Bartpapo 17.08.2019 (Alberto Cabús, Marcão, Vilma Nóbrega e Melina Freitas)

Anúncios

Ouvidor Geral 12-08-2019

                                     REDUÇÃO DA MAIORIDADE PENAL

         Não é só com a redução da maioridade penal de 18 para 16 anos que vai se resolver o crime no Brasil com a utilização de menores para que não cumpram as penas que deveriam cumprir. Afinal de contas, hoje a coisa está tão feia que não existe mais idade para a prática de delitos em todos os níveis. Quantos meninos e até meninas com 12 anos, às vezes menos, estão aí nas ruas disseminando a violência, roubos, furtos e até mesmo assassinatos sob a tutela dos verdadeiros criminosos! A rede juvenil ou infanto-juvenil está escalada e atuando em diversas áreas do crime, seja como pombo correio no tráfico seja nos crimes mais graves sob a guarda dos adultos que assim se livram de suas penas. Na verdade, acho que o menor infrator deveria ser visto como infrator, talvez com penas estudadas e distribuídas por níveis de crime, em regimes fechados, mas com disseminação de educação e ressocialização real. mas nunca enxergado como aquele que sai da sociedade por três anos no máximo, sem nenhum tipo de orientação para uma vida futura porque voltará mais criminoso do que antes e continuará como um pária da sociedade. Portanto, vamos rever, não a maioridade penal colocada e estimulada pelo presidente neste momento, mas penas a serem impostas a pequenos mas não menos criminosos e em todos os segmentos da sociedade.

DESTACÔMETRO

MELINA FREITAS

O destaque vai para a Secretária de Estado da Cultura, Melina Freitas que, já em sua segunda gestão, tem demonstrado capacidade e sensibilidade para o exercício do cargo contribuindo para o fortalecimento da cultura em nosso estado.

PÍLULAS DO OUVIDOR

A corrida por cadeiras em todos os níveis não pára. Ainda bem longe da eleição presidencial, Rodrigo Maia, o presidente da Câmara ataca todas as vezes que pode o morador do Planalto. Agora, diz que ele, o “presidente é produtos dos nossos erros”.

Em que pese o fato de que não estou defendendo o presidente, mas comentando apenas o fato das agulhadas que visam eleições ainda distantes gostaria que Maia fosse mais claro e dissesse onde, nós pobres mortais, estamos errando.

Se for por conta do voto, me eximo dele, mas a grande maioria do povo brasileiro não tem sabido votar, realmente. Muito menos por ignorância eleitoral e muito mais pelas manobras de campanha e de personalidade que se apresentam.

Rodrigo Cunha provocou o debate com o Ministro do Meio Ambiente que deu o que falar esta semana:  o monitoramento do desmatamento da Amazônia e a criação de um novo marco regulatório para a segurança privada.

A avaliação e o monitoramento do Plano Estadual de Educação (PEE) em relação à formação, valorização e carreira dos profissionais da área serão discutidos hoje, segunda, 12, durante sessão especial da AL proposta pela deputada Jó Pereira.

Novos projetos e ações em um café da manhã para empresários. É essa a proposta do Café CINtegra, promovido pela Federação das Indústrias do Estado de Alagoas (Fiea), para amanhã, terça-feira,13, a partir das 8h30 na Casa da Indústria.

Inscrições abertas para a 16ª Mostra Alagoana de Dança. O edital, lançado pela Secult visa promover e estimular a dança em seus diversos estilos. Ao todo, 40 grupos serão selecionados para participar do evento. Até 10 de setembro.

Crianças de seis meses a um ano de idade com destino para municípios em situação de surto ativo do sarampo no país devem ser vacinadas contra a doença, no período mínimo de 15 dias, antes da data prevista para a viagem.

Atualmente, 39 cidades em três estados brasileiros se mantém com surto ativo, ou seja, com crescimento do número de casos confirmados da doença. São eles: São Paulo, Pará e Rio de Janeiro. 

ALBERTO CABÚS

O diretor-secretário da Federação das Indústrias, Alberto Cabús (foto) tem uma enorme lucidez a respeito do papel da indústria em nosso estado corroborando a tese de que o crescimento industrial acontece dentro dos limites da nossa vocação.

