Ir para conteúdo

Ouvidor Geral 09-05-2022

Ouvidor Geral” para o jornal Primeira Edição de 09-05-2022 – Geraldo Câmara

NÃO ERA PRA MELAR

Mas melou. A situação fugiu de controle. Ou mudou de controle, não sei. O fato é que a eleição indireta de Paulo Dantas para o governo do estado, no mínimo mudou de data. Por que estou falando “no mínimo”. Porque esse mínimo já aconteceu e pelo andar da carruagem não sabermos em que data o evento vai acontecer. O fato é que, entre o STF e os desejos tupiniquins a distância é muito grande e, entre decisões e pedidos de vista e outras coisas mais a situação pode chegar a meses e, com isso, o digno presidente do Tribunal de Justiça, no exearcício do carego de governador vai ficando e vai ficando e com isso o sistema vai melando o que seria a candidatura à reeleição do candidato escolhido pelo Grupo Calheiros e pelo ex-governador Renan Filho. Tudo estava acertado e certinho até que o grupo liderado pelo novo líder Arthur Lira achou por bem colocar o nariz onde sempre foi chamado e provocar, através do PSB esse grande “imbroglio” eleitoral. O problema agora é como desenrolar uma situação que está criada exatamente com a participação de partidos, de STF, de interessados diretamente na eleição em Alagoas e por aí vai num desfile de rosário completamente inédito por aqui. Ùnica coisa que pode sembrujlhar o pacote rapidamente é se o sucessor natural e constitucional, Marcelo Vítor, o presidente da Assembleia, resolvesse assumir o seu papel e o governo deixando muita gente chupando o dedo e até ele próprio que teria de renunciar a projetos outros futuros. No mais, gente, até agora, melou mesmo!

DESTACÔMETRO

O destaque vai para Katia Born, ex-prefeita de Maceió e atual diretora do Cedim – Centro de Diagnóstico Médico, ligado ao CEDIM. Kátia esteve comigo no nosso Bartpapo e mostrou toda uma visão política e administrativa dentro da realidade brasileira.

PÍLULAS DO OUVIDOR

Quem, na realidade, está mais torcendo para o melaço continuar, acho, é o deputado presidente Arthur Lira que põe o seu time na jogada com toda a força do mundo e ainda enfraquece o adversário, apesar de que meu sentimento é o de que enfraquecer o grupo Calheiros é muito difícil.

Se avexe não” é o recado de Dinho Lopes aos alagoanos que apreciam um bom forró e que vai acontecer somente no dia 18 de junho. A festa será lançada na próxima semana, mas conseguiram adiantar que será o melhor da nossa música nordestina.

O evento junino acontecerá em um novo local na Pajuçara  com excelentes instalações e uma proposta nova para agregar eventos, esporte e lazer. “Vocês vão adorar”, disse o Dinho, “pois conseguimos reunir o que de melhor existe na nossa música”. Então, se avexe não que já já chega o São João.

A deputada estadual Jó Pereira (PSDB) reforçou o alerta de que a eleição indireta para governador e vice-governador de Alagoas ocorra dentro da legalidade, respeitando o ordenamento jurídico nacional.

Apontados como inconstitucionais, vários pontos do pleito estão sendo questionados na justiça e a eleição está suspensa, por decisão do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Luiz Fux. 

O Senai iniciou a capacitação de 25 soldados do Tiro de Guerra 07-015, sediado em Arapiraca-AL, nos cursos de auxiliar de operações logísticas e de assistente administrativo. As aulas começaram no último dia 18 e a entrega dos diplomas no próximo mês de julho.

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), afirmou nesta sexta-feira, 6, que a participação de empresas privadas para auditoria das eleições é legítima, desde que “dentro dos limites”. O parlamentar ressaltou que a contagem dos votos cabe só à Justiça Eleitoral.

A propósito disto, coma uma viagem em que estarão fora o presidente Bolsonaro, o vice Mourão e o presidente da Câmara, Arthur Lira, o presidente do Senado assumirá pela primeira vez o posto de presidente da república do Brasil.

Por ato do governador em exercício, Kléver Loureiro, o Secretário da Fazenda, George Santoro (foto) foi exonerado do cargo que ocupava com maestria desde o início do governo Renan Filho. O que houve, só ele e o governador sabem, mas que ele foi de suma importância para Alagoas, lá isso foi.

ABRAÇOS IMPRESSOS

Os abraços impressos vão para o meu amigo há mais de quarenta anos, Joaquim Santana. Quando o conheci ele iniciava seu processo de vida vencedora e de há muito é um dos maiores líderes da construção civil e do mercado de imóveis em Alagoas.

Categorias

OUVIDOR GERAL

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s