Ir para conteúdo

coluna BARTPAPO 10-04-2020

Coluna BARTPAPO com Geraldo Câmara – Tribuna Independente – 10-04-2020

COMO VENCER O VÍRUS SEM FAZER FORÇA

Exatamente assim. Sem fazer força. Buscando forças no isolamento onde se pode fazer muito, é claro, mas sem as atividades corriqueiras, sem estar naquele dia a dia de gente se cruzando, de pessoas se tocando, de um vai e vem frenético, principalmente quando se habita e se trabalha nas grandes cidades.

A pandemia só existe porque por onde começou, ainda como epidemia, as pessoas relutaram em entender o seu perigo, demoraram a conhecer o seu valor destruidor e quando acordaram ela já havia começado o seu caminho de morte. E, foi então que na “pequena” cidade de Wu Han com 11 milhões de habitantes a força motriz teve que ser diminuída, as pessoas tiveram que aquietar seus músculos, o trabalho tradicional precisou ser estancado e ainda que se soubesse que a economia iria ser afetada, mesmo assim era preciso parar. E foi, quando se viu que a Segunda Maior Economia do Mundo, a China, mostrava que sabia parar para depois reagir e voltar a ser o que sempre foi.

O vírus se espalhou, a China trabalhou bem e correto para estancá-lo e parece ter conseguido porque hoje as coisas começam a ter absoluto controle, aquela cidade onde tudo começou já retorna gradativamente às suas atividades enquanto o demoniozinho grassa mundo a fora espalhando mortes por onde passa. Vide o caso da Itália que não acreditou na necessidade do isolamento social e, além de sofrer todos os males provenientes da teimosia ainda viu a Espanha, a França, o Reino Unido, toda a Europa sofrerem as consequências.

América do Sul infestada, incluindo o Brasil, Estados Unidos onde as providências do isolamento demoraram já com mais infestados e morte do que a própria China teve e, vamos e venhamos, tudo isto por não acreditarem que o isolamento pode não ser tudo, mas é básico, é primordial, é essencial para conter a velocidade de infestação de um vírus que ainda não enfrenta nenhum tipo de vacina.

Por isso, insisto. Pode ser ruim mudar seus hábitos, ficar demasiadamente em casa, mudar rotinas de trabalho, tudo é diferente e péssimo, mas perder a vida ou ver as vidas de entes queridos  se acabarem é muito pior. Isolamento, sim. Não vai parar totalmente o vírus. Mas vai freá-lo no que for possível. E assim chegamos lá. Sem fazer força? Brincadeirinha! Fazendo uma baita força para exterminá-lo. E nos preparando para forças de leões na recuperação da economia, certamente abalada.

ALERTAS DO DIA

Os bancos estão abertos e a partir de agora mais ainda para o recebimento da famosa ajuda de 600 reais. Muito cuidado porque eles estão lotados e você no meio de uma aglomeração que está completamente fora dos propósitos do isolamento. Melhor esperar um pouco, principalmente os idosos, mas não enfrentar multidões que podem estar trocando vírus por todos os lados.

PARE PRA PENSAR

Viver é uma corrida às vezes desenfreada, às vezes calma. Encontrar a velocidade certa é caminho de campeões.

Categorias

OUVIDOR GERAL

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s