Lembro-me…

…de ter participado como compositor de um Festival de Frevo, na cidade do Recife, no Clube Português, em 1969, por insistência e desafio de um primo que morava lá. Entrei, de brincadeira, nunca tinha feito um frevo, fiz e dei o nome de “O amor existe”. No resultado final, fiquei em segundo lugar. Acho que ganhei o Festival porque o primeiro lugar foi conferido ao glorioso Capiba.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s