O hospital

Meninos, vou lhes contar um caso que eu assisti num tal de Pronto Socorro.

E foi assim que conheci, que triste sina,

um outro lado gozado desta nossa medicina.

Lá vem sirene tocando, estudante levantando, ôpa, ôpa está chegando.

 Anda logo seu pixote que aí vem mais um pacote.

Cutuca o bicho, seu moço, que é pele em cima do osso.

Leva pra radiografia, telefona para um parente.

Deve ter alguma tia que ficou para semente.

Vai precisar de cirurgia… Apronta a sala depressa senão ele não sai dessa.

Sai da frente vagareza, arranja outra enfermeira.

Vagareza já não serve, pois tem que ser mais ligeira.

Depressa, o elevador.

Que é isso, caro doutor? Desde quando elevador neste hospital funcionou?

Mas isto é uma emergência

e o doente vai pifar só por falta de assistência.

São apenas vinte andares para subir pela escada

e quando chegar lá em cima,

doente não tem mais nada.

Anda, corre, atropela, é luz vermelha acendendo,

é bisturi já fervendo, parece até que é besteira

mas é muita bandalheira.

E lá vai o doutor subindo, cansado, sofrido, abatido,

explodindo o aparelho chamado respiratório,  

quando aparece a enfermeira, na mão um supositório, faceira, pinta de miss:

“Doutor, o que faço com isso?”

Ele disse!

Mas eis que finalmente vai começar a função.

Na sala está tudo pronto pra fazer a operação.

Médicos, enfermeiras, tudo decente, uma grande eficiência.

Único problema é o paciente já perdendo a paciência.

Ah! Está perdendo a paciência?

Então sorria!  Vem aí a anestesia

e vais perder a consciência.

Muito bem, chegou a hora. Amigo, vai ser agora.

Por favor, o instrumento… Doutor espera um momento…

Vai de pinção ou quer mesmo o violão?

Meu Deus, eu vou dar um hurr!

Em que Escola de Enfermagem se formou esta burra?

Passa logo o canivete.Não tem ? Então me dá a gilette.

Corta aqui, corta acolá, não tem mais onde cortar.

Jorra sangue, corre sangue, não tem mais donde jorrar…

Meu Deus, lá vem agonia, me dá uma rolha agora pra parar a hemorragia!

Ei, ei, doutor… Olha só o resultado que deu da radiografia!!!

Mas então está tudo errado e o que eu vi lá em baixo foi resultado trocado?

E este pobre cidadão não está mesmo com o apêndice supurado?

Não, doutor!

Este cara só veio aqui

para trazer um recado!!!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s