Categoria: Sem categoria

Ouvidor Geral 12-11-2018

                                   A GRANDE EMPRESA BRASIL S/A

No dia em que os brasileiros, condutores ou não do processo convencerem-se de que o país precisa ser administrado como uma grande empresa não tenho dúvida de que os sistemas mudam, que as pessoas mudam e que o Brasil começará a entrar em outra fase de responsabilidade funcional e processual. E quando o digo afirmo que teremos que fazer uma verdadeira revolução de métodos e sistemas começando pela desburocratização, um dos grandes cancros na administração publica. Não que ela não seja necessária, mas exageradamente deve ser expurgada. Não se concebe que um processo pequeno de licitação deva passar por tantas fases e contra fases que, no final das contas percorra um assustador tempo de mais de seis meses para ser finalizado. Não se concebe um fluxograma inter poderes e inter estados, municípios e união tão impossível que chega às raias do ridículo. No entanto, se a gestão pública começasse a ser tratada com as regras da empresa organizada com todos os controles possíveis e imagináveis, mas com a velocidade que valoriza o lucro não tenho dúvidas de que estaríamos vendo o nascer de um novo Brasil. Talvez a grande moralização e um dos combates à corrupção passe pela simplificação, já que o complicado sempre foi sócio do errado, da jogada e do famoso jeitinho brasileiro. Pensemos e levantemos a bandeira de um novo país: Brasil S/A.

 DESTACÔMETRO

MLTON HÊNIO

O destaque vai para o fantástico médico pediatra Milton Hênio que no curso de sua profissão atendeu a cerca de 260 mil  crianças, todas com a mesma emoção que sempre faz parte do seu ofício sublime.

 PÍLULAS DO OUVIDOR

Expectativa nesses dois últimos meses do ano para saber se o governador Renan Filho vai fazer muitas mudanças no seu secretariado ou não. Pelo que se diz as mudanças serão apenas as de necessidade de acomodação política.

A Operação Lava Jato parece que combinou tudo com a saída do Juiz Sérgio Moro. Já deflagrou várias sub-operações incluindo a que prendeu 14 deputados estaduais do Rio de Janeiro e o  ex-vice-governador de Minas Gerais. Ops!

Na Paraíba, o vereador de João Pessoa, Dinho Dowsley, deu uma lúcida entrevista enquanto relator da Lei de Orçamento Anual demonstrando que as emendas dos vereadores só serão executadas se vierem acompanhadas de projeto executivo.

Quando isso não é feito e aqui também ocorre o mesmo, as emendas não são pagas e às vezes passa despercebida aos vereadores a absoluta necessidade do projeto, do planejamento. Caso contrário, babau tanto trabalho para tê-las.

Temporada de prêmios já começou. O primeiro e já tradicional é da ADEMI e já aconteceu. O próximo, dia 21 de novembro no Hotel Jatiúca será o do SINCOR que leva o nome de meu saudoso amigo, Alberto Marinho.

A Algás e o gás natural foram os grandes ganhadores do prêmio Master ADEMI deste ano já que teve 70% de seus vencedores empreendimentos imobiliários contando com as vantagens do gás natural.

Com a  ARSAL aconteceu em Delmiro Gouveia uma Oficina de Geofonamento.  Ofertado pela Casal, o treinamento ensinou aos técnicos da área a manusearem o geofone, equipamento de detecção de vazamentos de água e ligações clandestinas.

A mestra Patrimônio Vivo de Alagoas e chef  Mãe Neide Oyá D’Oxum, apresenta a Oficina Gastronômica Sabores e Saberes da Terra de Zumbi, de 12 a 16 de novembro. O evento será realizado no Parque Memorial Quilombo dos Palmares

A terceira etapa da pesquisa Saúde do Homem, Paternidade e Cuidado, realizada pelo Ministério da Saúde, indica que 62% dos pais ou cuidadores entrevistados participaram das consultas de pré-natal com suas parceiras em Alagoas.

CACÁ E ELIAS

Um grande evento promovido pelo Conselho Estadual de Segurança discutiu o que já se chama de SUSP- Serviço Unificado de Segurança Pública. À frente, Antônio Carlos Gouveia (Cacá) e Cel. Elias Oliveira (foto), ambos “experts” em segurança.

ABRAÇOS IMPRESSOS

NOVEMBRO AZUL 2

Os abraços vão para os amigos acima que fotografaram para a belíssima campanha da Rede Feminina de Combate ao Câncer, à frente Maria Helena Lessa que está abordando o câncer de próstata durante todo esse mês de novembro azul. Apareci também contribuindo para a importância do assunto.

Anúncios

Ouvidor Geral 22-10-2018

O MAL DOS RADICALISMOS

               Seja no que for, o radicalismo não soma, não encontra caminhos viáveis, não deveria fazer parte de um sistema que se diz democrático, mas faz. E como tal também temos que respeitar posições sejam elas quais forem porque falar e ouvir com respeito e com dignidade também são fatores indispensáveis ao exercício correto da democracia. No entanto e lamentavelmente estamos vendo uma campanha presidencial acirrada, seria até correta não fossem os excessos praticados, a troca de impropérios e acusações, de fundadas a infundadas, com a imensa colaboração das Redes Sociais que se permitiram serem usadas não mais para a defesa de programas e de propostas respeitáveis para se transformarem em berço nada esplêndido das chamadas “fake news” covardemente utilizadas por ambos os lados com ataques que vão do institucional ao pessoal transformando uma campanha que poderia ser muito bonita em lixo da democracia. As idéias colocadas, insisto em dizer, dos dois candidatos, poderiam se apreciadas e estudadas pela população de maneira bem mais objetiva não tivessem sido criados os campos de batalha ao invés das arenas de debates produtivos e conclusivos. Face a isto, fica o eleitor num terrível papel olhando-se uns aos outros até com olhos de inimigos dissociando até famílias, dispersas em idéias aterrorizantes e radicais. Espero que cheguemos no próximo domingo a um final feliz para uns, frustrantes para outros, mas sem mais delongas com a deposição e o esquecimento das armas usadas nessa infeliz campanha.

