Ouvidor Geral – 18-06-2018

país velho

O PAÍS ENVELHECE

É verdade. O país vem envelhecendo porque a perspectiva de vida vem aumentando. O homem passou grande parte dos tempos lutando por uma vida mais longa, buscando na ciência e pesquisando constantemente os mistérios que levam ou não à longevidade e vem conseguindo progressos bastante grandes neste sentido. Lembro-me que, quando menino, se falava que a previsão para os brasileiros estaria em 53 anos. E foi subindo a estatística e demonstrando que viver poderia ser muito mais tranquilo e muito mais longevo. E hoje, quando chego aos meus 80 anos e com muita vontade ainda de trabalhar, de produzir e de ser útil, vejo que a perspectiva atual é de 76 anos, portanto estou no lucro. Mas, o fato é que os velhos estão levando a culpa por muitos problemas do país incluindo o buraco da previdência hoje atribuído ao número de velhos e não aos roubos e má administração dos fundos. Aos velhos são imputados os problemas da saúde e do SUS em função de suas doenças e do “maldito artigo da constituição” que afirma que o estado é responsável pela saúde dos brasileiros. Uma grande piada, porém. aos oitenta anos os velhos não têm mais direito a financiamentos, a empréstimos bancários, a consignações, a nada. Porque, sem dúvida, na cabeça dos que ditam as regras, os idosos serão inadimplentes, vivos ou mortos. As pessoas nascem, crescem, trabalham, contribuem para o engrandecimento do país e quando mais precisam vêem-se às voltas com o desprezo do mundo. A não ser que tenham enriquecido. Ainda assim correm o perigo de interdições familiares. É, o país envelhece. Mais do que o país envelhecem as cabeças que se julgam mais jovens.

 

DESTACÔMETRO

LUIZ VASCONCELOS                    O destaque vai para o amigo e promotor de justiça, Luiz Vasconcelos, pela seriedade e competência com que administra suas funções oficiais no Ministério Público e, ainda mais, no Núcleo de Execuções Penais.

PÍLULAS DO OUVIDOR

Quando estive diretor geral da então Secretaria das Minorias tive a oportunidade de conhecer todos os problemas dos quilombolas incluindo a terrível anemia falsiforme. Não sei como estão lidando com esses problemas anos depois.

Impressionante a seleção de futebol da Islândia disputando uma Copa do Mundo pela primeira vez. Um país tão pequeno que sua população corresponde a um terço da população de Maceió. Apenas 330 mil habitantes. Ocuparia três estádios.

Vendo tanta corrupção espalhada pelo país não posso deixar de pensar na grande sabedoria de Ruy Barbosa quando disse: “De tanto ver triunfar as nulidades; de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça; de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto.”

Interessante  como a Copa do Mundo na Rússia tem desvendado para o mundo os mistérios de um país em todos os setores. Desde a beleza e limpeza de suas cidades até a agradabilidade, educação e atenção de seu povo. Muito bom isso!

Precisamos esclarecer o que realmente está acontecendo com o maravilhoso serviço do cardiologista José Wanderley e a Santa Casa tão bem administrada pelo provedor Humberto Gomes de Melo. Para que não fiquem dúvidas nem manchas.

Afinal, trata-se de dois nomes do maior respeito, sendo que Wanderley é pioneiro em transplantes no estado já tendo sido Coordenador Nacional de Transplantes e Humberto reconhecido internacionalmente como um grande provedor.

O país parou por conta da greve dos caminhoneiros e, aliás, algumas das promessas do governo continuam na estaca zero. Agora, o Brasil pára de novo por conta da Copa do Mundo. Quando será que vai parar de brincar com o povo?

Uma perguntinha em nome dos moradores de apartamentos que não possuem TV a cabo: Se a TV digital não conseguir funcionar com antena interna e o edifício não tiver a externa, como é que fica? Muita gente com esse problema. Muita!

ORLAN BARROS

Presença no Bartpapo do “somellier” Orlan Barros (foto), um “expert” quando se trata de vinhos. Orlan deu uma verdadeira aula de como escolher o vinho certo, harmonizações, etc. Fiquei com água na boca! Digo, vinho na boca!

ABRAÇOS IMPRESSOS

VITOR LUZ

              Os abraços da semana vão para o misto de jornalista e psicólogo Vitor Luz, volta e meia colaborando com o envio de bons entrevistados para o nosso Bartpapo e agora ele próprio tratou de dar um show naquele programa. Valeu, Vítor!

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s