Ir para conteúdo

Ouvidor Geral 06-09- 2021

“Ouvidor Geral” para o jornal Primeira Edição de 06-09-2021 – Geraldo Câmara

 O SETE DE SETEMBRO

          Lembro-me bem, ainda menino, acompanhado de meus país e indo assistir ao desfile das tropas no Sete de Setembro. No Dia da Independência. No Dia da Pátria. Lembro-me bem de como era bonito o desfile na Avenida Presidente Vargas no Rio de Janeiro, palanque armado e a figura do presidente da república prestigiando e comandando o evento que nos falava de glórias, de “porque me ufano de ser brasileiro”, de patriotismo acima de tudo, de amor aos símbolos pátrios e de respeito às leis e aos desígnios do país. As bandeirinhas tremulavam nas mãos das pessoas, nas pequeninas mãos dos pequerruchos e todos nós éramos um só sentimento: Brasil. Hoje, na véspera do Sete de Setembro, vendo tanta gente chamando para manifestação política e não cívica, para tantos achando que a data poderá ser palco para coisas inimagináveis fico a pensar em que país é este em que estamos vivendo o retrocesso de tudo o que aprendemos a ser e a pensar. Que país é este onde os poderes constituídos estão divididos e não são respeitados como deviam? Que país é este onde as autoridades se confundem e se ignoram como tais para se transformarem em pessoas doentes e psiquicamente perturbadas e, com isso, deixando que a grande perturbação seja nacional envolvendo toda a sociedade que parece ter encontrado o seu campo de guerra. Sinceramente, assim como vocês, não sei como será o nosso Sete de Setembro deste ano. Não sei se será pacífico ou se, paralelamente ao desfile oficial vamos ver a ordem conturbada e o país convulsionado com um medo que não poderia haver. De qualquer modo espero pensar naquele dia da Independência como um dia vivi e com o qual ainda sonho. Deus é brasileiro!   

DESTACÔMETRO

         Sem dúvida o governador Renan Filho está rindo a toa. Passados 7 anos de seu governo ele vê resultados que esse estado nunca viu a não ser os pontuais. Seu governo o credencia para o que quiser em 2022. E ainda o coloca como líder das negociações. Merece o nosso destacômetro.

PÍLULAS DO OUVIDOR

Estou escrevendo essa coluna e olhando na parede duas das minhas honrarias recebidas em Alagoas. Uma a de Cidadão Maceioense, a outra de Cidadão Alagoano. Já lá se vão mais de dez anos das duas e o meu coração ainda vibra quando as vejo.

O receber títulos dessa grandeza não se resume em se orgulhar, mas em se manifestar de fato e de direito como o cidadão que esperam de você os que lhe outorgaram os títulos. E aí, sim. O seu comportamento é que vai ser o fiador.

A propósito, preciso reagradecer e dizer que o de Cidadão Maceioense me foi proposto pela então vereadora Rosinha da Adufal e o de Cidadão Alagoano pelo ainda hoje deputado Ronaldo Medeiros. Sempre procuro retribuir com minha conduta de vida.

Mais de 26 milhões de vacinas Covid-19 enviadas em uma semana pelo Ministério da Saúde: o número recorde reflete o ritmo acelerado da campanha de vacinação em todo Brasil. O quantitativo é atingido com a distribuição de mais 17 milhões de doses para todos os estados e Distrito Federal nos próximos dias.

Dinho Lopes pediu para dizer: Com todos os cuidados de distanciamento,  ambiente aberto, descoberto e arejado, além da disponibilidade de álcool em gel para todos e da proibição da circulação sem máscaras. É o “Samba na Calçada”.

O reencontro do Samba com Alagoas que reunirá 07 dos melhores representantes do samba do nosso estado. Todos no mesmo lugar e no mesmo dia. Artistas renomados e que foram impedidos de executar justamente a sua profissão.

O Samba na Calçada irá reunir no sábado, dia 11 de setembro, a partir das 17 horas, nomes como Igbonan Rocha, Yaldo Leite, Valbocca e Negro Mir . O time feminino vem com Ismair Martins, Negra Gil e Carla AraujoFale com Dinho: ZAP 9 99814018.

Neste Setembro Amarelo, médicos e enfermeiros que atuam diariamente no SAMU serão capacitados para realizarem atendimentos de pacientes em sofrimento psíquico, quadro que foi agravado devido à pandemia de Covid-19. Suicídios que o digam.

Eu sempre digo que ela é a empresária do entretenimento e ela diz que adora o título. Weldja Miranda (foto) quando não está fazendo os seus eventos que tanto gosta cansou de andar pela casa como Zumbi e escreveu o livro “Vai Passar”. Está passando, amiga

ABRAÇOS IMPRESSOS            

 Amiga de coração aberto, jornalista de primeira grandeza, colunista esmerada colecionando admiradores, os abraços impressos vão com muito prazer para esta querida figura humana, Gigi Acioly. Com especiais cumprimentos meus e de Vanessa

Categorias

OUVIDOR GERAL

3 comentários em “Ouvidor Geral 06-09- 2021 Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s