DESTACÔMETRO

RODRIGO CUNHA

O destaque vai para o amigo e agora senador eleito, Rodrigo Cunha pela limpeza e honestidade de sua campanha sem depreciar ninguém e respeitando plenamente a democracia nas eleições. Incluo no destaque a também excelente vitória de Renan Calheiros.

 PÍLULAS DO OUVIDOR

Sem traumas, sem brigas, sem discussões inócuas, o cuidado pelo meio ambiente na Europa, principalmente na Alemanha é incrível e o respeito é praticado em cada ponto de preservação.

Fizemos uma bela incursão pelos rio Reno e Mosel dentro de um espetacular navio de cruzeiro, por três dias e três noites. Uma das gostosas experiências foi estar dentro do navio que passou por nove eclusas durante o trajeto.

Eu conhecia como espectador o trabalho da eclusa no Panamá e nunca me esqueci. No entanto quando você faz parte direta do processo a sensação e a emoção são outras. Durante a madrugada aconteceu também e você nem acorda.

Duas cidades à margens dos rios me agradaram em cheio: Koblenz, exatamente no encontro dos dois rios e BernKastel, fantásticas ambas pela arquitetura antiguíssima, por castelos, gastronomia e muita cerveja.

O famoso jantar de despedida no navio Voyager foi na mesa do comandante, nosso amigo e anfitrião Host Lehmar, um alemão com paixão pelo Brasil e principalmente por Alagoas onde já tem até apartamento na Jatiúca.

Duas brasileiras localizadas há mais de 30 anos em Colônia querem fazer um turismo receptivo lá, sobretudo para nordestinos terem a sorte de conhecerem a Alemanha com gostinho de morador. Estou aproximando-as de uma agência de viagens daqui.

Aliás, a Alemanha não é a primeira escolha de quem vai para a Europa, mas para quem já conhece os tradicionais Portugal, Itália, Espanha e França, conhecer aquele país é encantador e culturalmente importante. Com gente de lá, então!  

Loucura mesmo foi o nosso embarque de volta para o Recife a partir de Frankfurt, um imenso aeroporto onde você anda, anda, anda e anda até chegar com suas bagagens ao “check-in”. Acho até que fiquei bom de minhas dores nas pernas.

Viajamos pela Condor, alemã, 10 horas de um excelente vôo com muita gentileza a bordo e bom serviço também. Difícil foi esperar a bagagem no Aeroporto do Recife. A desorganização e a demora já nos deram saudades da Europa.

CIDADE ALEMÃ

A foto acima mostra uma pequena cidade alemã, no interior. Conheci mais de vinte delas sem encontrar miséria, sujeira, falta de infra estrutura. Tudo perfeito como gostaríamos que fosse  em nossas pequenas cidades. Nas grandes também.

ABRAÇOS IMPRESSOS

GENTE ALEMÃ

Os abraços impressos vão e já com saudade para essa turma brasileira e alemã que nos recebeu tão bem, que nos acarinhou e dividiu conosco a alegria de conhecer  aquela parte da Europa que nos faltava. Obrigado, gente!

Ouvidor Geral 15-10-2018

eleições

A REPERCUSSÃO DAS ELEIÇÕES NA EUROPA

Por coincidência ainda estamos vivendo alguns fantásticos dias na Europa com um foco muito grande na região da Alemanha, Bélgica, Holanda e tivemos a oportunidade de conversar com muita gente desses países e de brasileiros também radicados por aqui e, como não poderia deixar de ser um desses assuntos é a grande polêmica estabelecida no Brasil quando duas forças políticas estão tão acirradas que mais parecem figurantes de uma grande guerra. É essa a impressão que nós brasileiros estamos passando no exterior uma vez que fica difícil entender a engrenagem de uma democracia com radicalismos tão reais. O fato também de o mundo ter sabido do mar de corrupção por que passa o Brasil é um assunto muito discutido onde grupos tentam entender tantas condenações e prisões e outros buscam sensatez no fanatismo de outra facção que se diz salvadora da pátria. nem um nem outro lado estariam num bom momento para dirigir o Brasil, essa a repercussão real para quem entende ou quer entender de Brasil. e a grande pergunta que fica é porque não aconteceu uma terceira força que pudesse evitar a radicalização criada e que se estenderá até o segundo turno das eleições brasileiras. Meu comentário mostra apenas que os assuntos de Brasil estão também no exterior, no Velho Mundo e que cada vez mais precisamos aperfeiçoar a imagem do nosso país para que tenhamos o respeito que merecemos.

