Ir para conteúdo

coluna BARTPAPO

Coluna BARTPAPO com Geraldo Câmara –Tribuna Independente -22-01-2021

    ENEM – O VESTIBULAR DA BAGUNÇA

               Vamos admitir que esse está sendo um vestibular absolutamente atípico em que metade dos concorrentes não compareceram. Com medo da Covid 19, com medo da falta de orientação dos organizadores, por falta de tudo. Convenhamos que a falta de planejamento foi de tal ponto que os alunos chegavam para o exame e eram avisados que já não podiam entrar porque lá dentro nas salas a freqüência já estava no limite imposto pelas regras de combate ao coronavírus.

              Como isso pode acontecer? Como o mais importante vestibular público do país é desrespeitado nas mais simples regras? E como ficam os alunos que não entraram? Como as provas deles serão? Essas e outras respostas ficam sem nexo porque como sabemos que todas as regras do ENEM são rigorosas, ou eram, não dá para entender que agora os alunos que não fizeram a prova vão remarcar e fazer nos dias 24 e 25 de fevereiro. E aí eu pergunto: Como fica o princípio da isonomia porque é claro que as provas de fevereiro serão outras, com outras questões e ademais com outra redação. Passou a ser um vestibular bipartite?

               O que está acontecendo é que cada vez mais estamos nos transformando em um país que quebra regras, que desrespeita a sua gente e que não entende que as aspirações dos jovens não podem ser incivilizadamente rompidas por absoluta falta de um planejamento que estabelecesse uma regra definida e não concessões por erros cometidos na concepção do projeto. O ENEM é e sempre foi um projeto vencedor, respeitado pela maneira como foi projetado e pela sua execução com raríssimas exceções. Aí, nem se sabe exatamente por que não pôde ser adiado e teve que ser feito de qualquer maneira.

                O resultado aí está. Um vestibular partido ao meio, perdendo a credibilidade, colocando a culpa toda na Covid 19, quando na realidade não previu que os 51 por cento de abstinência em alguns lugares eram previsíveis, sim. E que os alunos, agora que não fizeram o ENEM estão indecisos, intranqüilos e a mercê do sei lá o que. Tenham a certeza de que se tivessem adiado teria sido muito melhor e mais honesto.

ALERTAS DO DIA

  • As vacinas estão chegando. Em número muito pequeno provocando mais ansiedade no povo que não sabe quando será vacinado. Existem prioridades, sim. O que não existe é vacina para atender a todos. Espero que por enquanto.
  • Em artigo passado fiz a matemática da vacina e provei por A mais B que o Brasil não soube programar a aquisição. A logística até que está bem planejada pelos estados, mas sem produto não tem logística.
  • Lembram do avião da Azul prontinho para ir buscar vacina na Índia? Pois é. A Índia deu uma banana e disse que não tinha vacina pro Brasil. Será que estou errado em dizer que estamos na república da bagunça?
  • E, agora, gente, ainda tem mais. Olho aberto porque os espertinhos de plantão vão sempre dar um jeitinho de furar fila como já apareceram alguns por aí. Se cada um ficar na sua esperando sua hora e as vacinas começarem a ser produzidas no Brasil, no fim dá certo.Tenham fé porque Deus é brasileiro.

PARE PRA PENSAR

Quem é fiel por convicção não precisa jurar fidelidade sob pena de acharem que jurou em falso.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s