ABRAÇOS IMPRESSOS

WILMA NÓBREGA E MARCÃO

Os abraços de hoje vão para o Marcos Assunção por mais uma edição do Prêmio Selma Brito e para Wilma Nóbrega, Superintendente do Arquivo Público como uma das justíssimas homenageadas com o prêmio em questão.

Ouvidor Geral 05-08-2019

QUEIMANDO NOMES

A pressa, às vezes, pode prejudicar profundamente um projeto político, se o tempo, o “timing”, não for respeitado neste tumultuado mundo da política. Por outro lado, o tiro no escuro, o lançamento de pseudo candidaturas tem o propósito, na maioria das vezes, de queimar um ou outro nome, já que o desgaste começa quando é ventilado publicamente. Por incrível que possa parecer a faca tem dois gumes: uma provocada pelo próprio candidato a candidato que gosta de ver seu nome estampado sem saber que, com isso, pode estar dando munição aos adversários. Existem exceções, é claro, quando é preciso trabalhar este nome com antecedência para a construção ou revelação de sua imagem que, por força de seu trabalho, não teve o destaque necessário. Por outro lado, o outro gume da faca é, exatamente, o que é provocado pelos outros candidatos com a finalidade precípua de provocar situações que o afastem da pretensão. Tudo isso já está acontecendo visando as eleições para prefeito no próximo ano de 2020. A fogueira das eleições  já começou com a burra antecedência como sempre.  Imagine  que nomes já ardem nas chamas e, com a fumaça, se esvaem pelo ar.  Quem tem consistência real sempre vamos ver depois.

DESTACÔMETRO

MARCOS ALENCAR

O destaque vai para o competente Gerente de Atendimento Empresarial do SEBRAE,  Marcos Alencar, meu amigo de muitos anos. Profissional de primeira linha serve aquela instituição há mais de vinte anos. Talento bem aproveitado.

PÍLULAS DO OUVIDOR

O Tribunal de Contas do Estado de Alagoas e a Escola de Contas Públicas realizaram a 1a. Jornada Itinerante de Formação e Aperfeiçoamento Intermunicipal, na cidade de Arapiraca. Mais oito  cidades no roteiro até o final do ano.

O evento é realizado em parceria com o Tribunal de Contas da União, a Receita Federal, a Comissão de Direito Administrativo da OAB/AL, o SEBRAE e a União dos Conselhos Municipais da Educação – UNCME.

A Jornada é dirigida aos Gestores Municipais, Presidentes de Câmaras, Secretários, Controladores Internos, Servidores Públicos, Conselheiros de Educação e a todos que buscam aprofundar seus conhecimentos na gestão pública.

A presidente do Conselho Regional de Administração de Alagoas, Jociara Correia, comunicou a realização de um Workshop de Gestão Pública, quando será apresentada a ferramenta “Índice de Governança Municipal (IGM-CFA)”,  Dias2 e 3 de setembro, em Maceió.

Baseado em fatos políticos e menos técnicos o presidente Bolsonaro diz que está chegando a hora de privatização dos Correios. Independente dos motivos havemos de concordar que os Correios estão pisando na bola há muito tempo.

Já começa a me lembrar dos velhos Correios dos meus tempos de menino quando uma carta na mesma cidade às vezes demorava até um mês para chegar ao destinatário. Desmanchou muito namoro naquela época.

Essa questão de desmatamento da Amazônia é muito antiga. Este colunista em 1969 como editor da Revista Mar fez uma reportagem de capa denunciando a ocupação da Amazônia em todos os sentidos.com o título “Amazônia quer solução nacional”.

Na época 80% da margem esquerda do Rio Negro já pertencia a americanos e contrariando a lei a hiper empresa “Betlhem Still” tinha 51% ´pertencente a um grupo estrangeiro. O que não podia.

Tudo isso é uma coisa antiga cujos reflexos estão ai, nunca foi ignorada pelo Brasil, mas na verdade a venda nos olhos sempre valeu mais do que olhar a verdade de  frente e buscar as soluções. Agora, nem sei como está. Será que o INPE sabe?

LUCIANA CAETANO

Quando penso em discutir economia no Bartpapo imediatamente me vem à tona o nome da economista Luciana Caetano (foto). Além do papo informal em tema tão profundo ela acerta sempre na mosca. É só conferir as entrevistas anteriores.