DESTACÔMETRO

ATOMIUM

O destaque vai para o incrível Atomium que está na cidade de Bruxelas (Bélgica) erguido em 1958 por ocasião da Feira Mundial daquela cidade e até hoje amplamente visitado como o fizemos também.

 

PÍLULAS DO OUVIDOR

A Bélgica, mais particularmente Bruxelas, nos pareceu uma espécie de quintal da Alemanha apesar de ter toda uma personalidade e de ser a capital da Europa abrigando o Parlamento Europeu. Mas falta a estrutura das cidades alemães.

Muito bonita, sem dúvida, tem sua estrutura sim, mas talvez seja o toque de personalidade, de uma certa dureza, mas sobretudo de uma seriedade absoluta que existe com o povo alemão e que fascina quem gosta de organização.

A propósito, quando escrevo essa coluna o faço do navio “River Voyager”, fantástico, com tudo que um bom navio pode apresentar e que navega nos rios Reno e seu afluente o Moses.

A cada parada, em cada cidade, não importa o tamanho, como Koblenz e Bernkastel,  sentimos a infra-estrutura funcionando, nos mostrando a cada olhar as ruas perfeitas, as calçadas corretas, o trânsito correto e o povo educado.

A Alemanha é o país da cerveja. O que se toma, o que se fabrica é impressionante. Acabei por dar uma folga ao meu uisquinho e entrar na cerveja, não só para entrar no clima como porque é até difícil encontrar uísque em cada esquina.

Também é país dos carrões com marcas como BMW, Mercedes Benz, Skoda, muitas marcas e modelos de todos os tipos. Curiosamente, apesar do frio em boa parte do ano, amam os conversíveis e a um pouquinho de sol desfilam de capota aberta.

A propósito os carros com mais de vinte anos são visivelmente conservados. e digo isso para dar uma informação aos aficcionados. Compra barato e pode levar para o Brasil por conta da idade do veículo.

Como levar? Facílimo. Coloca num “container” e ele chega por aí de navio no porto mais próximo. Um “container” com todo o despacho custa cerca de 5 mil euros, ou seja, 25mil reais. O carro? Depende. Pode ser bem mais barato.

Impressionante é o Museu do Pós Guerra, em Bonn que já foi capital da Alemanha. Vou fazer uma coluna só mostrando o que foi o poder de recuperação do país alemão no pós Segunda Guerra Mundial.   

TREM

Impressionante  e merece muito o nosso destaque a presença do trem (foto) em toda a Europa não só como veículo extremamente importante na integração de países como também na mobilidade urbana. Rápidos, limpos e confortáveis.

ABRAÇOS IMPRESSOS

HOHST E VANUZIA

Os abraços da semana vão para o casal Hohst Lahmar e Vanuzia. Nossos anfitriões em sua casa de Colônia, na Alemanha e ele, comandante do navio River Voyager no qual viajamos pela região do Mozen por três inesquecíveis dias. E também anfitrião de primeira.

Ouvidor Geral 10-09-2018

faca-ensanguentada

                                           MAIS UMA FACADA NA DEMOCRACIA

Mais uma? Claro. A facada no Bolsonaro foi física, aparente, desafiadora, ostensiva. Mas diariamente muitas delas estão sendo desferidas contra essa tão desgastada democracia brasileira, ainda jovem, ainda sendo formada no dia a dia de uma política que ainda não encontrou seu verdadeiro rumo. Simbólica, a agressão a um ser humano conhecido deve representar também a enorme insegurança que vive o país que se deixou levar pela ineficácia de seus governantes, dos mais graduados aos de pequenos municípios, todos da mesma importância para que a democracia viva e sobreviva. Não nos importa no fato atual se o candidato a presidente é esse ou aquele. O nome poderia ter sido o de qualquer um mas o ato em si mostrou que não sabemos discutir política em alto nível e que ainda temos grupos radicais que não permitem o livre exercício da palavra que faz parte da mais pura das democracias. Longe de nós acusarmos quem quer que seja pelo desmiolado ato que quase leva a vida de um cidadão brasileiro, por acaso ou não candidato à presidência da república. Fisicamente já conhecemos o agressor; o que não sabemos é o que ele pode representar nesse conturbado momento em que a política brasileira é tão envolvida em escândalos, em desmandos, em prisões, em condenações, e quando situações que precisam ser resolvidas com o poder da palavra e do convencimento o são pelas facadas reais. Enfim, vamos torcer para que nos reste um pouco do espírito democrático ansiado pelo brasileiro para que não tenhamos que enfrentar forças outras tão comuns nas republiquetas e que não podem fazer mais parte do nosso consciente papel.  

DESTACÔMETRO

JORGE VIEIRA

O destaque da semana vai para o Professor Jorge Vieira, coordenador do NAFRI – Núcleo de Estudos Afro e Indígenas do CESMAC, além de mestre em vários cursos de graduação daquela instituição de ensino. Um espetáculo vê-lo e ouví-lo.

 PÍLULAS DO OUVIDOR

Coincidência ou não, há quatro anos quando da campanha presidencial o candidato Eduardo Campos, líder nas pesquisas, foi vítima de um acidente aéreo e morreu. As explicações ainda são sombrias.

No caso de agora, contra o Bolsonaro, o criminoso foi pego em flagrante, ainda não abriu o bico e não se sabe se agiu sozinho ou por mando de alguém. De qualquer forma há que se botar as barbas de molho, candidatos!

