Ouvidor Geral 11-11-2019

AGUARDANDO OS ACONTECIMENTOS

Somos apenas o povo. O povo que não decide, mas quando participa ajuda a decisões importantes neste país. Haja visto as “Diretas Já”, a “Marcha das Mulheres pela Liberdade” e tantas outras manifestações cívicas e positivas. Se o Supremo achou por bem modificar a si próprio desaprovando o que ele mesmo havia aprovado há apenas 3 anos atrás, o que dizer? Cada poder é dono do seu próprio nariz e apesar do poder emanar do povo este é um poder que nem sempre pode. No caso atual, talvez haja uma nova reversão se o Congresso Nacional for mesmo representante do povo. E aqui cabe um parênteses para dizer que não se pode confundir um caso isolado – estou falando do benefício que trouxe à Lula – com o generalizado que pode beneficiar e colocar na rua cerca de 5 mil presos, sei lá de que qualidade são! O fato é que parece que entrou na moda essa história do vai e volta. Não só no executivo que diz uma coisa e daqui a pouco diz outra, se desdiz e fica por isso mesmo. Espero sinceramente que não vire moda também no Judiciário, muito menos na Suprema Corte brasileira. Porque, caso contrário, como vamos acreditar que de lá venha a última palavra? O país está mergulhado em um “imbroglio” fantástico em que seu presidente nem sempre diz coisa com coisa e seus auxiliares quando não o seguem são afastados sem mais nem menos. Precisamos sair disto mas confiando em alguém que tenha o poder de dar credibilidade às ações que esperamos. Algo “supremo” precisa acontecer.

DESTACÔMETRO

DIÓGENES TENÓRIO JR,

O destaque vai para o advogado e membro da Academia Alagoana de Letras, o imortal Diógenes Tenório Jr que, último sábado, na Bienal lançou mais uma obra com o título de Crônicas da Alma Muriciense. Vale a pena conferir. Muito bom!

 PÍLULAS DO OUVIDOR

Faleceu, última quinta à noite, o Conselheiro aposentado do TCE-AL, José Alfredo de Mendonça que ocupou todos os cargos importantes naquele Tribunal incluindo a presidência. Muito querido, Zé Alfredo como era conhecido deixa saudades.

A propósito, o Conselheiro Zé Alfredo era irmão de Carlos Mendonça, diretor da OAM e tio de Alfredo Gaspar de Mendonça, o Procurador Geral de Justiça do Estado de Alagoas. Otávio Lessa, presidente do TCE-AL decretou luto de 3 dias na instituição.

Sente-se no ar que vem “chumbo grosso” por aí depois da decisão do STF em revogar a prisão após Segunda Instância. Os ânimos estão acirrados, os advogados, sobretudo dos presos da Lava Jato estão correndo com petições de soltura.

Mas, o que se teme é que as manifestações populares seja para um lado ou para outro venham a criar problemas de radicalismos como já ocorreram em outras oportunidades. E é óbvio que isto não é bom para o país.

Outra coisa que ainda vai dar muito o que falar é a proposta de eliminação de cerca de 1.200 municípios por terem menos de 5 mil habitantes. Se eram inviáveis não deveriam ter sido criados. Mas já que foram que sejam ajudados no Pacto Federativo.

Até porque, seus habitantes irão perder a identidade, a memória do lugar onde nasceram ou não e os municípios maiores que receberem a herança dos extintos precisam ser muito bem ajustados a uma nova situação que quebra todo o seu planejamento. Acho que vai ser mais um “bate e volta” nas decisões.

Quando esta coluna, no impresso, estiver nas bancas deveremos estar na cidade de Foz do Iguaçu para participarmos do I Congresso Internacional de Tribunais de Contas. E lá estaremos na qualidade de diretor de Comunicação do TCE.

Conosco irão o nosso diretor Adjunto, Valtenor Leôncio e equipe da TV Cidadã que estarão conosco para uma cobertura completa dos acontecimentos. O Tribunal de Alagoas, além de seu presidente estará presente com alguns conselheiros também.

ELOÍSIO LOPES JR

Confesso não saber que existia em Arapiraca um lugar tão lindo como o “Canguru Park”. Algo diferenciado, um oásis em meio à cidade. Eloísio Lopes Junior (foto), um dos diretores, esteve conosco contando tudo. Vale a pena procurar e visitar.

 ABRAÇOS IMPRESSOS

DANIEL MARINHO

Estivemos no ultimo sábado, presenciando mais um evento da família dos seguros. O “Prêmio Sincor de Jornalismo Alberto Marinho”. Nome de meu querido e saudoso amigo. E lá estavam seus filhos Thiago Marinho e, na foto, Daniel Marinho e esposa Rani. Ele também corretor de seguros. Muita emoção!

 

Uma resposta para “Ouvidor Geral 11-11-2019”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s