ABRAÇOS IMPRESSO

GEOBERTO E MÁDALA

Esses abraços são muito especiais. Quase só o Geoberto Espírito Santo vem aparecendo nesta coluna. E Mádala Arecipo onde fica? A esposa fica hoje aqui recebendo nossas homenagens em nome deste casal tão querido.

Ouvidor Geral 29-07-2019

                                       NO BRASIL EXISTE IDEOLOGIA POLÍTICA?

O país tem mais de trinta partidos e aí vem a grande pergunta: como é que podem existir tantas ideologias, tantas razões de ser para que partidos sejam fundados, a não ser que sejam grandes negócios, tanto políticos, como financeiros? E, por que não? O caminho que está sendo mal seguido deve ser este. Uma estrada que não é percorrida pelo povo e que simplesmente faz com o que o povo siga comprometimentos dos quais não compartilha e não sabe compartilhar. Houve tempo em que o Brasil tinha o comunismo, o integralismo, o trabalhismo, o socialismo. Algumas ideologias, discutíveis ou não, mas que traçavam fronteiras nítidas entre os poucos partidos da época. Hoje não se sabe nada, não se encontram fundamentos ideológicos e até mesmo proposições, com raras e honrosas exceções. Como tentar, então, fazer com que a população aprenda a votar, busque entender a complexidade política e saiba escolher entre tantos joios e trigos que existem por aí? Difícil, muito difícil, porque a identidade política do país ainda não foi configurada e as gerações mais recentes ainda buscam por essa identidade como se perdidos ainda estivessem nas estradas, “sujas” ou não. Vamos crescer, vamos somar, vamos encontrar os caminhos políticos deste país. É o que desejamos para esta e para as próximas gerações.

 DESTACÔMETRO

ELIANA CAVALCANTE

O destaque da semana vai para a grande bailarina e escritora Eliana Cavalcante que, nesta última qualidade é uma das imortais da Academia Alagoana de Letras. A instituição de cultura que celebra em novembro cem anos de fundação.

PÍLULAS DO OUVIDOR

As últimas eleições presidenciais demonstraram o que dissemos no artigo principal desta coluna quando houve uma grande radicalização em torno de dois candidatos mas não em torno de ideologias firmadas como tal.

Foram discussões dramáticas em cima de personagens e de um partido não por posições ideológicas, mas por um problema político que envolvia um ex-presidente preso. Uma briga falsa entre honestidade e desonestidade.

A presidente do Conselho Regional de Administração de Alagoas, Jaciara Correia  e um membro do Conselho Federal de Administração (CFA), Ediberto Omena, visitaram o presidente do Tribunal de Contas do Estado de Alagoas.

A visita a Otávio Lessa teve como objetivo comunicar a realização de um Workshop de Gestão Pública, quando será apresentada a importante ferramenta “Índice de Governança Municipal (IGM-CFA)”, nos dias 2 e 3 de setembro.

Final deste primeiro semestre do mandato de senador e Rodrigo Cunha tem percorre diversos municípios de Alagoas vendo de perto os problemas que afetam as cidades alagoanas, e ouvindo a população sobre as demandas mais urgentes.

Desde a última segunda-feira, o senador Rodrigo já visitou seis cidades: União dos Palmares, Murici, Rio Largo, São Miguel dos Campos, São Luís do Quitunde e Maragogi fortalecendo a relação com os moradores daquelas cidades.

A obesidade volta a crescer no Brasil, é o que aponta a Pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Sobre esse índice, houve aumento de 67,8% nos últimos treze anos, saindo de 11,8% em 2006 para 19,8% em 2018.

17,9% da população adulta no Brasil fazem uso abusivo de bebida alcoólica. As mulheres apresentaram maior crescimento em relação aos homens no período de 2006 a 2018. Por que será que elas bebem mais? Boa pergunta.

Segundo o Mastercard no Global Destination Cities Index, o Brasil ocupa o 17º lugar, estando entre os 20 destinos que mais impulsionam o turismo no mundo. O país vem logo atrás da Argentina, únicos mercados sul-americanos na lista. 

ROSTAND E DIÓGENES

Minhas homenagens a esses dois “imortais” também membros da Academia Alagoana de Letras, Rostand Lanverly, seu presidente (foto) e o mais novo em idade daquela Academia, Diógenes Tenório Jr que nela adentrou aos 32 anos.