Mas é triste ver uma campanha que já está desacreditada por maioria da população ser manchada de sangue, fosse qual fosse o candidato. Dos mais importantes aos mais humildes, ninguém merece.

No entanto, umas boas perguntas é como ficarão as eleições deste ano com o atentado, o que poderá ocorrer em termos de perspectiva e até que ponto a emoção é capaz de mudar um rumo já definido pelos eleitores.

A Secretaria da Cultura  lamenta o ocorrido no Museu Nacional e informa que é responsável pelos Museu Palácio Floriano Peixoto (Mupa), Museu da Imagem e do Som de Alagoas (Misa) e Memorial à República.

A manutenção desses equipamentos é realizada à medida em que os gestores dos espaços demandam solicitações para a Secult, que faz os devidos procedimentos. A despesa de manutenção de seus espaços museológicos  é de R$ 180 mil por ano.

 Dirigentes da Fiea, Fecomércio, Faeal, da Associação Comercial e de diversos outros segmentos econômicos participam, na próxima quinta-feira, 13, na Casa da Indústria de reunião com o Ministério do Desenvolvimento, da Sudene e do BNB.

 No encontro, os empresários alagoanos serão informados sobre a disponibilidade, no próximo ano, de recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE). Importante reunião para o desenvolvimento dos setores.

 De olho nos atos de corrupção durante as eleições, O TRE definiu procedimentos junto à Polícia Federal para não permitir que políticos inescrupulosos manipulem postos de combustíveis para trocar por votos em carreatas na capital e no interior.

CHICO DE ASSIS

O meu amigo Chico de Assis (foto), muito bom ator, um fenômeno na área da dramaturgia e que vem aí de novo com a produção de novos e multi-espetáculos para alegria dos que o assistem.

ABRAÇOS IMPRESSOS

SEBASTIAN MEDEIROS

Os abraços vão para o Sebastian Medeiros, à frente de Quilombadas – o Portal de Escritores Alagoanos fazendo o maior sucesso com uma série de noites de autógrafos na Erva Doce & Doce Erva da Mário de Gusmão. Dia 12, estarei lá às 19 horas autografando o meu Por Causos da Vida.

 

Ouvidor Geral 06-08-2018

NA VIDA O DIFÍCIL É MARCAR ENCONTROS.

             Uma verdadeira roleta, a vida nos proporciona o que desejamos se soubermos exatamente buscar os nossos objetivos que nem sempre estão disponíveis onde pensamos que estão. As pessoas têm propósitos e muitas estão com os mesmos entre si bastando apenas que os encontros aconteçam. E é aí que a roleta funciona ou não funciona. Exatamente na sorte que os indivíduos precisam para que a vida os unam em encontros que levem à complementação de seus destinos ou de seus desejos. Quantas vezes alguém pensa como você, precisa daquilo que você pensa, está disponível mas nem você sabe nem ele. Aí você haverá de dizer que a propaganda existe que os meios de comunicação estão aí, que as Redes Sociais estão avançando e globalizando. Tudo bem, mas nem sempre funciona dessa maneira o que desejo passar:  o encontro certo no momento certo, uma espécie de encantamento mágico que faz com que as conjugações aconteçam e o verbo encontrar com toda a sua amplitude crie as condições perfeitas para que um negócio se realize, para que um projeto siga em frente, para que um romance prossiga e para que a vida por si só feita de encontros e desencontros alcance no acaso ou na técnica o momento perfeito da conjunção entre seres humanos, entre empresas, entre componentes dela própria, a vida, num mundo onde. cada vez mais, o difícil é marcar encontros. Que girem as roletas, que as bolinhas mostrem os caminhos e não esbarremos uns nos outros, mas que nos encontremos verdadeiramente para somarmos na vida.

DESTACÔMETRO

Comenda Gente da Gente

O destaque vai para o Grupo Cultural Gente da Gente, através de sua presidente, Cláudia de Bulhões que homenageou algumas pessoas com a sua principal Comenda de Mérito Cavalheiro da Ordem Cultural Gente da Gente. Na foto, a minha recebida com muita honra.

 PÍLULAS DO OUVIDOR

Ainda em função da Comenda recebida do Grupo Gente da Gente chamou-nos a atenção a personalização da linda medalha que acompanha o diploma tendo em uma face o nome da honraria e da outra a fotografia do homenageado. Diferente.

A festa de entrega da Comenda, no Ponta Verde Hotel foi altamente prestigiada sobretudo pelo “top” da cultura no estado de Alagoas. Escritores, jornalistas, acadêmicos de todas as academias literárias lá estiveram.

São iniciativas e homenagens dessa ordem que estimulam os escritores a continuarem a colocarem suas idéias em papel ainda que se diga que os leitores estão escasseando e se bandeando para os postados na internet.

Continuo achando e muita gente também que nada como folhear um bom livro, marcá-lo nas pausas, sentir seu cheiro, ir passando página por página descobrindo em cada uma delas a surpresa e ou os ensinamentos do autor. Nada substitue.

O Brasil está em crise de respeito à vida. Vulgarizou. Nas ruas das cidades os assassinatos continuam, a segurança desaparece e número de mortos  que entram nas estatísticas diariamente nos mostram bem maiores do que nas guerras.

Aí aparece um candidato à presidente querendo armar a população, achando que com isto a violência vai ter freio quando pode ser exatamente o contrário. A segurança é uma questão também de educação e saúde. Que estão em coma.

