45 músicos de Alagoas se unem em concerto para criar a maior orquestra filarmônica do Estado

No mundo inteiro, um dos principais indicadores do nível cultural de um Estado é sua capacidade de contar com uma orquestra sinfônica (mantida com verbas governamentais) ou filarmônica (quando a orquestra é mantida com verbas de empresas privadas ou apoiadores individuais).

Em meio à crise da Orquestra Sinfônica Universitária (a OSU, da Ufal), que sofre como outras em todo o país com o corte de financiamento e bolsas do Governo Federal, um grupo de 45 músicos no Estado se uniu em cooperativa para montar a maior orquestra filarmônica de Alagoas, com as primeiras apresentações já agendadas para o dia 28 de julho, em Arapiraca, e 2 de Agosto, no Teatro Deodoro, com ingressos a R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia, veja serviço abaixo).

“Com essa união para a criação de uma filarmônica, teremos mais flexibilidade para captar recursos, participar de editais e manter uma programação de ensaios e concertos que garantam um padrão mínimo de estrutura para a manutenção de uma orquestra”, diz Thiago Amaral, contrabaixista que lidera a cooperativa. “Não queremos concorrer com nenhuma outra orquestra, queremos apenas criar uma alternativa para músicos talentosos no Estado que sequer têm hoje onde tocar”.

Thiago explica que o próprio governo do Estado, por meio da Secretaria Estadual de Cultura, já sinalizou possível apoio para orquestra que hoje ensaia no Complexo Cultural anexo ao Teatro Deodoro com apoio da Diretoria de Teatros do Estado de Alagoas, o Diteal. “Esse apoio foi essencial para garantir um espaço fixo para os ensaios dos primeiros concertos”, diz Thiago.

Ainda de acordo com o músico, as primeiras apresentações da orquestra em Arapiraca (28) e Maceió (2 de agosto) contarão com um programa variado, que inclui desde aberturas clássicas de Beethoven, Strauss, Ravel, Fauré e outros grandes compositores, ao rock de  Led Zeppelin, The Beatles e Queen, chegando ao universo contemporâneo da música portuguesa e da música produzida em Alagoas, mais especificamente, do compositor e diretor musical Willbert Fialho.

Sob a batuta do Maestro Luiz Martins, recém-chegado do Mestrado em Portugal, a Filarmônica contará ainda com participações especiais de cantores, músicos e diretores musicais como Irina Costa, João Paulo (Banda Mopho), Félix Baigon, Willbert Fialho, Alessandro Arú (Messias Elétrico), Maglione Santos e Ricardo Resende.

Se os músicos locais já fizeram a parte deles, resta saber agora se o público alagoano fará também a sua, lotando os concertos e dando o primeiro passo para provar que Alagoas pode, sim, ter sua própria orquestra filarmônica com calendário anual de apresentações e apoio dos ouvintes.


SERVIÇO:

Concerto: ORQUESTRA É O MAIOR BARATO!

Quando: dia 2 de agosto de 2017 às 19h30h.

Onde: Teatro Deodoro

Ingressos: R$ 20,00 inteira e R$ 10,00 meia entrada.

Pontos de venda: – Bilheteria do Teatro Deodoro (82) 3315-5656 – Stand Viva Alagoas (Maceió Shopping) (82) 9 8122-5500 

VENDAS ONLINE:  

http://www.compreingressos.comhttp://www.diteal.al.gov.br

Informações: (82) 9 9444-6228  e (82) 9 93816666

Fonte: http://www.agendaa.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s