ABRAÇOS IMPRESSOS

JM E ALESSANDRA

Meus abraços impressos vão para os meus dois caçulas: João Marcelo, grande figura na minha vida e Alessandra, uma filha muito querida. Na foto um momento de congraçamento dos dois que moram em estados diferentes mas se amam sempre.

Ouvidor Geral 29-07-2019

                          QUAIS SÃO AS IDEOLOGIAS POLÍTICAS DO BRASIL?

O país tem mais de trinta partidos e aí vem a grande pergunta: como é que podem existir tantas ideologias, tantas razões de ser para que partidos sejam fundados, a não ser que sejam grandes negócios, tanto políticos, como financeiros? E, por que não? O caminho que está sendo mal seguido deve ser este. Uma estrada que não é percorrida pelo povo e que simplesmente faz com o que o povo siga comprometimentos dos quais não compartilha e não sabe compartilhar. Houve tempo em que o Brasil tinha o comunismo, o integralismo, o trabalhismo, o socialismo. Algumas ideologias, discutíveis ou não, mas que traçavam fronteiras nítidas entre os poucos partidos da época. Hoje não se sabe nada, não se encontram fundamentos ideológicos e até mesmo proposições, com raras e honrosas exceções. Como tentar, então, fazer com que a população aprenda a votar, busque entender a complexidade política e saiba escolher entre tantos joios e trigos que existem por aí? Difícil, muito difícil, porque a identidade política do país ainda não foi configurada e as gerações mais recentes ainda buscam por essa identidade como se perdidos ainda estivessem nas estradas, “sujas” ou não. Vamos crescer, vamos somar, vamos encontrar os caminhos políticos deste país. É o que desejamos para esta e para as próximas gerações.

DESTACÔMETRO

ELIANA CAVALCANTE

O destaque da semana vai para a grande bailarina e escritora Eliana Cavalcante que, nesta última qualidade é uma das imortais da Academia Alagoana de Letras. A instituição de cultura que celebra em novembro cem anos de fundação.

PÍLULAS DO OUVIDOR

As últimas eleições presidenciais demonstraram o que dissemos no artigo principal desta coluna quando houve uma grande radicalização em torno de dois candidatos mas não em torno de ideologias firmadas como tal.

Foram discussões dramáticas em cima de personagens e de um partido não por posições ideológicas, mas por um problema político que envolvia um ex-presidente preso. Uma briga falsa entre honestidade e desonestidade.

A presidente do Conselho Regional de Administração de Alagoas, Jaciara Correia  e um membro do Conselho Federal de Administração (CFA), Ediberto Omena, visitaram o presidente do Tribunal de Contas do Estado de Alagoas.

A visita a Otávio Lessa teve como objetivo comunicar a realização de um Workshop de Gestão Pública, quando será apresentada a importante ferramenta “Índice de Governança Municipal (IGM-CFA)”, nos dias 2 e 3 de setembro.

Final deste primeiro semestre do mandato de senador e Rodrigo Cunha tem percorre diversos municípios de Alagoas vendo de perto os problemas que afetam as cidades alagoanas, e ouvindo a população sobre as demandas mais urgentes.

Desde a última segunda-feira, o senador Rodrigo já visitou seis cidades: União dos Palmares, Murici, Rio Largo, São Miguel dos Campos, São Luís do Quitunde e Maragogi fortalecendo a relação com os moradores daquelas cidades.

A obesidade volta a crescer no Brasil, é o que aponta a Pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Sobre esse índice, houve aumento de 67,8% nos últimos treze anos, saindo de 11,8% em 2006 para 19,8% em 2018.

17,9% da população adulta no Brasil fazem uso abusivo de bebida alcoólica. As mulheres apresentaram maior crescimento em relação aos homens no período de 2006 a 2018. Por que será que elas bebem mais? Boa pergunta.

Segundo o Mastercard no Global Destination Cities Index, o Brasil ocupa o 17º lugar, estando entre os 20 destinos que mais impulsionam o turismo no mundo. O país vem logo atrás da Argentina, únicos mercados sul-americanos na lista. 

ROSTAND E DIÓGENES 

Minhas homenagens a esses dois “imortais” também membros da Academia Alagoana de Letras, Carlito Lima o eterno Velho Capita (foto) e o mais novo em idade daquela Academia, Diógenes Tenório Jr que nela adentrou aos 32 anos.