A vereadora Tereza Nelma promoveu, na última sexta-feira, 03, uma sessão especial de entrega de homenagens a personalidades que se destacaram nas áreas de educação e de promoção da cultura negra em Maceió. No SENAC Poço.

James Silver promoveu uma sessão de fotos na loja le Postiche para pais e filhos. Um fim de tarde muito agradável quando tive a honra de ser fotografado com meu caçula, o “designer gráfico”Marcelo Câmara.  Na Tribuna, último sábado.

Começa hoje (segunda, 06) campanha especial de vacinação. O objetivo é vacinar indiscriminadamente contra poliomielite e sarampo as crianças de um a quatro anos de idade, contribuindo para a redução do risco de reintrodução do poliovírus selvagem, sarampo e rubéola.

marcelo brabo 3

Marcelo Brabo (foto), o atuante advogado alagoano arregaça ainda mais as mangas quando chega a época eleitoral. Considerado um dos maiores “experts” da matéria, no escritório de Brabo não há tempo nem para respirar.     

ABRAÇOS IMPRESSOS

ZOELMA LIMA

Os abraços impressos vão para a sexóloga Zoelma Lima que há tempos não aparecia em um dos nossos programas e que deu show no “Almoçando com a Notícia”. Zoelma é sem dúvida o grande ícone do assunto em Alagoas.

 

O preso tem que trabalhar

trabalhos forçados 2

Não estamos tentando voltar no tempo e no passado buscando os famosos trabalhos forçados das épocas medievais e até mais próximas que colocavam os presos a quebrar pedras,  humilhantemente sentenciados. O que buscamos, isto sim, é levantar uma questão humanitária que longe de ser um privilégio para os presos talvez se tornasse em instrumento de proteção à sociedade e até mesmo de combate à criminalidade começando pelos condenados.

No nosso entendimento, programas mais profundos de ressocialização podem ser adotados fazendo com que o velho ditado “cabeça vazia, casa do diabo” não seja uma tônica nos presídios e ou nas casas de custódia. Se o preso, devidamente catalogado, avaliando-se suas melhores habilidades ou mesmo dando a ele a oportunidade de capacitação e qualificação durante seu tempo de pena, o que certamente o ajudaria na volta à sociedade, tivesse a oportunidade de encontrar em si coisas e habilitações que nem ele próprio conhecesse, sem dúvida estaríamos exercendo a verdadeira cidadania para com os chamados párias.

No entanto, sabemos que nem tudo são flores e que nem todos os objetivos podem ser atingidos, mas é preciso tentar, implantar a educação, criar escolas presidiárias, formar mais empresas conveniadas com os presídios, como já existem e abrir um campo de conhecimento e de trabalho que até estaria protegendo as famílias dos detentos.

Claro que existem muitos que já têm profissão, até mesmo cursos superiores e esses podem ajudar em muito em programas dessa categoria. O fato é que a velha imagem do quebrar pedras pode ser substituída por projetos fantásticos em prol do preso, de suas famílias e da sociedade como um todo.

E, quem sabe, bem mais barato do que permiti-los criminosos para sempre.    

Ouvidor Geral 09-07-2018

                                      MAS O SONHO CONTINUA…

Acordamos no sábado despertados de mais um sonho de vermos o Brasil Hexacampeão mundial de futebol, a paixão nacional. Tudo bem já que competir é um privilégio. E competir dentre as maiores seleções do mundo aumenta em muito esse desafio que sempre ativou os neurônios de todos os  brasileiros. Mas, competição é exatamente isto. Ganhar ou perder. Perdemos mais uma vez e ganhamos por cinco vezes. Somos os únicos “penta” do universo. Queremos mais? Claro! É do espírito humano querer sempre mais e isso é muito bom. No entanto, precisamos saber o que queremos mais. E, obviamente não será só futebol. O Brasil enfrenta uma enorme crise institucional, política, de valores os mais variados e torna-se necessário que façamos um exame de consciência, uma avaliação de todo um quadro e que cada um de nós faça parte de um grande planejamento de recuperação visando ganhar um campeonato valiosíssimo dentre tantos concorrentes mundiais. Podemos sim sermos uma das grandes potências se soubermos trazer para nós as melhores influências, as mais objetivas e claras idéias de reposicionamento e uma conscientização de que as gerações novas que aí estão poderão ser responsáveis por uma renovação que mudará o país com muito esforço e num espaço de tempo que só virá a beneficiar as duas próximas gerações. Porque o problema é grande e a solução ainda maior. O sonho continua, sim. Na Copa do futebol e, sobretudo na Copa da vida.

 DESTACÔMETRO

carimbão 2

O destaque vai para o deputado federal Givaldo Carimbão que depois de vários mandatos como deputado federal tentará reeleição e continuará com seus trabalhos sempre regidos pela sua fé no catolicismo.

 PÍLULAS DO OUVIDOR

Em João Pessoa a nossa família encheu-se de alegria com a chegada de netos gêmeos de nosso filho Dinho e nora Roberta. Breno e Bernardo vieram completar os nossos vinte netos complementados pelos quatro bisnetos. Bom demais!

Agora vamos ao trabalho grande que o Brasil precisa. Acabou a Copa do Mundo para nós, brasileiros, então é chegada a hora de focarmos no trabalho, na produtividade, no renascimento da república chamada Brasil.

