SERIA MUITO PRESIDENTE PRO GOSTO DA GENTE

Em artigo anterior já havia colocado a questão, antes do julgamento da chapa Dilma/Temer. Sou sempre a favor de que o desrespeito com o patrimônio do povo seja punido e bem punido. E ainda dizia que se o presidente Temer fosse culpado deveria cair sim. No entanto, e é a questão que coloco agora, o Brasil vive a sua pior crise institucional, perdendo sua identidade nacional e internacional e, a duras penas, vem tentando superar alguns aspectos econômicos para que o barco não afunde de vez. E, isto, com o Ministro Meirelles, vem sendo conseguido, em pílulas, é verdade, mas pelo menos permitindo que ainda alguns investimentos estrangeiros sejam feitos no país. Agora, imaginem se o Temer saísse neste momento. Teríamos 30 dias de presidência provisória com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia que, por sua vez convocaria o congresso para promover a eleição de um novo presidente, sabe-se lá quem e que também teria a missão de presidir eleições diretas daí a 1 ano, mais ou menos. Ou seja, no espaço de um ano e meio teríamos 3 presidentes e 1 eleito. Isso é brincadeira de “faz de conta” e este sacrificado Brasil não aguenta mais nenhum tipo de brincadeira. Por isso, e só por isso, preferi que tudo continuasse do jeito que está para impedir que outras enormes – e só Deus saberia o tamanho – crises acontecessem sistematicamente no país. Melhor ficar com uma só e se preparar para dar ao Brasil o melhor que se puder em termos de um presidente eleito pelo povo em 2018. Mas, se o TSE tivesse condenado a chapa em julgamento, seria muito presidente pro gosto da gente!

VANESSA CÂMARA

DESTACÔMETRO

O dia é nosso. Mas o dia é muito dela. Minha eterna namorada. Amor de minha vida. Companheira real de todos os momentos, na luta e na vitória. O destaque de hoje, dia dos Namorados, só podia ser para ela. Minha Vanessa!

PÍLULAS DO OUVIDOR

A ação do governo do estado tem sido irrepreensível no que diz respeito às inundações e ao tratamento dado aos que necessitam. No entanto, não dá para admitir os erros absurdos de informações dadas por determinados municípios.

O governador, de boa fé, recebe os dados considerados como corretos a princípio cerca de 39 mil desabrigados e desalojados, consegue 13 milhões do governo federal e o número real cai para pouco mais de mil. É de estarrecer.

E aí, decentemente, o governador quer devolver o dinheiro pedido e tentam convencê-lo a utilizar essa verba federal para minorar os estragos materiais. Tudo bem, mas a verba não veio marcada para os desabrigados?

Ainda bem que o governador tem equilíbrio e bom senso e saberá resolver o enorme problema sem que cometa nenhum tipo de improbidade. E, até acho que, se for permitido por lei, a aplicação nos estragos chega em boa hora.

Um exemplo, tivemos agora na Cruz Vermelha com uma doação que chegou dos Correios com materiais absolutamente novos incluindo roupas, sapatos, tênis, agasalhos e também materiais eletrônicos e de decoração de valor alto.

A solução, com autorização do diretor dos Correios e dentro da legalidade, será a de separarmos os ítens que nada têm a ver com a situação, montar um bazar e transformar o produto em cestas básicas para essa população que precisa.

Em continuidade às celebrações pelo centenário do samba, comemorado em dezembro de 2016, chega a Maceió o musical “Cartola – O Mundo É um Moinho”, nos dias 08 e 09 de julho. As duas sessões acontecem no Teatro Gustavo Leite.

Um gerador de energias renováveis que utiliza de forma híbrida a energia do vento, do gás natural e da luz solar, criação de estudantes de Eletrotécnica do IFAL que ganhou o primeiro lugar na competição de ideias inovadoras do Ifal AvantIF.

Mais de 500 candidatos realizaram ontem, as provas do concurso público da  Algás.  O processo seletivo se destina à contratação de dois analistas de processos organizacionais para a área jurídica da Companhia.

São 25 anos de Bartpapo que começou sua trajetória em 1992 na em João Pessoa e ininterruptamente, com passagens por Natal, Buenos Aires e em Maceió há 20 anos. Na foto desbotada, tirada do arquivo, o ex-governador da Paraíba, o grande poeta e meu saudoso amigo pessoal, Ronaldo Cunha Lima.

RONALDO CUNHA LIMA.jpg

ABRAÇOS IMPRESSOS

Os abraços impressos vão para a presidente da Associação Brasileira de Mulheres de Carreira Jurídica, filial Alagoas, Marilma Torres, uma competência a serviço do judiciário alagoano.

MARILMA TORRES

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s