Do Fiat Elba ao Triplex

Um pouco diferente. Ou será muito diferente? Não sei. O fato é que o produto de consumo que derrubou o presidente Collor em 1992, ou ajudou a derrubar, está bem longe do produto de consumo que derrubou a moral do ex-presidente da república, Lula da Silva. E, depois de um longo e tenebroso “inferno”, um juiz de primeira instância, Sérgio Moro, teve a coragem de impugnar uma trajetória política, por conta de uma vista maravilhosa e de três andares que iriam fazer a felicidade do casal Lula da Silva. O detalhe entre os dois fatos é que o primeiro, o da Fiat Elba, tinha até Lamborghini na garagem e não precisava em nada daquele humilde carrinho comprado para sua esposa. Já o segundo, salvo notícias ao contrário esconde muito bem os seus bens ou, quem sabe, não os tem. O fato é que o Brasil está mudando e encostando na parede quem acha que pode usar o dinheiro público como quem vai ao mercado comprar farinha. Que pode receber suborno, propina, o nome que queiram dar e sair por aí gozando a cara dos incrédulos eleitores e ainda achando que pode voltar ao cargo mando na maior cara de pau. Collor tem a grande, a enorme vantagem de ter sido absolvido de todas as acusações pelo Supremo Tribunal Federal, é bom que se lembrem disto, e o homem do triplex, dos sítios ou sei lá mais o que, este já foi condenado pelo outro homem que está colecionando condenações e prisões de gente até então intocável. Será o porvir de um novo Brasil? Tomara!  

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s