O poder da Copa do Mundo é tão grande que absorveu todos os noticiários e conseguiu até apagar os assuntos mais importantes do país e que merecem discussão permanente. Haja vista a própria Lava Jato que ficou apagadinha.

A própria discussão sobre as eleições de outubro ficaram para segundo plano, seja no campo nacional seja no estadual. No entanto, no nacional parece que houve um apagão porque na verdade ninguém sabe o que vai acontecer nem quem se elege.

Já no nosso estado de Alagoas a coisa parece sacramentada e o governador Renan Filho navega em águas mansas para a sua reeleição. Por mais que a oposição aponte nomes nenhum tem a coragem de enfrentar o governador.

Até porque os nomes pretendidos pela oposição têm suas vagas garantidas para outros cargos eletivos e, por isto também, não vão se arriscar a ficarem sem mandatos por mais dois ou quatro anos.

No entanto é muito importante que a posição do atual governador foi uma conquista de competência, de equilíbrio na administração, de planejamento de ações e de um governo de total comprometimento com a seriedade e transparência.

A disputa grande ainda será a de senador por contar com nomes prestigiados local e nacionalmente com serviços prestados à sociedade, alguns em pé de igualdade o que, sem dúvida, deixará de fora nomes de peso na política alagoana.

Portanto, meus leitores, agora deveremos nos preparar para a nossa Copa das Eleições, de importância vital para o futuro do estado e do país. Nunca se teve tanta dúvida diante de uma política ultrajada e ultrajante. 

Omar Coelho 2

Outro que tentará mais uma vez uma vaga no Senado é o ex-presidente da OAB, Omar Coelho (foto). Ele vem sendo cooptado seguidamente para entrar pra valer na vida política ativa e respondendo aos apelos vai à luta.

 

ABRAÇOS IMPRESSOS

 tereza nelma 2

Os abraços impressos vão para a luta pelas pessoas com deficiência e que tem sido uma tônica na vida desta guerreira que é Tereza Nelma. A vereadora agora vai às urnas na tentativa de um mandato na Câmara Federal. Tem cacife.

      

Ouvidor Geral 02-07-2018

                                          VOCÊ SABE DIZER NÃO?

Conheci de perto, bem de perto mesmo, o ex-governador Ronaldo Cunha Lima. Uma pessoa fantástica, como político, como administrador, como amigo. Uma figura que não sabia dizer não e que sofria quando precisava já que o cargo que ocupava o exigia. Pai do atual senador Cássio Cunha Lima e que também foi governador, deles costumávamos dizer que a grande diferença era que, enquanto Ronaldo não sabia usar a negativa, Cássio o fazia com tranquilidade. A vida é uma sequência de nãos e de sims. Quantas vezes precisamos dizer não a um filho e quantas vezes nem precisávamos negar, mas a vida nos dizia que não era bom para a educação quando para tudo se dissesse um não. apesar de nos lembrarmos da quantidade de nãos que talvez tivéssemos levado no decurso da vida. No entanto é preciso dosar. Saber exatamente quando cabe o não e quando, graças a Deus, cabe o sim e você pode ser útil e solidário para com outro ser humano igual a você e ávido – quantas vezes! – por um tão esperado sim. A negativa é sempre frustrante para quem a usa e para quem a recebe. A não ser – e isso existe – para pessoas que riem da desgraça alheia, que são incapazes de ver o seu vizinho como deveria ser visto, mas são sempre olheiros do seu próprio umbigo. Esses dizem não com a maior das facilidades. Nunca esquecer no entanto que o não é de importância fundamental na hora de se negar peremptoriamente participar de atos fraudulentos, de drogas, de vícios, de crimes. Aí, sim. Um grande não a tudo e a todos os mal envolvidos.  No mais, sinceramente, só digo não quando não tenho saída. E você? Sabe dizer não?

 DESTACÔMETRO

ALFREDO BREDA

O destaque da semana vai para o grande empreendedor da Construção Civil, Alfredo Breda, presidente do Sinduscon, pelo lançamento do fantástico livro-“manual para uso, operação, manutenção e garantia da edificação”. Uma jóia para o setor.

 

PÍLULAS DO OUVIDOR

Segunda, dia de muita emoção e de corações palpitando mais do que devem ou do que podem. Brasil nas oitavas de final depois de uma brilhante atuação nas preliminares. Só espero que saiam gols no princípio porque nos acréscimos…morro!

Vamos ver o que vai acontecer diante do México. O mesmo México que, em suas terras maravilhosas viu o Brasil ser campeão em 1970. O mesmo México por quem os brasileiros têm muito apreço. E os mexicanos por nós. Mas, guerra e guerra!

Dentre as novidades da Copa do Mundo sem dúvida o VAR, o árbitro tecnológico que mostra se houve falta ou não e que alerta o juíz principal está fazendo o maior sucesso nos campos russos. Valeu a pena contar com o avanço.

Outra novidade interessante é a eliminação de um dos times quando empatados através dos cartões, amarelos ou vermelhos, que tenham tomado em campo. Até uma maneira de fazer com que se evitem faltas perigosas. Um “fair play”.

Fazem tanta caricatura e tantos “memes” com Neymar por conta de suas quedas em campo, mas será que não percebem que o pobre coitado é perseguido o tempo todo e que fazem questão de derrubá-lo custe o que custar?