 ABRAÇOS IMPRESSOS

JM E ALESSANDRA

Meus abraços impressos vão para os meus dois caçulas: João Marcelo, grande figura na minha vida e Alessandra, uma filha muito querida. Na foto um momento de congraçamento dos dois que moram em estados diferentes mas se amam sempre.

Ouvidor Geral 22-07-2019

                                            COTA É DISCRIMINAÇÃO. OU NÃO?

Particularmente acho que essa questão tão polêmica de cotas e que começou com as dos negros no ingresso a universidade, virou moda e se quer cotas para tudo e para todos o que acho  completamente errada. Começa pelo fato de que ao estabelecer cotas para a raça negra num país altamente miscigenado você não consegue definir quem é e quem não é negro. Por outro lado, o que é mais importante, acirra os ânimos no que diz respeito ao problema racial criando muito mais discriminação do que se pensa. Não vejo porque haver diferenças raciais até porque elas nunca deveriam ter existido. No entanto, se falarmos em pobreza, se falarmos em alunos carentes e mal preparados pelo ensino fundamental e médio públicos, aí sim, facilidades para o ingresso deles no curso superior devem ser criadas, no sentido de dar a eles a possibilidade de estudos em cursinhos iguais aos de todos os outros candidatos e até de se considerar que esses cursinhos sejam realmente uma pré-matrícula na universidade mas nunca com a criação da estúpida cota que denigre, que discrimina e que cria situações como as que já vimos com um candidato com nota bastante superior ficar fora por conta de cotista com nota inferior. Há que se pensar. Cota é ou não é discriminatória?

DESTACÔMETRO

ROSA TENÓRIO

O destaque vai para uma técnica de primeiríssima grandeza. Rosa Tenório, engenheira, já ocupou cargos de alta relevância em controle de gestão pública e agora é a Secretária de Desenvolvimento Territorial e Meio Ambiente de Maceió. Ganhou o município.

PÍLULAS DO OUVIDOR

E a bomba está para explodir pelos lados da diplomacia brasileira, uma vez que os de carreira e muitos outros não querem admitir que o deputado Eduardo Bolsonaro seja o nosso embaixador nos Estados Unidos.

Haveremos de convir que a entrada de futuros diplomatas no Itamaraty se constitui em um processo dos mais difíceis que aliás não poderia deixar de ser pela grande complexidade da diplomacia.

O fato de Bolsonaro ser amigo do Trump ou de seu filho falar inglês – aliás dizem que não é dos melhores – não credencia o deputado a ocupar a mais importante embaixada do Brasil que é a dos Estados Unidos.

Mas como vivemos um momento de certezas e incertezas, de vai pra frente e vem pra trás não sabemos como vai terminar essa novela que não está respaldada em nenhuma lei que permita tal nomeação.

E isto, em função do claro nepotismo e que está ainda mais explícito na constituição em súmulas do Supremo Tribunal Federal que estabelece de maneira simples o que é e o que não é nepotismo. Neste caso, é!

Conhecer a realidade da saúde de um país é o primeiro passo para entender as necessidades de sua população e, dessa forma, possibilitar a elaboração de ações e programas em prol de mais saúde e qualidade de vida.

Assim, para subsidiar o Ministério da Saúde com informações que possibilitem a formulação e/ou o aperfeiçoamento de políticas públicas eficientes, mais de 108 mil brasileiros receberão a visita de pesquisadores do IBGE.

Conscientes de que seu consumidor tem se tornado cada vez mais exigente, tanto em relação à qualidade quanto ao uso de métodos sustentáveis de produção, empresários alagoanos do setor ceramista participaram do 7º Seminário do Setor Cerâmico.

Realizado pela Federação das Indústrias de Alagoas (Fiea), por meio do Sindicato da Indústria de Produtos Cerâmicos (Sindcer/AL), o evento reuniu, cerca de 40 empresários e seus colaboradores.

GEOBERTO ESPÍRITO SANTO

Sempre é bom estar falando de energia, de novas formas de economia, das inovações que estão surgindo no setor e ninguém mais do que Geoberto Espírito Santo (foto) para encarar os desafios energéticos da atualidade.

ABRAÇOS IMPRESSOS

HUGO TAQUES

Os abraços vão para um senhor profissional da fotografia e do jornalismo, Hugo Taques. Uma figura fantástica que há quatorze anos chegou de Cuiabá, instalou-se em Maceió e adotou a terra que também o recebeu de braços abertos.