que é lutar, brigar por ele e conquistar a duras penas, com os neurônios funcionando a todo o vapor para que a peteca não caia das mãos. Há quem tenha sucesso, fama, construa uma vida de bem, seja reconhecido, mas nunca consegue fazer fortuna ou nem mesmo uma situação financeira estabilizada. Serão sonhadores? Serão incompetentes? Ou estarão sujeitos ao chamado destino e não souberam lutar com o foco devido visando não só o reconhecimento, mas também a tranquilidade que a velhice haverá de pedir. O Brasil, por exemplo é um país que, principalmente agora, vem demonstrando que, com raras exceções, os afortunados estão entre os que aprenderam os golpes, as tramas subterrâneas, a politicagem barata, a corrupção com e entre órgãos públicos e empresas privadas. Muitos outros brigaram pela vida e por suas empresas como manda o figurino, mas sofreram e ainda sofrem nas mãos dos que detêm qualquer tipo de poder. E o poder não é só obrigatoriamente o financeiro, mas o influente, o descaradamente pidão; o que não dá importância à competência, mas se importa e muito com que o semelhante lhe possa dar, seja sob a forma de votos ou seja sob a forma de retorno de todos os tipos, incluindo o financeiro. Os que conseguem superar obstáculos e vencer na vida sem favorecimentos, sem propinas, sem interferências, raros são. E é deles que precisamos obter o melhor dos proveitos aprendendo sempre “como vencer na vida fazendo uma baita força”. Uma guerra de empenho, de coragem e de amor próprio. Quase utópico.


PEDRO D. PINTO

DESTACÔMETRO

O destaque vai para o jovem advogado Pedro Duarte Pinto que acaba de lançar o livro Presidencialismo à Brasileira um profundo estudo comparativo entre regimes similares no mundo e que leva o honroso prefácio do Ministro Luiz Fuchs.

PÍLULAS DO OUVIDOR

Impressionante como as emissoras de televisão, sobretudo as a cabo adotaram a gastronomia como fator de audiência. E realmente o é. Parece uma febre que faz com que cada um em suas casas queira se transforma em “master chefs”.

Um dos aspectos interessantes dessa revolução gastronômica televisiva é a participação real e aberta dos homens e a enorme quantidade de reformas em apartamentos com a construção das chamadas “cozinhas gourmet”.

Um outro tipo de programação que volta às emissoras décadas depois é dos “games” e a de “perguntas e respostas”. Sucessos nos anos 50 a 70, voltaram com força total e dentro da alta tecnologia existente ficaram muito mais atraentes.

Gente da TV com altos índices de audiência como é o caso do apresentador Luciano Hulk aderiram à especialidade televisiva e deixam os telespectadores na beira dos sofás torcendo por candidatos e candidatas que derramam nervosismo.

Comprei uma tal de Antena Digital que prometia milagres na imagem digital e o fiz para uma pequena televisão que uso em escritório doméstico fora do cabo. Demorou seis meses para a entrega e quando chegou é igual a qualquer outra.

Quem manda ser idiota e acreditar nos chamados “milagres tecnológicos”? Ainda acabei recebendo puxões de orelhas dos filhos, muito mais”antenados” do que eu, por fazer compras na “internet” através de sites não confiáveis.

Empresas alagoanas Norvinco e Prisco, que participaram do programa de Gestão da Inovação da Fiea/AL, também finalistas no Prêmio Nacional de Inovação foram convidadas para compor a publicação “Casos de Sucesso em Inovação”.

De 7 a 11 de maio os cursos superiores tecnológicos de Turismo e Hotelaria do Ifal Campus Maceió realizam atividades integradas na Semana de Turismo e Hospitalidade em comemoração ao Dia Nacional do Turismo (08 de maio).

Triste, muito triste, o incêndio no prédio no Rio de Janeiro que acabou desabando e fazendo vítimas entre os moradores. Mais triste ainda sabermos que as autoridades e bombeiros permitiram o pardieiro elétrico que lá existia.

A nossa querida companheira de jornalismo e de jornal, Gigi Aciolly (foto) fez parte do nosso Almoçando com a Notícia deste último fim de semana na TV Mar e interagiu com os assuntos que compuseram aquele programa. Competentíssima.

GIGI ACIOLY

ABRAÇOS IMPRESSOS

Os abraços impressos vão para o Coordenador da Lei Seca, Tenente Emanuel Costa e para Renolfo, funcionário do Detran porque deram um show de defesa da Lei Seca com demonstrações do funcionamento do bafômetro. Próxima quarta no Bartpapo.

EMANUEL COSTA E RENOLFO

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s