A semana que passou em matéria de Copa do Mundo foi de muita loucura, de muita seleção deixando a competição quando ninguém esperava. Prova principal foi a campeã do mundo, Alemanha, que se mandou antes do tempo.

Qual é Alagoas que você quer para você? Com esta provocação o movimento “Reaja Alagoas” proposto pelo pré-candidato ao senado Rodrigo Cunha, quer estimular o sentimento nos alagoanos de mobilização política para que eles ajam enquanto cidadãos e eleitores.

Um abraço muito especial ao desembargador Washington Luiz que sofreu uma penalidade durante dois anos apesar de inocente. Foi exatamente pela sua inocência que o CNJ decidiu e o recolocou no seu verdadeiro lugar no nosso TJ.

No entanto fica uma pergunta que não quer calar. Quando  Washington Luiz foi afastado ocupava a presidência da Casa e ainda faltavam seis meses para o término de seu mandato. E agora, José? Como é que fica?

ZEZINHO NOGUEIRA

Zezinho Nogueira (foto), vice presidente da Federação das Indústrias e do Sinduscon uma das mais emblemáticas figuras do estado de Alagoas, sempre presente aos acontecimentos que visem o desenvolvimento do nosso estado

 ABRAÇOS IMPRESSOS

BANDA CASUADINHA

Os abraços impressos vão para a formidável Banda Casuadinha, um verdadeiro show de musicalidade e de performance que foram conferidos no recente Almoçando com a Notícia neste fim de semana. À frente a compositora e cantora Roberta Aureliano.

 

Ouvidor Geral 25-06-2018

BRASIL DE TODOS OS CLIMAS

Conhecer o Brasil antes de se espraiar pelo mundo, sem dúvida deve ser o melhor conselho que se possa dar ao turista que deseja aprontar as malas e sair por aí. O dinheiro é nosso e é o que temos sem precisarmos de câmbios, flutuações de moedas e outras coisas mais. E o país é uma maravilha distribuída em milhões de metros quadrados que podem dar oportunidade em todas as áreas da diversão e do conhecimento seja por sua enorme quantidade de arte popular e convencional, seja pelas belezas naturais que se dividem entre praias paradisíacas, pantanais, serras surpreendentes, cachoeiras e cascatas surpreendentes, além de cidades modernas e tecnologicamente apreciáveis. O Brasil é uma verdadeira enciclopédia mesclada por uma miscigenação fantástica mostrando culturas que vão dos índios aos negros, à enormes  concentrações de todas as nacionalidades; imigrantes incríveis que trouxeram pedaços de seus países e de seus costumes para aqui e nos ensinam até hoje parte de suas culturas e de suas raízes hoje absolutamente entranhadas e mescladas com a maior parte dos brasileiros. talvez seja este o país mais miscigenado do mundo e uma das maiores oportunidades de se conhecer todas as vidas e todos os climas da terra. Por isso, sempre digo, eu que muito andei pelo mundo, muito andei por este outro mundo que é o Brasil. Aproveite-o. Do calor intenso ao cortante frio; da seca à neve; das praias aos pântanos. O Brasil é nosso!

 

DESTACÔMETRO

EDUARDO TAVARES

O destaque da semana vai para o procurador de justiça e ex-prefeito de Traipú, Eduardo Tavares que, depois de ter feito uma revolução administrativa na sua cidade natal deverá enfrentar as urnas já que é pré-candidato a deputado federal.

 

PÍLULAS DO OUVIDOR

Pense num sufoco, numa explosão de nervos coletiva e você vai se lembrar do jogo do Brasil com Costa Rica quando o primeiro gol apareceu nos acréscimos do segundo tempo e o segundo gol nos acréscimos dos acréscimos.Ufa!

Sem dúvida esta Copa do Mundo está completamente diferente quando as chamadas seleções mais fracas – serão? – estão surpreendendo a todos com jogos trancados e difíceis como a Alemanha que acabou perdendo para o Mèxico.

E a poderosa Argentina com o “super-homem” Messi não está dizendo para o que foi à Rússia e empatou com a Islândia e perdeu para a Croácia por 3×0. Acresça-se que Messi, algumas vezes campeão do mundo, até “penalty” perdeu.

Em compensação olha aí Portugal fazendo sucesso com o carismático Cristiano Ronaldo que até o dia em que escrevo esta coluna já era o artilheiro da Copa com quatro gols feitos e colocando seu nome nas alturas.

Fantástico também é o número de técnicos que o Brasil tem quando de uma copa do Mundo. Não é só um não. São mais de 200 milhões de pessoas, cada uma dando sua opinião, a formação da Seleção e as táticas de jogo. Ai, ai.!

Impressionado com o resultado da Mega Sena neste último sábado quando os números sorteados – 51, 52. 56, 57, 58 e 59 – absolutamente improváveis de acerto ainda conseguiu sair para quatro apostadores. Outro só daqui a cem anos.

Improvável mas não impossível, tanto que aconteceu. Nem por isso se pode desacreditar na seriedade dos organizadores do concurso como muita gente está fazendo já acusando o resultado como roubo. Roubo de quem e como?

Ah,,,já sei! Foi montada uma quadrilha inteligente com os presos da Lava Jato que, naturalmente, talvez liderados por Zé Dirceu e os mais chegados aos sistemas da Caixa e que usurparam o concurso para fugirem com o dinheirinho.

