Ouvidor Geral 13-05-2019

GUERRA URBANA

                                QUEREM TIROS PARA TODOS OS LADOS?

Acreditem, meus amigos e minhas amigas, que não ponho política nos meus comentários e nem os quero gratuitos. Mas não posso ver o presidente da república assinar um decreto dando força para que a população se arme de maneira desvairada permitindo armas nas mãos de sei lá quem com porte pelas ruas, nos carros, em todos os lugares, como se estivéssemos voltando ao faroeste. Ou entrando nele, quem sabe! Não será assim que o problema da violência será resolvido no Brasil, mas talvez seja a maneira de incitar os “arrojados” e de colocar em perigo os incautos. Enquanto a coisa se resumia em se poder ter uma arma registrada em casa ou no seu estabelecimento comercial, ainda vá lá! Mas permitir o porte a quem pode revidar ou provocar em qualquer ocasião, podem ter certeza de que estaremos em constante perigo pelas ruas de todas as cidades brasileiras. Queira Deus que o Congresso entre em ação ou até mesmo o Supremo para acabar de vez com essa doidice ou colocá-la em formas mais plausíveis. O atual decreto prevê inclusive que menores de idade possam frequentar aulas de tiro como se fizessem parte de seus currículos de vida. Ou de morte! Melhor seria, senhor presidente que os cursos superiores não fossem vítimas de trinta por cento de corte e que nas nossas faculdades as armas fiquem de fora e lá se ensinem apenas o poder do conhecimento e da palavra. Violência, crime, guerra urbana e rural, isto sim, talvez vejamos por trás desse decreto insano.

DESTACÔMETRO

BETÂNEA BARROS

O destaque vai para uma pessoa que é uma “expert” em turismo, passou pela Secretaria de Turismo do Estado, está como secretária em Coqueiro Seco e tem sua própria agência de viagens – MBTOUR – um sucesso nos caminhos europeus e adjacências.

 PÍLULAS DO OUVIDOR

Ainda em função do artigo principal, a procuradora Raquel Dodge deu um prazo de cinco dias para que o decreto de armamento seja retirado pela presidência da república. Até o momento em que escrevíamos esta artigo nada havia acontecido.

Em 2003 começou um movimento pelo desarmamento que deu frutos, que tirou muitas armas das casas e das ruas. O crime continuou acontecendo por outros motivos, mas com armamento a coisa será muito pior, podem ter certeza.

Imaginem a Venezuela, no momento em que se encontra, se o povo estivesse armado com porte liberado. A carnificina já estaria acontecendo e sem dúvida alguma muitos inocentes estariam perdendo suas vidas.

Com a meta de reconhecer e premiar grupos alagoanos que busquem manter vivas as tradições juninas, Secretaria da Cultura (Secult), lançou, o Prêmio Clemilda – A Rainha do Forró, que premiará 60 quadrilhas juninas.

Aliás, a prefeitura de Maceió também promete que o São João na capital vai ser de primeira e está beneficiando todos os bairros da cidade com algum tipo de festividade para que nada passe em branco nos festejos juninos.

Com a mobilização nacional, 5,5 milhões de pessoas foram vacinadas, totalizando 26,9 milhões, de 59,5 milhões do público-alvo total. A vacina está disponível até o dia 31 de maio nos postos de saúde e já é um sucesso no país.

No que vai dar a novela do Pinheiro? Um drama dos mais intensos com as pessoas aguardando soluções para que suas decisões sejam as mais acertadas. Enquanto isso o bairro vai sendo esvaziado e em breve vai parecer uma cidade fantasma.

Ao mesmo tempo vamos pensar no caso Brasken que já anuncia sua saída do estado. Outro gravíssimo problema contra a economia de Alagoas com um enorme desemprego à vista e deterioração de todo o Pólo Cloro-Químico.   

Sem antecipações precipitadas, mas vem aí um monte de novidades televisivas e impressas nas nossas atividades jornalísticas. A caminho dos 81, firmes como Deus quer e seguindo o lema de não deixar os neurônios sem ação. Em breve.

EDMILSON RIBEIRO

 Edmilson Ribeiro (foto) é o presidente do SINCOR – Sindicato dos Corretores de Seguros de Alagoas. Um profissional de primeira categoria e que sabe tudo sobre os segredos de como utilizar bem essa poderosa arma – o seguro.

ABRAÇOS IMPRESSOS

VALENTIM RIBEIRO

Um abraço especial para este português que por aqui vive e que sempre homenageia os brasileiros com prêmios internacionais significativos está a anunciando a vinda do cantor português Zé Perdigão – um nome em Portugal – no próximo mês de junho durante a entrega do Troféu Camões.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s