Ouvidor Geral 07-10-2019

                            A SAFADEZA NA GELADEIRA

Pois é. Se as coisas continuarem assim com todo o mundo servindo de fiscal para conter os reis da safadeza, quem sabe a venda de geladeiras sobe e elas passam a ter uma missão bem mais impossível. Congelar a corrupção, os corruptos e corruptores e os que ficam em cima do muro, mas torcendo para o circo pegar fogo. Sim, porque existe o corrupto ativo, o corruptor que não tem medo de nada e os que adorariam uma oportunidade para testar seus dotes de ladroagem, mas que, infelizmente para eles, não conseguiram um lugarzinho ao sol da política ou da administração pública para se beneficiarem também das benesses do poder.

Sabe…esses são os piores, porque ficam na mudez, enclausurados nos seus mais íntimos desejos e engrossando a torcida do bandido nessa fantástica história de faroeste que tem de tudo: roubo de banco, desvio de verba pública, assassinato por mando, eleições fraudulentas onde se incluem as vendas incessantes do mais valioso produto brasileiro que é o voto. Ah, então está tudo certo. O voto é o vilão, é o culpado, é o mote de tudo. É ele, o voto, que permite tudo a quem tiver muito. Porque aquele que tiver muito vai ter muito mais do que se possa imaginar.

O voto! Então, teremos que colocar o voto na geladeira? Nada disto. É ele que precisa ser esquentado, aquecido, colocado no forno para ver se sai mais apetitoso. Pois é. Voto no forno, safadeza na geladeira e, quem sabe as coisas começam a mudar, hein, hein, hein?

DESTACÔMETRO

antonio_sapucaia

O destaque vai para um homem íntegro e probo que nos deixou esta semana, mas que deixa também um rastro de bons exemplos dedicados à vida pública. Minhas condolências à família e sociedade por termos nos privado da presença de Antônio Sapucaia.

PÍLULAS DO OUVIDOR

O TCE-AL juntou-se à SOPROBEM e proporcionou ao jovens aprendizes uma espetacular manhã na sua sede com a Feira das Profissões. Um evento realizado para buscar em cada um a clareza para o que desejam no presente e no futuro.

A Feira das Profissões, uma idéia brilhante da S oprobem encontrou abrigo no saguão principal do Tribunal de Contas de Alagoas onde os jovens aprendizes tiveram contato com as melhores maneiras de se conseguir uma profissão de futuro.

De 10 a 14 de novembro acontecerá em Foz do Iguaçu o Congresso Internacional dos Tribunais de Contas. A delegação do nosso TCE se fará presente e estaremos levando a nossa TV Cidadã para coberturas nacionais.

Estamos em pleno Outubro Rosa e podemos verificar que, de ano para ano vem crescendo o interesse para que as mulheres previnam-se do temido câncer de mama. A Rede Feminina de Combate ao Câncer está sempre atenta.

À frente a competente Maria Helena Lessa, a Rede fez um café da manhã para a imprensa e convidados especiais na última terça-feira dando o “start” para uma mobilização importante para a atenção à causa.

Oriunda de um projeto da deputada Jó Pereira a Lei 8.167, de 27 de setembro de 2019, que disciplina a instalação de empreendimentos da criação de camarões em viveiros foi sancionada pelo governador Renan Filho.

A propósito de Renan Filho, parte da promessa de campanha no tocante à saúde foi cumprida com a inauguração do Hospital da Mulher equipado e já em funcionamento. Aguardemos os outros de grande importância para o estado.

E o General Mourão, vice-presidente da república esteve em Maceió na Federação das Indústrias a convite de seu presidente José Carlos Lyra. Falou mais como palestrante do que como vice. E pelo jeito agradou.

Apesar de indiciado pela Polícia Federal, o ministro do Turismo Marcelo Álvaro Antônio vai permanecer no cargo. A tropa de choque da presidência declarou apoio ao indiciado fazendo valer o “faça o que eu digo mas não faça o que eu faço”.

DANIEL BERNARDES

Pense num cara que olha para cima em todos os bons sentidos do crescimento e da vontade de servir. Daniel Bernardes (foto), diretor geral do Tribunal de Contas, com tantos serviços prestados e brigando no dia a dia para o sucesso do TCE-AL.

ABRAÇOS IMPRESSOS

BRAGA NETO

Os abraços impressos vão para um lutador em busca de melhores caminhos para os que precisam da re-socialização. O juiz Braga Neto das Execuções Penais vem lutando por isto, há vários anos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s