E para finalizar este assunto também espero que o nosso Brasil jogue com….faça a técnica da profundidade corporativa movida por movimentos imponderáveis e chegue às redes  com as estratégias que acabo de fornecer para o bem de Tite.Kkk.

HELOISA HELENA

Ex-vereadora, ex-vice prefeita de Maceió, ex-senadora por Alagoas, combativa, brigona, mas coerente com suas convicções, Heloísa Helena (foto) mostrou uma outra face no Bartpapo que vai ao ar na próxima quinta-feira. TV Mar, 25 NET.

 

ABRAÇOS IMPRESSOS

SINDUSCON

Os nossos abraços da semana vão para os construtores que fazem parte do SINDUSCON, o Sindicato da Construção Civil em Alagoas e que demonstram uma enorme vitalidade e confiança no segmento tão importante para a economia nacional. À frente, Alfredo Breda.

 

 

Ouvidor Geral – 18-06-2018

país velho

O PAÍS ENVELHECE

É verdade. O país vem envelhecendo porque a perspectiva de vida vem aumentando. O homem passou grande parte dos tempos lutando por uma vida mais longa, buscando na ciência e pesquisando constantemente os mistérios que levam ou não à longevidade e vem conseguindo progressos bastante grandes neste sentido. Lembro-me que, quando menino, se falava que a previsão para os brasileiros estaria em 53 anos. E foi subindo a estatística e demonstrando que viver poderia ser muito mais tranquilo e muito mais longevo. E hoje, quando chego aos meus 80 anos e com muita vontade ainda de trabalhar, de produzir e de ser útil, vejo que a perspectiva atual é de 76 anos, portanto estou no lucro. Mas, o fato é que os velhos estão levando a culpa por muitos problemas do país incluindo o buraco da previdência hoje atribuído ao número de velhos e não aos roubos e má administração dos fundos. Aos velhos são imputados os problemas da saúde e do SUS em função de suas doenças e do “maldito artigo da constituição” que afirma que o estado é responsável pela saúde dos brasileiros. Uma grande piada, porém. aos oitenta anos os velhos não têm mais direito a financiamentos, a empréstimos bancários, a consignações, a nada. Porque, sem dúvida, na cabeça dos que ditam as regras, os idosos serão inadimplentes, vivos ou mortos. As pessoas nascem, crescem, trabalham, contribuem para o engrandecimento do país e quando mais precisam vêem-se às voltas com o desprezo do mundo. A não ser que tenham enriquecido. Ainda assim correm o perigo de interdições familiares. É, o país envelhece. Mais do que o país envelhecem as cabeças que se julgam mais jovens.

 

DESTACÔMETRO

LUIZ VASCONCELOS                    O destaque vai para o amigo e promotor de justiça, Luiz Vasconcelos, pela seriedade e competência com que administra suas funções oficiais no Ministério Público e, ainda mais, no Núcleo de Execuções Penais.

PÍLULAS DO OUVIDOR

Quando estive diretor geral da então Secretaria das Minorias tive a oportunidade de conhecer todos os problemas dos quilombolas incluindo a terrível anemia falsiforme. Não sei como estão lidando com esses problemas anos depois.

Impressionante a seleção de futebol da Islândia disputando uma Copa do Mundo pela primeira vez. Um país tão pequeno que sua população corresponde a um terço da população de Maceió. Apenas 330 mil habitantes. Ocuparia três estádios.

Vendo tanta corrupção espalhada pelo país não posso deixar de pensar na grande sabedoria de Ruy Barbosa quando disse: “De tanto ver triunfar as nulidades; de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça; de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto.”

Interessante  como a Copa do Mundo na Rússia tem desvendado para o mundo os mistérios de um país em todos os setores. Desde a beleza e limpeza de suas cidades até a agradabilidade, educação e atenção de seu povo. Muito bom isso!

Precisamos esclarecer o que realmente está acontecendo com o maravilhoso serviço do cardiologista José Wanderley e a Santa Casa tão bem administrada pelo provedor Humberto Gomes de Melo. Para que não fiquem dúvidas nem manchas.

Afinal, trata-se de dois nomes do maior respeito, sendo que Wanderley é pioneiro em transplantes no estado já tendo sido Coordenador Nacional de Transplantes e Humberto reconhecido internacionalmente como um grande provedor.

O país parou por conta da greve dos caminhoneiros e, aliás, algumas das promessas do governo continuam na estaca zero. Agora, o Brasil pára de novo por conta da Copa do Mundo. Quando será que vai parar de brincar com o povo?

Uma perguntinha em nome dos moradores de apartamentos que não possuem TV a cabo: Se a TV digital não conseguir funcionar com antena interna e o edifício não tiver a externa, como é que fica? Muita gente com esse problema. Muita!

ORLAN BARROS

Presença no Bartpapo do “somellier” Orlan Barros (foto), um “expert” quando se trata de vinhos. Orlan deu uma verdadeira aula de como escolher o vinho certo, harmonizações, etc. Fiquei com água na boca! Digo, vinho na boca!

ABRAÇOS IMPRESSOS

VITOR LUZ

              Os abraços da semana vão para o misto de jornalista e psicólogo Vitor Luz, volta e meia colaborando com o envio de bons entrevistados para o nosso Bartpapo e agora ele próprio tratou de dar um show naquele programa. Valeu, Vítor!